Seja bem-vindo (a) a sua Neverland virtual!

Aqui você encontrará tudo sobre o anjo e homem Michael Jackson e também poderá conhecer pessoas com os mesmos gostos que você. Irá conviver e aprender muito mais sobre este artista e ser humano maravilhoso que é Michael Jackson!

Faça parte da nossa família você também! Michael Jackson não é só um cantor e sim uma filosofia de vida!

------- Equipe Neverland -------

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[FINALIZADA] Do ídolo para o grande amor da minha vida...

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10 ... 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 5 de 15]

karol jackson I


Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
Isso Camila termina logo c/ o Ted e aí vai poder ficar c/ o Mike
kkkkkkkk
BJUS
POSTA MAIS MILA

http://www.dangerous-candy.tumblr.com

mila joseph jackson


Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
OOOOOOi minhas migas lindas, maravilhosas, cheirosas que eu amo. Tou aqui postando um cap para vcs! Espero que vcs gostem, porque nesse capítulo serão fortes emoções! Beijocas carinhooooosas!


Amo todas!





____________________




Sinto a sua falta, sinto falta do seu sorriso.
Você ainda está aqui de alguma forma, o meu coração não deixará que você vá,porque você vive dentro dele!!!

Aos anjos não é permitido viver na Terra. Obrigado por tentar Michael ...

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Carolina Jackson


Membro Star
Membro Star
Aiiiii pooooooostaa Miillaaa

http://carolmj.tumblr.com/

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capítulo XX


Mamãe fez um sinal me mandando segurar o choro porque senão ia borrar a maquiagem, e foi o que eu fiz. No finalzinho da tarde Vanessa foi lá para casa, e ficamos até umas 7 da noite conversando. Faltando alguns minutos para oito eu estava completamente pronta e estava no meu quarto esperando o Ted dá sinal de vida. Não demorou muito e a campainha tocou, dei uma olhada rápida pela janela e vi o carro do Ted. Olhei pela última vez no espelho, várias coisas passavam pela minha cabeça, até que mamãe subiu até o meu quarto e interrompeu todos os meus pensamentos dizendo:
- Querida, escute o seu coração e seja feliz!
Ao escutar isso dei um forte abraço na mamãe, era maravilhoso poder ter ela como amiga mais uma vez. Ela me ajudou a descer as escadas e Ted estava me esperando na sala. Ele ficou de boca aberta ao me ver e a única coisa que saia de sua boca era:
-VOCÊ ESTÁ LINDA!
Entramos no carro e não demorou muito para chegarmos ao colégio, Ted percebeu que eu estava calada desde que saí de casa, então disse:
- Me desculpa por eu ter dito aquilo no telefone, é que... – o interrompi dizendo:
-Tudo bem Ted. – Dei graças a Deus que na mesma hora Vanessa chegou para me dar um lindo abraço e me tirou daquela situação embaraçosa. Vanessa e Tom entraram conosco no colégio. A decoração da quadra estava perfeita. Música agitada, comida deliciosa, sem falar nos alunos que estavam bem vestidos. Alguns alunos estavam dançando outros apenas conversando. Então Vanessa chegou para mim e disse:
- A maioria dos votos para o casal de rainha e rei vão para você e para o Ted. – Encarei Vanessa e disse parecendo tranqüila:
- Antes da votação eu já vou ter terminado o namoro com o Ted. – Ao dizer isso Vanessa olhou boquiaberta para mim e perguntou:
- Você não vai fazer isso aqui, vai?
Olhei para Vanessa e disse em um tom de mistério:
- Não duvide nada... – e saí para deixar o meu refresco na mesa, porque a dança dos casais ia começar.
Enquanto isso em Neverland, Michael recebeu uma ligação de um dos seus advogados:
- Boa noite, Sr. Jackson. É o Mark.
- Olá Mark e ai novidades? – Michael perguntou sobre as acusações de pedofilia.
- Temos sim. Sr. Jackson. Poderíamos nos encontrar em sua casa agora? – O advogado perguntou.
- Pode sim, estou esperando. – Michael disse e logo desligou o telefone apreensivo. Ele não sabia o que o seu advogado tinha para lhe dizer, mas coisa boa não era.
Não demorou muito para o seu advogado chegar, e eles foram para o escritório da casa. Michael logo percebeu que a cara de Mark não era muito boa e que ele estava ali para trazer más noticias.

Enquanto isso, eu estava dançando com Ted. Ele parecia estar feliz, ao contrário de mim. Logo chegou a hora mais esperada do baile, a coroação do rei e da rainha do baile. Todos estavam ansiosos menos eu, sou sempre desanimada. Então o diretor subiu no palco com dois envelopes, eram os resultados. Olhei apreensiva para Ted e pedi que ele me acompanhasse, eu precisava falar com ele. Ted veio ao meu encontro...eu precisava falar tudo o que eu estava sentido para ele, então peguei em suas mãos e disse:

- Ted, preciso falar com você... – assim que ele ia falar continuei:
- ...eu preciso falar o que eu estou sentindo. Todos dizem que somos o casal perfeito. – Na mesma hora Ted me interrompeu:

- Mas nós somos mesmo! Olha só para você! Está linda.
- Mas de que adianta ser perfeito e não se amar de verdade? – Eu perguntei.
-Nos amamos de verdade, eu te amo. – Ted falou.
- Você sabe que eu te amei muito Ted, mas os sentimentos mudam...se o amor não for verdadeiro, ele acaba. – Eu disse olhando dentro de seus olhos.
- Aonde você quer chegar com essa conversa? – Ted perguntou.
- Bem, não sei se aqui é o melhor lugar, mas acho que nós não nos damos bem como antes. – Eu disse baixinho.
- Você está terminando comigo?
- Ted, eu fui muito feliz ao seu lado, mas não posso negar que nesses últimos dias eu estava com você mas por obrigação, eu não queria te dizer isso aqui mas é algo que eu venho lutando para te contar...e agora que eu criei coragem: não dá mais para agente continuar.

Ted me olhou achando que eu era uma louca, abaixei a cabeça e a única coisa que saiu da minha boca foi:

- Eu sinto muito... – Pode ter parecido fácil terminar com Ted, mas foi bem difícil. Uma das piores coisas que pra mim é magoar uma pessoa. Nessa história não só o Ted saiu magoado, eu também saí, até porque eu amei muito ele.
Assim que terminei de falar com ele, Ted olhou fundo em meus olhos e na mesma hora foi anunciado o rei e a rainha do baile. A diretora disse super animada:

- E o rei e a rainha da noite é o casal mais esperado do momento: Camila e Ted!

Meu coração na mesma hora disparou e logo as pessoas começaram a gritar, pedindo que agente subisse no palco. Ted por um segundo pensou que eu iria voltar atrás, mas eu soltei a sua mão e saí pela porta. Vanessa ao ver tudo isso ainda veio atrás de mim, mas eu mandei ela ficar porque eu estava bem. Todos os alunos da formatura me acompanharam com seus olhares e ficaram sem entender.
Andei pelos corredores escuros até a porta da saída. Na porta ainda olhei para trás e meus olhos se encheram de lágrimas, no fundo eu me sentia muito triste.
Passei pelo portão e atravessei a rua movimentada. Eu precisava ficar um pouco só.


Enquanto isso Michael estava no escritório com Mark.

- Senhor Jackson, eu vou logo ao ponto. – Mark disse parecendo preocupado.

Michael percebeu o seu nervosismo e pediu que ele continuasse.

- Bem, o senhor Evan Chandler manteve contato comigo e me informou dizendo que está disposto a ir na justiça dar queixa novamente do senhor...

Na mesma hora Michael o interrompeu dizendo:

- O que mais esse homem quer?? O MEU DINHEIRO??
- Talvez senhor, acho que o senhor deveria conversar com os seus outros advogados e fazermos uma reunião. O senhor Evan está disposto a destruir a sua carreira.

Michael ao escutar essa triste notícia, baixou a cabeça lentamente e os seus olhos se encheram de lágrimas, o que mais doía, era que Michael jamais queria deixar o palco e não queria que sua imagem fosse destruída, apesar de já está sendo.

Mark percebeu a angústia de Mike e disse:

- Senhor, eu e os outros advogados faremos de tudo para provar que o senhor é inocente, confie em nós...tenho que ir.

Mesmo Mark querendo confortar Michael, ele sentia uma angústia dentro de seu coração.
Então Michael resolveu sair, ele precisava respirar um pouco, colocar a cabeça no lugar. Eu e Mike sentíamos a mesma coisa, eu por causa de Ted e ele por causa das acusações.

Vanessa já tinha ligado milhões de vezes para o meu celular, mas eu não atendi nenhuma vez, apenas enviei uma mensagem dizendo que estava bem e que ela não precisaria se preocupar. A noite estava fria, o céu negro e apenas a lua insistia em brilhar. Se eu fosse para casa passaria por um enorme interrogatório ou até mesmo seria ignorada. O único local que poderia está aberto a essa hora era o Central Park, e lá eu me sentia a vontade.

Entrei pelo enorme portão, tive um pouco de medo porque só vi o vigia e ninguém mais. Caminhei pela enorme floresta de árvores que balançavam com o vento até o enorme lago. Os pedalinhos estavam todos encostados na ponte de madeira e o silêncio tomava conta do lugar. Até que eu escutei alguém tossindo. Meu coração disparou de medo e olhei assustada para os lados. Até que vi uma pessoa encostada em uma árvore. Me deu uma enorme vontade de ir tocar na água do enorme rio, e foi o que eu fiz. Andei devagar e de cabeça baixa para não assustar o homem. Me sentei na beira do rio, tirei as minha sandálias e coloquei os meus pés na água. Fechei os meus olhos e tentei relaxar.

Michael encostado na árvore apenas me observava silenciosamente. Até que olhei involuntariamente para trás e pensei que fosse uma miragem, eu não podia acreditar no que eu estava vendo, isso só fez com que eu ficasse mais confusa ainda. Eu não sabia se voltava a olhar ou se tinha sido apenas uma ilusão da minha cabeça. Michael silenciosamente se levantou e caminhou até mim, só senti uma enorme mão macia deslizando em meus ombros. Olhei para ele e não podia acreditar, seus olhos estavam brilhando como nunca.
- O que você faz por aqui essa hora? – Eu perguntei. Enquanto isso eu o observava tirar os sapatos e as meias e colocava os seus pés dentro da água.
- Eu é que lhe pergunto..onde você estava? Está tão linda. –Michael disse. Eu quase não consegui responder com as lágrimas que corriam em meu rosto. Michael ao ver isso, aos poucos foi chegando perto de mim e me aconchegou em seus braços, lá eu consegui me acalmar, mas ao mesmo tempo eu sentia uma ótima sensação de está perto dele, então eu disse:

- Parece que você foi enviado por Deus para está aqui comigo.

-Deus também enviou você aqui para tentar amortecer a minha dor...- olhei para Mike sem entender e perguntei:

- São as acusações? – Eu jamais tinha perguntado isso para ele, até porque é algo muito pessoal.

- Estão dispostos a irem para o tribunal e tentar acabar com a minha fama. – Michael disse com a voz cortando.
- Não vou deixar que façam isso com você Michael, eles não podem simplesmente chegar e te acusar de algo que você não fez... – eu disse tentando animá-lo.

- Podem e é o que eles estão fazendo, tenho medo que eles façam algo comigo e que eu nunca mais possa ver os meus filhos, Camila! Eles não prestam. – Aos poucos os olhos de Michael foram ficando vermelhos, quando eu precisei dele ele estava comigo, eu não poderia vê-lo sofrer daquela maneira. Então peguei delicadamente em seu rosto e demos um abraço bem apertado onde nem eu nem ele nos seguramos e começamos a chorar incontrolavelmente. Era tão bom sentir o seu perfume, era tão bom tê-lo em meus braços. Aos poucos fomos nos afastando, Michael parecia ter desabafado e estava com um leve sorriso. Ficamos nos olhando profundamente. Parecia uma obra de arte na minha frente, os seus olhos pareciam apreciar o paraíso. Então Michael docemente deu um beijo em minha testa e agradeceu por eu está ali com ele. E perguntou:

- Aonde você estava?

- Hoje foi a minha formatura. – Eu disse.
- E porque você não está curtindo a noite com os seus amigos?- Mike perguntou.
- Bem, é que eu terminei com Ted. – Eu respondi sem dá muitos detalhes.
- E você ainda está chorando porque ainda gosta dele? – Michael perguntou enquanto se levantava.
- Na verdade não, é que é difícil... – parei de falar e meus olhos seguiram os movimentos de Michael. Ele estava indo pegar uma flor de campo. E continuei:
... Ted não espera aquilo de mim, não naquele momento. – Michael voltou com a flor para mim e perguntou timidamente:

- Você está disposta a esquecê-lo?

- Estou. É tudo que eu mais quero. –Eu disse. Michael ao escutar isso disse:

- Então esqueça o passado e viva a vida a partir de agora. – E com um lindo sorriso colocou a flor em meus cabelos que estavam soltos e voando com o vento. Senti aquela mão suave acariciando meu rosto. Aos poucos fechei os meus olhos, tudo parecia ser um sonho, um sonho lindo. Quando abri os olhos Michael não estava mais lá. Foi uma sensação terrível, foi como se o sonho mágico que eu estava vivendo naquele momento tivesse desencantado. Olhei para os lados e nada. Tudo estava escuro e poucas luzes iluminavam o local. Comecei a andar devagar, eu sabia que Michael estava brincando, ou será que eu tinha falado alguma coisa que ele não tinha gostado?
Andei, andei e desisti. Michael se aproximou de mim e deu um baita susto que fez com que eu desse um grito. Na mesma hora ele colocou a mão tapando a minha boca, e começamos a rir. Ele parecia uma criança, na verdade ele tinha um coração de uma criança.

- Quer me matar de susto? – eu perguntei dando uma gargalhada.
-Você não precisava dá esse grito, se alguém escutar pode pensar outra coisa. E vai que vem aqui e me vêem? Adeus minha reputação. – O jeito que ele disse isso, fez com que eu risse pra caramba. Tentei mudar logo de assunto, até porque eu ficava sem graça com Michael olhando o tempo todo para mim. Então disse:

- Essa semana eu estarei me mudando para um apartamento. Não é tão grande mas se depois você quiser conhecer...

- Adoraria! É só você me dizer o dia. – Michael disse parecendo gostar da idéia.

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Lulu Jackson

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
AH LEVA ELE PRA TEU APARTAMENTO MILA.OLHA NÃO DEIXA DE POSTAR QUE EU QUERO MAIS CAPITÚLOS.ANCIOSAAAA Wink FEZ BEM TERMINAR COM O TED E VÊ SE FICA COM O MIKE.BJU

Tatyka

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
QUE LINDINHO OS DOIS JUNTOS NO PARK, FOFINHO...
HUMMMM UMA VISITA NO APARTAMENTO TD DE BOM, NÃO DEIXA ELE ESCAPAR HEIN!!!
ADORANDO POSTA MAIS ANCIOSÉRRIMA BJS

karol jackson I

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
U-HU tí fofinho esses dois!!!!!!!!!!!!!!AMIGAH QUANDÚ ELE FOR NO APART NAUM DEXA ELE ESCAPAR NAUM HEIN

http://www.dangerous-candy.tumblr.com

Carolina Jackson

avatar
Membro Star
Membro Star
Aiii qe boooom qe ela termino com ele
Aiiii qe lindoooooooooo elees dooooooooois
posta maiss Milaaaa

http://carolmj.tumblr.com/

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Olá meninaaas, como vcs estão? Vim aqui rapidinho postar porque tou um pouco doente, acho que é virose. Então espero que vcs estejam gostando, um beijo no de vcs!




Soltem a imaginação......

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capítulo XXI




Já era um pouco tarde, a cidade continuava movimentada, até que foi anunciado atrás de uma caixa de som que o Central Park ia fechar. Na mesma hora Michael olhou para o relógio, até olhando o relógio ele era lindo. E eu lá só o observando. Logo ele percebeu, e com um leve sorriso no rosto aproximou-se de mim e perguntou meigamente:

- O que você tanta olha, baby?

- É que você fica lindo até olhando as horas...

Na hora que nem me dei conta do que tinha falado, só depois que Michael começou a rir, foi que a ficha caiu. Fui ficando vermelha igual ao um pimentão e minha respiração foi ficando ofegante, não vou negar que tava rolando o maior clima, mas tanto eu quanto Mike tínhamos medo de nos apaixonar. Quanto mais Michael se aproximava mais eu tinha vontade de agarrá-lo de uma vez, mas vai que ele achava que eu era uma louca e nunca mais quisesse me ver? Então ele disse:

- Você é quem fica linda a qualquer momento, em qualquer lugar...- então Michael pegou delicadamente em meu queixo, eu acompanhava o seu olhar...o seu olhar se fixava em minha boca, e aos poucos nós dois fechamos os olhos, o meu coração e o dele batia fortemente, até que escutamos um homem gritando. Era o vigia do parque, ele tava com uma lanterna no meu rosto pedia para que agente fosse embora. Michael logo ficou assustado e colocou o capuz do casaco, pedi desculpa ao vigia e disse que íamos sair agora. Peguei na mão de Michael e caminhamos até o portão de saída. Michael parecia está assustado.

- Está tudo bem, ele não te viu. Fica calmo. – Eu disse tentando acalmá-lo.

-Por pouco ele não me viu...- Michael disse enquanto colocava o braço em meus ombros. Michael era muito meigo, realmente se importava com o sentimento dos outros, além de ser um homem super carinhoso. Chagamos até o portão de saída, então eu disse para Mike:

- Mike, já está na minha hora. Eu preciso ir.

- Você vai com quem? – Michael perguntou.

- Eu vim andando e vc?- Eu disse.

- Também...mas talvez seja perigoso você voltar nesse horário. – Michael disse preocupado.

- Não Mike, não tem problema...eu preciso fazer uma caminhadinha.

- Já que você está insistindo, qualquer coisa me liga. – Então demos um abraço e eu fui andando para um lado e Michael andando para outro. Meu coração batia forte, a noite tinha sido maravilhosa ao seu lado. Já eram quase umas meia noite e para não preocupar mais a mamãe fui para casa. Chegando lá, tudo estava escuro. Entrei na ponta dos pés para não acordar ninguém. Enquanto eu subia a escada uma luz se ascendeu. Dei um pulo com o enorme susto mas logo vi que era mamãe que estava me esperando.

- Oi filha! Como foi lá? – Mamãe me perguntou parecendo curiosa.

Eu estava tão empolgada que quase ia falando sobre Michael, então logo me lembrei e disse:

- Bem, eu e Ted terminamos!

-Você terminou ou ele? – Mamãe perguntou.
-Fui eu mãe, acho que eu fiz a coisa certa. Eu estou super cansada, vou dormir ta? – Eu disse bocejando.
- Tudo bem querida, boa noite.

Subi quase cambaleando para o meu quarto, tirei o vestido cuidadosamente e coloquei a minha mão perto do nariz, e pude sentir o cheirinho de Michael em mim. Ai que homem maravilhoso. Eu já não tinha mais dúvidas, eu estava apaixonada por ele, mesmo que fosse impossível, eu daria tudo para estar ao seu lado para sempre. O sorriso insistia não sair da minha boca...fui cantando bem baixinho até o banheiro, onde eu fui tirar a maquiagem. Eu me olhava feito uma boba para o espelho e começava a rir baixinho, sem acreditar.

Enquanto isso o baile já havia terminado e Vanessa ligou para mim:

- Camila?

- Eu? Ah...oi Vanessa! – eu disse me jogando na cama e agarrando o meu travesseiro.

- Pela sua voz, você parece estar bem... – Vanessa retrucou.

-Acho que sim, só não sei como o Ted está...mas estou muito feliz. Foi bom pra mim e para o Ted.

-É...todos ficaram chocados assim que você saiu e Ted confirmou que tinha terminado o namoro. Afinal de contas, onde você esteve? Liguei milhões de vezes... –Vanessa disse e eu completei:

- Bem...fui andar por aí e acabei encontrando Mike... – Na mesma hora Vanessa me interrompeu:

-Como é? Você foi dar uma voltinha e encontrou o rei por aí? –Na mesma hora eu ri e disse:

-Foi o destino...Vanessa eu estou tão feliz..ele não é nem a metade do que eu imaginava ser!

-Já vi que ta rolando um sentimento... vocês só conversaram?- Vanessa perguntou.
- Vanessa lá vem com você com seus comentários desnecessários, nós apenas conversamos como amigos! – Eu disse.

- Ta, fica calma. Eu prometo não contar a ninguém do rolinho de vocês..nossa você ta podendo né? Pegou de uma vez o Rei... – Vanessa tirou onda.

- Você pense o que quiser...só sei que foi uma das noites mais maravilhadas que eu tive. – Eu disse suspirando.

- Posso fazer uma pergunta? – Vanessa disse.

- Pode. – eu disse, já imaginando o que ela ia perguntar.

- Vamos lá...me diz com toda franqueza. Se um dia ele se declarasse, o que você faria?- Vanessa falou.

- Nossa, que pergunta difícil. Eu correria para os seus braços. – eu disse sussurrando.

- Ta, não precisa responder mais nada. Só digo uma coisa: vai fundo e luta por quem você ama. Bem, já ta ficando tarde. Agente se ver, amiga. Dorme com os anjos. – Vanessa disse e logo nos despedimos e eu não falei mais nada. Tinha sido muita emoção para um único dia, então fui dormir, ou pelo menos tentar.

No dia seguinte eu estava um caco, estava super cansada e tive que acordar cedo porque eu e papai íamos comprar as tintas do apartamento. Tentei disfarçar as olheiras com um pouco de pó, tomei uma café rápido e me despedi de mamãe que estava trabalhando no computador. O dia estava lindo lá fora, era difícil eu perceber os detalhes como o quanto as flores estavam mais floridas, o quanto o sol estava brilhando e o quão lindo era escutar os pássaros cantar, mas hoje assim que coloquei o pé na varanda e segui para o carro do meu pai eu pude perceber esses lindos detalhes. Eu estava de bem com a vida.

- Bom dia, pai! Como vai? – Eu perguntei entusiasmada.

-Tudo bem, você parece está feliz! É porque vai deixar a sua mãe? – Papai disse debochando.

- Não pai! Hoje eu só acordei de bem com a vida...já percebeu o quanto o sol está brilhando hoje? – Eu disse e papai logo fez um sinal positivo e olhou para o céu seguido de uma careta devido a claridade. Depois disso começamos a rir e seguimos até a loja. A cidade hoje estava um caos, um trânsito onde os carros mal saiam do lugar. Depois de quase meia hora conseguimos estacionar o carro e descemos.

Enquanto isso Michael já tinha acordado a muito tempo, estava tomando café da manhã com as crianças e de lá seguiria para a piscina, onde receberia os seus sobrinhos também. Michael sempre muito cuidadoso com o sol, já estava com o seu boné preto e com um guarda-chuva por perto.

Eu e papai entramos na loja, fomos dar uma olhada nas decorações e decidimos levar um sofá e tintas para refazer a pintura do apart, que foram levados para o apartamento por um caminhão. Pagamos tudo e eu e papai decidimos fazer um lanche, antes de ele me levar para casa. O lanche pareceu uma eternidade, eu amava passear com o meu pai e tal, mas odiava quando ele não me dava um pingo de atenção e ficava falando minutos e minutos no celular. Já eram quase meio-dia e eu quase surtei. Fiz um sinal dizendo que ia embora e que depois agente se falava depois, mas ele insistiu que eu ficasse. Minutos depois, papai desligou o celular e disse:

- Desculpe querida, era caso de vida ou morte. – A parti daí que entendi o porque minha mãe pediu divórcio para o meu pai. O trânsito ainda estava bem longo e papai logo cortou caminho e não demorou muito para eu está em casa. Dei tchau para ele e entrei em casa. A fome já tinha passado e a única coisa que eu queria era poder me deitar no sofá, e foi o que eu fiz. Não havia muitos programas legais, por isso mandei um sms para Vanessa convidando-a para ir mais tarde até o meu apartamento. Enquanto ela não me respondia mamãe queria porque queria que eu almoçasse, mas nem abrir a boca eu conseguia...então acabei pegando no sono no sofá mesmo. Acordei com um sms de Vanessa aceitando o convite, como eu já havia descansado um pouco, fui até o meu quarto tomei uma ducha fria para tentar me espertar e abri o meu guarda-roupa. Eu sempre vestia vestidinhos ou uma roupa bem básica como calça e blusa. Então peguei uma calça azul e uma blusa de mangas mesmo não fazendo muito frio lá fora. No meu cabelo coloquei uma tiara vermelha combinando com as sapatinhas vermelhas que estavam em meus pés. Peguei minha bolsa e me certifiquei se as chaves estavam mesmo lá.

Depois desci as escadas e disse para mamãe que eu ia sair com Vanessa e que não tinha hora certa pra chegar, dei um beijinho e saí.

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

karol jackson I

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
Hum prá onde será q ela vai hein??????????

Melhoras mila espero q vc fique boa rapidinho

BJUS

http://www.dangerous-candy.tumblr.com

MJceli

avatar
Fã Veterano
Fã Veterano
Ai tá lindo, bom agora que já resolveu com Ted vê se agarra o Mike de vez eim!!!

Carolina Jackson

avatar
Membro Star
Membro Star
Aiiiiiiiin qe cliiimãaao heeiimm?OMG
Aiii melhoraas miga!!BJSS

http://carolmj.tumblr.com/

Tatyka

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
Ai tomara que eles se encontrem logo, tô anciosa por esse encontro....
Melhoras querida, fica boa logo tá beijinhos

Carolina Jackson

avatar
Membro Star
Membro Star
Aiiin esperandoo anciosaaa novoo caap

http://carolmj.tumblr.com/

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capítulo XXII




A distancia entre a minha casa para o apartamento não era tão longe assim, por isso fui andando. Durante o caminho eu pude prestar mais atenção no jeito das pessoas...era algo estranho que eu sentia, era como se não fosse eu. Ainda tentei descobrir o que as pessoas que estavam ao meu redor estavam pensando, reparei em uma criança que andava de bicicleta com os seus pais uma pureza, uma infantilidade, uma ingenuidade. Tudo isso me fazia lembrar de Michael. Fui pensando e pensando e não demorou muito para chegar no apartamento.
Cumprimentei o porteiro e entrei no elevador. Segundos depois recebi um sms da Vanessa dizendo:

“Oi Camila. Desculpa não vai dá para eu ir. Mamãe teve que viajar e meu pai está super doente. Agente se fala. Beijos!”


Senti uma desanimação ao ler isso. Então para não dá viagem perdida resolvi passar um tempinho no apartamento e tentar se acostumar com o ambiente. Abri a porta lentamente e aos poucos tirei o plástico que cobria o sofá. Não vi a hora de me deitar um pouquinho lá e tirar um cochilinho. Enquanto isso Michael estava se divertindo bastante com as crianças, que estavam há um tempão na piscina. Michael havia dispensado Grace no momento e ele mesmo estava cuidando das crianças. Depois de colocar as bóias em Blanket, Michael se sentou em uma cadeira embaixo do guarda-sol e tirou o seu celular do bolso. No papel de parede do celular tinha a foto dos seus três filhos, então ele logo foi procurar o meu número.

Eu acordei com o celular vibrando em meu bolso. O susto foi tão grande que mal fiz questão de ver o número que ligava e atendi:

- Alo?

-Adivinha quem está falando? – Michael perguntou. Na mesma hora que eu escutei a voz dele meu coração disparou. Coloquei as mãos do rosto e cocei os meus olhos para se certificar se eu não estava sonhando. Não, eu não estava. Então respondi:

- Não é difícil de adivinhar, essa voz é irreconhecível! – Tentei disfarçar o nervosismo com um risinho, Michael ao perceber começou a rir também. Então continuou:

- Você não estava fazendo alguma coisa muito importante, estava? – Eu estava só dormindo, mas mesmo depois desse susto acordar e escutar a voz de Michael valia a pena, então eu disse:

- Quem eu? Não mesmo. Eu estou no meu novo apartamento, tentando me acostumar com o ambiente.

- Você já está morando aí? – Michael perguntou parecendo interessado.

- Não, vim só passar a tarde por aqui...- enquanto eu falava isso escutei o meu eco na sala e continuei:... bem, se depois você quiser vir conhecer, seria um prazer.- Eu não sabia o que falar, então dei o endereço caso ele depois da mudança quisesse vir me visitar.

Michael anotou o endereço em um bloco de papel que estava em cima da mesa e disse:

- Tudo bem, obrigado pelo convite. Camila, eu preciso desligar porque tenho um compromisso ta?

- Tudo bem Mike, fica com Deus. – eu disse meigamente.

-Você também, um beijo. – Michael disse parecendo empolgado. Desliguei o celular e dei um enorme suspiro seguido de um enorme sorriso. Era maravilhoso escutar a sua voz pelo telefone. Olhei no relógio e ainda eram três e meia da tarde.

Enquanto isso Michael ligou para Grace para que ela fosse para o pátio e ela ao chegar, Mike disse:

- Crianças, eu preciso ir, tenho um compromisso. De noite estou de volta. – E saiu depressa e foi tomar um banho. Enquanto isso eu resolvi abrir uma lata de tinta e começar a pintar o meu apartamento.

Ao terminar o banho Michael seguiu já vestido para a garagem e pegou um carro, um dos porteiros disse:

-O senhor não vai querer um motorista?

Michael delicadamente com um sorriso disse:

-Não, não é preciso. Obrigado. – E entrou no carro.

Eu após abrir a lata de tinta, peguei uns objetos dentre eles pincéis e esponjas e comecei a pintar a parede da sala. Como o apartamento não estava totalmente mobilhado eu não tinha nem um cd para escutar enquanto pintava. Não demorou muito para o meu silêncio ser interrompido com a campainha tocando, achei meio estranho então fui abrir a porta. Ao abrir me deparei com um enorme buquê de rosas vermelhas, olhei para as flores e tentei ver quem estava segurando-as, pois o buquê cobria o rosto. Delicadamente peguei o buquê de rosas e ao mesmo tempo perguntei se era para mim, não consegui terminar a frase ao ver que quem estava segurando o buquê, era Michael.
Fui ficando vermelha, com um pouco de vergonha então Michael disse parecendo uma criança :

- SURPRESA! – Na hora comecei a rir e ainda estava em choque, então disse em poucas palavras:

-Nossa, obrigada. – Michael também estava envergonhado então disse tentando quebrar o gelo:

- De nada. Não vai me convidar para entrar? – O olhei com os olhos brilhando e disse:

- Ai meu Deus, me desculpa. Por favor entra e fica a vontade. – Michael sorriu para mim e entrou no apartamento e disse:

-Eu já tinha imaginado que ele ainda não estaria mobilhado por isso trouxe isso. – E tirou um jarro de cristal por trás de suas costas, ele tinha escondido.

- Michael, não precisava. Olha eu...- e na hora ele me interrompeu dizendo:

-Por que não? Adoro presentear rosas a quem é uma rosa. – Eu ao escutar isso, quase cai no choro de tanta emoção, então sem dizer nenhuma palavra dei um forte abraço nele. Fechei a porta e Michael disse:

-É um tamanho muito bom...- e eu completei:

-É, como eu vou viver sozinha a aqui, vem dar uma olhada! – Então ele balançou a cabeça e veio me seguindo. Michael mal prestou atenção no apartamento, ele estava olhando fixamente para mim. Depois de eu mostrar, ele perguntou:

- Que cheiro de tinta, o que você estava fazendo?

-Bem, eu tava retocando a pintura. Adoro fazer essas coisas. – Michael ao escutar disse:
-Nunca fiz isso, sempre tive as coisas de mãos beijadas. – Ele meio que ficou sem graça, então eu disse:

-Sempre tem a primeira vez! – E tirei de dentro de uma caixa outro pincel. Michael ao ver isso, seus olhos por incrível que parecesse se encheram de lágrimas, ele tentou disfarçar mas uma lágrima insistiu em cair. Então ele pegou o pincel e eu disse:

- Eu não sou muito boa nisso, mas vou te dar uma dica, se você passar muitas camadas no mesmo local ou a cor vai ficar diferente ou vai manchar. Ele fez um sinal positivo e começou a pintar. Ele era lindo, mas pintando a parede era que ele era um deus mesmo. Tentei puxar assunto:

-Você disse que tinha um compromisso, eu jamais iria adivinhar que era vir aqui.

- Quando liguei para você eu estava na piscina com meus filhos e com os meus sobrinhos...resolvi fazer essa visita porque eu me sinto bem ao seu lado, sabia? – Michael disse voltando a pintar.

-Você é que não faz idéia o quanto é bom estar ao seu lado! –Eu disse e continuei:

-...como você subiu sem ser visto?

-Bem, eu estacionei o carro bem perto daqui e aproveitei que tinha um morador saindo e entrei, o porteiro estava dormindo. –Michael disse rindo.

- Sério? – comecei a rir e Michael fez um sinal positivo. Depois de quase pintarmos uma parede inteira, eu estava super cansada e me joguei com toda força no sofá, Michael como amava farra, veio atrás de mim e também deu um pulo. Depois de rimos o silêncio voltou. Os nossos rostos estavam bem próximos, eu sentia o meu coração bater forte e Michael também sentia a mesma coisa. Eu e ele deitado no sofá, apenas trocando olhares tímidos. Até que Michael pegou em minha mão e aos poucos fomos nos sentando e ficamos mais próximos ainda. As mãos suaves de Michael deslizavam sobre o meu rosto, nossos lábios foram chegando cada vez mais perto, olhei meia que aflita para Michael e disse em poucas palavras:

-Michael, eu não posso... – e na mesma hora tentei me levantar do sofá, mas Michael pegou a minha mão delicadamente e disse quase sussurrando:

-Deixa eu te fazer feliz... – eu não disse mais nada, só sentia aquele fogo dentro de mim. Tentei abaixar a cabeça mas Michael aos poucos levantou o meu queixo e me deu um suave beijo. Foi o beijo mais lindo que eu já tinha recebido, doce como uma bala. Abri meus olhos e tentei dar um sorriso, mas eu estava muito nervosa. Então peguei a sua mão, macia feito pluma e dei um carinhoso beijo. Tentei não olhar para Michael, eu sentia o meu rosto pegando fogo, porém nosso olhar se encontrou. Michael estava com um sorriso meigo em seus lábios. Então me deu um beijo mais intenso. Para tentar quebrar toda a timidez, Michael se levantou rapidamente e disse:

- Agora vamos trabalhar né moçinha? –e pegou na minha mão assim como os namorados pegam. Respirei fundo tentando conter o choro e dei um sorriso para ele. Pegamos o pincel e começamos a pintar, todas as vezes que eu olhava para Michael, ele estava olhando para mim. Nós sorriamos e continuávamos a pintar. Eu enquanto pintava ficava desejando mais um beijo, até que eu disse brincando:

-Se você não parar de olhar para mim, eu vou derramar toda essa tinta em você e adeus Michael Jackson! – Mike começou a rir e eu na mesma hora levantei e mostrei a tinta para ele.

-Duvido que você faça isso... – Michael disse tentando se afastar.

-É mesmo? Não duvide de mim moçinho! – E levantei ainda mais a tinta, Michael ao ver isso começou a rir e meteu carreira. Quando menos esperei ele estava com uma lata de tinta também, e disse:

- Também não duvide de mim, baby. – Dei uma risada do mal e tentei me aproximar dele. Só senti aquele banho de tinta na minha barriga. Eu jamais imaginei Michael sendo capaz de fazer isso, mas quando se trata de Michael Jackson, tudo pode acontecer. Michael ao me ver lá parada e de boca aberta começou a rir, ele só não esperava que eu desse o troco. Ao levar o banho, ele saiu correndo e ameaçando jogar mais tinta. Larguei o pote de tinta no chão e saí correndo, Michael corria muito mais rápido do que eu. Até que eu cheguei no corredor. Olhei meio que desesperada para os lados e comecei a rir. Eu não tinha saída, me encostei na parede que não tinha saída e Michael ia se aproximando. Coloquei a mão na cabeça esperando levar o banho, mas Michael largou a lata de tinta e colocou as mãos na parede não deixando eu sair. Me cercando. Parecia sena de filme, vi seu rosto chegando cada vez mais perto do meu, então fechei os olhos e senti suas enormes mãos em volta da minha cintura. O seu beijo era suave, carinhoso e intenso. Eu carinhosamente coloquei as minhas mãos em volta do seu pescoço e ficamos minutos e minutos se beijando. Parei um pouco para poder respirar e disse sussurrando em seu ouvido:

-Eu deixo você me fazer feliz...- Michael ao escutar isso deu um carinhoso beijo em minha testa. O apartamento estava uma bagunça só, era tinta para todo lado. Depois de tentar organizar a bagunça, fui mostrar a pequena varanda do meu quarto. A vista de lá era maravilhosa, o sol estava quase se pondo, a cidade estava começando a ficar iluminada e os pássaros estavam indo para os seus ninhos. Eu estava radiante de tanta felicidade, nos abraçamos e ficamos vendo a bela paisagem. Mesmo eu tentando não transparecer nervosismo, eu estava muito nervosa. A cada toque de Michael em minha pele, subia o arrepio. Ficamos calados por um tempo, até que Michael disse:

-Pra falar a verdade, eu queria muito que tudo isso acontecesse. Desde que eu te vi fiquei totalmente admirado...- então eu o interrompi e disse:

-Desde os oito anos que eu e admiro...nunca pensei que isso pudesse acontecer. – Ficamos um de frente para o outro e continuei:
-...Michael, você acha que isso pode dar certo?

-Camila, talvez pareça ser cedo demais para eu dizer, mas eu te amo. Preciso que você confie no meu amor por você! –Michael disse segurando a minha mão.

-Eu confio, Mike. Você nem imagina o quanto você me faz feliz, o quanto é maravilhoso estar com você, poder ver seus olhos brilharem...seu lindo sorriso... –Não consegui terminar a frase, eu estava muito emocionada. Michael ao me ver chorando, me deu um forte abraço e disse:

-Está tudo bem meu amor. Não quero te ver chorando...quero te ver sorrindo. Eu te amo Camila.- Assim que ele terminou de dizer isso, enxugou com sua mão as minhas lágrimas. E disse:

-Camila, quer dançar comigo?

-Mas Michael...aqui? Agora? Sem música? – Ele sorriu e disse que sim. O sol já tinha ido embora e apenas os seus raios iluminavam. Michael pegou em minha cintura e me deu um beijo nos lábios inferiores e começamos a dançar. Não tinha música no local, mas junto dele a música soava dentro dos meus ouvidos, no meu mais íntimo. Nem eu nem ele conseguíamos tirar o olho um do outro. Então Michael disse:

- Você dança muito bem... – imagina o rei dizendo isso para vocês meninas? Eu, ao escutar isso disse:

-Meu Deus, você dizendo isso de mim? Depois dessa acho que vou virar dançarina. E olhe que eu estou me esforçando muito pra não pisar no seu pé. – Michael gostava de me ver feliz, por isso me deu uma gargalhada e disse:

- Você vai ser só a minha dançarina. –E me deu um beijo. Eu sorri e aos poucos encostei a minha cabeça em seu ombro e continuamos a dançar.

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
oooooi minhas flores! Obrigada por comentarem aqui. Já estou melhor siim migas, obrigada pela preocupação de todas!

E FINALMENTE ACONTECEU NÉ MIIIIIIIGASS??!!!


Espero que vcs tenham gostado de capítulo.

beiiiijos

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Carolina Jackson

avatar
Membro Star
Membro Star
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA Euu ameeeeeeeeeeeeeeeeeei o caaap
Lindoooooooooooooooooooooo
OMG Finaalmentee Nhe Miilaa
AMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEi

http://carolmj.tumblr.com/

Tatyka

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
Eu simplesmente amei o cap. foi lindo eu imaginei até a cena, muito bom.
posta mais eu tô adorando bjs

karol jackson I

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
Ehhhhhhhh até q enfim o tão esperado BEIJO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
EU quero um desses tbm!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Lindo cap Amigahhhhhhhhhhhh
BJUS

http://www.dangerous-candy.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
karol jackson I escreveu:Ehhhhhhhh até q enfim o tão esperado BEIJO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
EU quero um desses tbm!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Lindo cap Amigahhhhhhhhhhhh
BJUS


JESUS APARA A LUZ miiiigah, eu também queria um beijo desses também. Imagina hein? uuiuiuiuiuiuiuiuiuiuiuiuiuiu Agente fica só na imaginação mesmo. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk'

Migaaas, como vcs estão?? Como sempre queria agradecer a cada uma de vcs por tudo. É maravilhoso ter vcs aqui comigo miiigas! Amo todas. Espero que vcs tenham gostado dos beijos de Mike e vou deixar claro migas que ainda vem muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiitos pela frente!


Beiiiijoss pra vcs!

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Carolina Jackson escreveu:AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA Euu ameeeeeeeeeeeeeeeeeei o caaap
Lindoooooooooooooooooooooo
OMG Finaalmentee Nhe Miilaa
AMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEi



Carolziiiiinha minha flor, vc foi a primeira a saber num foi??? Quase que surtavaaaaaaa, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk'. Nossa amizade tá crescendo a cada dia miigaaa, já te amo muiiito.

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Tatyka escreveu:Eu simplesmente amei o cap. foi lindo eu imaginei até a cena, muito bom.
posta mais eu tô adorando bjs

Taaaaatá, minha amiga maravilhoooosa. É muito bom ver vc gostando e até imaginando cada cena né miigaah?? Eu também consigo imaginar cada detalhee. Miigah, queria te dizer que é mesmo muito bom ter vc aqui, é difícil encontrar adultos acompanhando as fics e vc aqui sempre fiel. Brigadinhaa mesmo.

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capítulo XXIII



Ao lado de Michael tudo se passava muito rápido, quando olhamos para o pequeno relógio já eram sete horas da noite. Michael olhou com uma carinha para mim como se dissesse: “ Eu não queria ir, mas preciso.” Eu entendendo tudo disse:

- Sei que você precisar ir. – Michael balançou a cabeça e disse:

- Deixei as crianças em casa e prometi a elas que hoje iríamos assistir a um filme. – Balancei a cabeça e dei um sorriso. Eu entendi Michael completamente, e ele ao ver que eu concordava perguntou:

-Você não quer assistir com agente?

- Eu adoraria Michael, mas é que não dá. Estou muito cansada e depois eu não queria atrapalhar o lazer de vocês... – Michael me interrompeu e disse:

-Camila, você nunca irá atrapalhar, você só me traz alegria. Nunca mais diga isso. – Olhei admirada para ele, como ele podia ser um ser tão perfeito? E eu disse:

-Desculpa, é que não é fácil para mim. – Michael ao ouvir isso, me deu um abraço e disse:

-Eu entendo, mas se você me ama, o nosso amor pode romper barreiras. –Michael parecia está sério.

-Eu te amo. – Eu disse sussurrando em seu ouvido. Depois eu prometi que na próxima seção de filmes eu iria, Michael concordou e eu o levei até a porta. Pedi para que ele tivesse cuidado quando fosse descer para o carro e logo nos despedimos com um intenso beijo e esperei que ele entrasse no elevador. Fechei a porta lentamente, olhei meio assustada para o apartamento. Eu não podia acreditar em tudo que tinha acontecido. Comecei a chorar emocionada com tudo que tinha acontecido, eu não podia está mais feliz.

Depois de me acostumar com a idéia, resolvi não falar a ninguém, incluindo a Vanessa sobre eu e Michael. Quando ele achasse que era a hora certa iríamos dizer. Enquanto eu viajava em meus pensamento tirei os jornais que estavam no chão, as paredes já estavam todas pintadas. E agora que eu e Michael estávamos quase namorando, quase porque ele não fez nenhum pedido oficial, eu precisava me mudar o mais rápido possível. Senti o cheiro de Michael em mim, fechei todas as janelas e fui para casa. Ao chegar em casa mamãe perguntou aonde eu passei a tarde inteira.

-No meu apartamento, terminei de pintar todas as paredes e amanhã mesmo o caminhão de mudança estará aqui. –Mamãe pareceu não gostar muito da minha idéia e retrucou:

- Amanhã? Pensei que você queria ficar aqui até o final do mês.

Eu não respondi mais nada e disse que estava muito cansada e que ia dormir. Cheguei em meu quarto e fui direto para a ducha. Depois do banho me deitei e fiquei toda boba olhando para o infinito até que recebi uma mensagem: “Durma com os anjos, meu anjo.”
Eu já conhecia o número do remetente, era Michael, então respondi:
“Você é o meu anjo, te amo.”
O amor que eu sentia por Michael parecia mexer comigo, eu não era mais a mesma pessoa. A semana logo se passou, eu muito ocupada com a minha mudança, mas sempre mandando sms para Michael. O meu apartamento estava lindo. Parecia uma casinha de boneca, a coisinha mais linda desse mundo. Ás vezes eu sentia saudade da mamãe, de sua comida, da sua presença. Mas eu até que já estava acostumada. O meu dia-a-dia era o mais feliz possível. Enquanto a faculdade não começava, eu toda a manhã ia fazer uma caminhada e ás vezes fazer compras. Enquanto isso Michael todos os dias, estava atolado em reuniões, nem eu nem ele víamos a hora de nos vermos. No sábado, Michael estava de folga e como era o aniversário de Blanket, ele decidiu fazer um bolinho entre eles e resolveu me chamar. O meu telefone tocou, eu já sabia o número então logo atendi normalmente.

- Oi meu amor. – Meu coração disparou e eu disse:

-Oi, Mike. Como você está?

-Estou caminhando, queria saber se você tem algum compromisso hoje.

- Não, não tenho nada. Por quê? – Eu perguntei

-Bem, hoje Blanket está completando 3 aninhos, eu pensei em fazer um bolo só entre nós mesmo. Você não gostaria de vir? – Michael disse docemente.

- Nossa Michael, eu adoraria fazer parte desse momento tão especial...- Michael me interrompeu dizendo:

- Estou indo te pegar agora ta?

- Agora? Nesse momento? – Eu perguntei e ao mesmo tempo abri o meu guarda roupa para escolher alguma roupa.

- Yes, baby. Preciso de você aqui. – Michael disse, e eu me desmanchei na hora. Então eu disse:

- Ow baby, tudo bem, pode vir me pegar. – Nos despedimos e eu desliguei o celular. Corri igual a uma louca dentro de casa. E o presente? Eu não fazia idéia do que dar a Blanket. Então me lembrei que eu tinha um boneco de Peter Pan, que eu ganhei quando fiz quinze anos. Eu nem ligava muito para ele, e o boneco estava em perfeitas condições. Então peguei uma sacola de presente e coloquei o Peter Pan dentro, fiz um lanço super bonitinho e fui me vesti. Como estava de tarde, eu coloquei um vestidinho básico verde com sapatilhas pretas, eu estava uma gracinha. Maquiei-me levemente e soltei os meus longos cabelos. Foi o tempo para que Michael chegasse, ele mandou um sms pedindo para eu descer. Peguei o presente quase correndo, mas com delicadeza para não me desarrumar. Entrei no elevador e esqueci do perfume, então vasculhei minha bolsa e encontrei um vidrinho de perfume e coloquei.

Assim que saí do elevador me deparei com uma enorme limusine estacionada na frente do prédio. No início pensei duas vezes em entrar, vai que não era Michael? Mas o vidro se abriu e vi Michael discretamente acenando para mim. Então, não foi preciso o motorista saltar e abri a porta para mim. Eu mesma entrei. Ao entrar, Michael parecia está muito feliz. Havia um vidro escuro entre Michael e o motorista. Por isso o motorista mal via o que se passava do outro lado. Michael ao me ver, me deu um forte abraço e um caloroso beijo. O seu beijo era o mais doce de todos, o mais delicado e carinhoso. Então eu disse:

- Eu estava com saudades de você, baby! – Michael disse olhando fundo nos meus olhos:

- Também estava, tive uma semana muito corrida. –E ao terminar de falar me retribuiu com um beijo. E logo continuou:

-Camila, quero que por enquanto não comente nada sobre nós dois ok? Seria um prato cheio para empresa. Quero que me entenda.

- Claro que eu entendo Michael, você está certo. – Michael logo sorriu e disse:

-Não acredito que você se preocupou em comprar um presente para Blanket, Camila não... - o interrompi dizendo:

-Precisava sim Michael, toda criança adora ganhar presente. Tenho certeza que ele vai amar. – Michael ainda tentou rebater, mas viu que não tinha jeito. Não demorou muito para chegarmos em Neverland. Michael pediu para que o motorista parasse próximo a entrada e nós saímos apenas caminhando até a casa.

-É um sonho está aqui, não existe lugar mais lindo. – Eu disse. Michael sorriu e disse:

-Aqui é o lugar mais mágico que existe. Aqui eu me sinto feliz. – Eu ao escutar fiquei admirando aquelas sábias palavras e seguimos. Enquanto andávamos Michael muito gentilmente cumprimentou alguns jardineiros que estavam cuidando do seu lindo jardim, alguns ele até sabia o nome. Não demorou muito e chegamos na enorme mansão. Ele abriu delicadamente a porta e disse sussurrando:

-Fique a vontade, baby. – E deu uma piscadela.


-Obrigada. – Respondi delicadamente encantada com o local. E continuei:

-Michael, aqui é tão lindo. Eu não imaginava ser desse jeito. Parece um museu.

-Eu mesmo comprei essas peças. Amo coisas antigas. – Sorri para ele e me sentei delicadamente no enorme sofá, Michael perguntou se eu queria algo para beber e eu aceitei apenas um copo d’água. Ao terminar Michael disse:

-Agora você tem muito trabalho pela frente. –Olhei para ele sem entender mas sorri e o acompanhei. Fomos até a enorme cozinha da casa.
As mulheres estavam trabalhando, até que uma ao nos ver, veio ao nosso encontro com um bolo cheio de glacê colorido e disse:

-Senhor Jackson! O bolo está pronto. – E deu um tímido sorriso para mim. Michael resolveu apresentá-la e disse:

-Camila, essa aqui é Remi e essas são as suas ajudantes. Ela é cozinheira fiel. – Olhei com um sorriso no rosto para Remi, e estendi a mão. Ela parecia ser uma pessoa muito boa. Michael logo perguntou onde estava os balões e depois de pegá-los ele saiu da cozinha comigo, na verdade eu só o seguia. Então Michael perguntou:

- Qual é o melhor lugar para colocar esses balões e bolo? – Olhei discretamente para toda a enorme sala, confesso que me achei super estranha, então eu disse:
-Bem, porque não fazemos aqui mesmo? – Apontei para a pequena sala de TV e completei:

-É bem aconchegante! – Michael fez um sinal positivo e fomos encher os balões. Michael tinha um fôlego que só vendo. Enquanto eu ainda estava na primeira ele já estava na quarta. Ele ainda fazia gracinhas para me fazer rir e me atrapalhar. Como eu era muito desajeitada ás vezes, eu resolvi pegar um balão e enchê-lo com toda a minha força. Quanto mais eu colocava fôlego mais o balão ia crescendo. Michael parou de encher e disse rindo:

- Você tem um espírito de competitiva né? – Olhei para ele e disse com o balão na boca:

-Eu? Até parece! – Michael não se agüentou e começou a rir e logo disse:

-Baby, cuidado, pode estourar na sua cara. –E veio tentando chegar mais perto de mim. Olhei para aquela carinha de anjo e disse:

-Saí pra lá, você quer que eu não encha isso sim! –Michael parecia está meio sério e um segundo depois a bola estourou em mim. Foi um barulho de matar. Michael ficou meio preocupado mas depois começou a rir. Eu não tinha me machucado, mas o susto foi muito grande. Olhei meio que assustada para Michael e ele se embolava de tanto rir. Fingi está brava e cruzei s braços igual a zangado (de Branca de Neve), Michael ao ver minha reação aos poucos parou de rir e veio ao meu encontro de braços abertos. Eu logo me virei de costas e fiquei mexendo nas outras bexigas e eu disse:

- Nem venha, você se acabou de rir, você tem é uma boca de praga! – Michael prendeu o riso e disse:

-Sabia que você fica linda, assim, toda bravinha? – E pegou em minha cintura e me deu um selinho. Olhei para ele e disse:

- Você ainda não viu nada. –E quando íamos nos beijar as crianças desceram em disparada pela escada.

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Lulu Jackson

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
ah mila que sonho ta em never ne?amando o capitulo e finalmente rolou alguma coisa tava torcendo de mais!bju batecoração*

Carolina Jackson

avatar
Membro Star
Membro Star
mila joseph jackson escreveu:
Carolina Jackson escreveu:AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA Euu ameeeeeeeeeeeeeeeeeei o caaap
Lindoooooooooooooooooooooo
OMG Finaalmentee Nhe Miilaa
AMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEi



Carolziiiiinha minha flor, vc foi a primeira a saber num foi??? Quase que surtavaaaaaaa, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk'. Nossa amizade tá crescendo a cada dia miigaaa, já te amo muiiito.

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK claroo nhee amiga UAUSHAU
Ohhh tbm te amoo amigaaa S2

AAAAAAAAA qqqqqqqqe caap heeim
OMG eem Neverland
para o niver do Blanket
Q foooofooooo
Possta maiiiiiiis amnaah

http://carolmj.tumblr.com/

Tatyka

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
Lindo lindo lindo, muito fofo os dois, adorando ....

karol jackson I

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
mila joseph jackson escreveu:
karol jackson I escreveu:Ehhhhhhhh até q enfim o tão esperado BEIJO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
EU quero um desses tbm!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Lindo cap Amigahhhhhhhhhhhh
BJUS


JESUS APARA A LUZ miiiigah, eu também queria um beijo desses também. Imagina hein? uuiuiuiuiuiuiuiuiuiuiuiuiuiu Agente fica só na imaginação mesmo. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk'

É amiga a imaginação é oq nos resta mesmo, aiaiaiuiui


Aí essas crianças tinhan q aparecer bem agora? só pra estragar p clima?

http://www.dangerous-candy.tumblr.com

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 5 de 15]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10 ... 15  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum