Seja bem-vindo (a) a sua Neverland virtual!

Aqui você encontrará tudo sobre o anjo e homem Michael Jackson e também poderá conhecer pessoas com os mesmos gostos que você. Irá conviver e aprender muito mais sobre este artista e ser humano maravilhoso que é Michael Jackson!

Faça parte da nossa família você também! Michael Jackson não é só um cantor e sim uma filosofia de vida!

------- Equipe Neverland -------

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[FINALIZADA] Do ídolo para o grande amor da minha vida...

Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 14 de 15]

Aline Joseph


Fã Veterano
Fã Veterano
Mila minha amada amiga!!!!!!...Nossa mais que fofa vc postando uma fic!!!!Pelo menos não é melequenta como a minha ne miga??KKKKkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.....
Minha linda...Estou super,mega power ranger atrasada miga..Mas sempre que der eu estarei aqui com vc ta???Vc sabe o qto é corrido pra mim...Mas quero mesmo dizer pra vc uma coisa...Continue sempre fazendo sua parte,sonhando o sonho mais lindo que exista dentro de vc..Nunca desista amiga...Vc tem seu jeitinho especial de escrever,cada uma tem o seu, e todas nos somos eternas sonhadoras....
Quero dizer pra vc largar esse vacudo do Ted,ta?Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.E correr pro nosso lindo anjo Mike....kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.......
Minha linda..Queria te agradecer por ser tão especial pra mim..Vc tem sido uma amiga como poucas e eu a amo demais....Vc não esta sozinha não,ok???Estamos nessa miga....Continue a sonhar sempre com nosso anjo lindo que sua fic esta linda sim!!!Romantica,doce...Tem "Elevador Jackson" miga??Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk..Parei,parei...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Miga,vc é um presente de Mike e Deus na minha vida..Amo vc e muito Mike na vidaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa..Obrigada sempre por tudo ta miga linda que amo???Bjs mil no seu coração e muitas saudades miga.Olha linda,quero aproveitar pra dizer que meu pc esta mesmo horrivel,e que nao consigo responder no orku..aff..Mas nunca pense que te esqueci viu???AMO VCCCCCCCCCCCCC

Maria Cecília Bad


Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
I LOVE YOU TOO MILA!!

Leele


Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
cadê você mila?
tá tudo bem?

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Leele fiquei sabendo que foi seu aniversário! Parabéns minha linda, que Deus te abençoe e que todos os seus sonhos se realizem! Muita saúde, amor, felicidades...vc merece isso e muiiiito mais! beijos.

obs: MENINAS AMANHÃ ESTOU VOLTANDO PARA POSTAR! Beijos no seus lindos corações...

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Leele

avatar
Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
mila joseph jackson escreveu:Leele fiquei sabendo que foi seu aniversário! Parabéns minha linda, que Deus te abençoe e que todos os seus sonhos se realizem! Muita saúde, amor, felicidades...vc merece isso e muiiiito mais! beijos.

obs: MENINAS AMANHÃ ESTOU VOLTANDO PARA POSTAR! Beijos no seus lindos corações...

é verdade,meu aniversário foi dia 08/02
muito obrigada amor, desejo tudo em dobro pra você!
esperando ansiosamente aqui!
beijos!

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Continuação...


Todas as vezes que estávamos juntos trocávamos carinhos e beijos, nesta noite não foi diferente.

-Amor, chamei minha família para vir almoçar aqui amanhã. –disse Michael me beijando ao mesmo tempo.

-Toda sua família, amor? –perguntei alisando o seu peitoral.

-Na verdade só meus irmãos e meus pais...mas sempre eles trazem algum amigo. Por que?

-Por nada, acho que é porque fico nervosa só de pensar que eles vão me conhecer. – respondi.

-Ah... não precisa ficar assim, eu vou ficar ao seu lado ok?

Balancei a cabeça e o beijei. Suas enormes mãos deslizavam em meu rosto e em minha boca em seu pescoço super cheiroso. Aquele seu cheiro estaria para sempre guardado em minha memória. Michael fazia questão de sussurrar em meu ouvido pois sabia que me subia aquele arrepio.

-Amanhã quero fazer um passeio mais que especial com você...

-Mais especial do que me levar para a praia? – perguntei encostando a minha cabeça em seu macio ombro.

- Muito mais...um passeio inesquecível. –Disse beijando a minha testa.

-Todo momento é inesquecível com você ao meu lado Mike... – Michael me interrompeu me beijando intensamente e me olhando com um leve sorrido no rosto. Ela sabia que me deixava louca com aquele olhar que brilhava na escuridão do quarto. Tivemos uma noite de amor carinhosa e meiga do jeito que era Michael. O amor estava presente em sua vida e também em nossas noites e enquanto isso a lua brilhava lá fora e iluminava o nosso quarto.

Dormi igual ao um anjo com suas mãos enroscadas em minha cintura e com sua respiração tão próxima da minha. Abri os meus olhos e o quarto já estava claro, Michael continuava a dormir ao meu lado. Fiquei contemplando a sua linda face e o beijei carinhosamente. Aos poucos ele foi se despertando e sorriu ao me ver ao seu lado. Carinhosamente afastei um fio de cabelo que estava sob os seus olhos e o abracei. Michael se espreguiçou e se sentou na cama ao meu lado. Nos beijamos e por um segundo eu quis que o tempo congelasse ali naquele beijo.

-Vou voltar a dormir... Michael disse caindo na cama e rindo.

-Ah...não vai não! – Eu disse me ajoelhando na cama e puxando a suas pernas.

Michael colocou o travesseiro no rosto e se segurava na cama enquanto eu morria de rir com as suas palhaçadas.

- Deixa de palhaçada Michael... tenho certeza que sua mãe vai amar ver essa cena, daqui a pouco ela vai está por aqui! – Michael me cortou dizendo:

-Minha mãe já me tirou muitas vezes da cama quando eu era pequeno, tenho certeza que...

- É, mas eu não sou a sua mãe. – disse interrompendo-o e puxando o lençol e as suas meias.

-Só falta tirar a minha roupa agora... – Michael disse debochando.

-Olha que eu tiro! – falei puxando devagar a sua calça. Michael fez uma cara de que estava gostando da situação e jogou um monte de travesseiro no meu rosto.Foi chegando pertinho de mim e quando ia falar algo em meu ouvido, escutamos uma batida forte na porta e voz de Dona Kathe. Michael colocou a mão na minha boca e me jogou para o outro lado da cama, eu como sempre sou desastrada caí no chão fazendo o maior barulho. Fiquei lá encolhida e Michael jogou o lençol e os travesseiros na cama e ajeitou o seu pijama.

Abri a porta rindo da minha queda.

-Bom dia querido! Deus te abençoe.

-Mãe! Bom dia, amém. A senhora também. Quando bateu eu tinha acabado de acordar. - Michael disse dando uma olhada geral no quarto.

-Daqui a pouco seus irmãos estão chegando por aqui, vá trocar de roupa e eu te espero lá em baixo. – Dona Kathe disse dando um beijo no rosto de Mike e saiu fechando a porta.

Eu me levantei com a mão na boca contendo o riso e calcei a minha sandália.

-É melhor você ir se trocar no seu quarto, essa foi por pouco amor. – disse Mike.

-Você bem que podia ser um pouco mais cuidadoso...embolei na cama e cai no chão. – Eu disse mostrando o meu joelho que estava vermelho por causa da queda.

Mike fez um carinha de que estava com pena de mim e pediu para eu sentar ao seu lado na cama. Ficamos lá sentados e ele delicadamente esticou a minha perna direita em seu colo e beijou meu joelho. Eu apenas sorria e ficava observando-o. Suas enormes mãos alisavam o local que estava vermelho e minha pele aos poucos foi ficando arrepiada.

Ele riu da situação e apontava para todo o meu corpo arrepiado.

-Olha só o que você faz comigo...seu jeito delicado me arrepia toda! – Eu disse apoiando as minhas duas mãos em seus ombros e encarando-o.

-Amo ver você arrepiada...- respondeu Michael encostando o seu nariz no meu. Nos dois sentíamos a respiração um do outro e carinhosamente nos beijamos.

Depois dessa linda cena Michael pediu para que eu fosse se arrumar e ele ia fazer o mesmo. Combinamos de primeiro Michael descer e depois subir e vir me chamara para não levantar suspeitas.

Enquanto isso eu liguei para Vanessa para falar do acontecimento de ontem e do beijo de Genevive.

-Amiga, acho melhor você abrir o jogo, Genevive mostrou que não vai ser fácil se livrar dela. – disse Vanessa.

-Eu sei...mas como vou contar tudo para Michael? Vou simplesmente dizer: Menti para você mas eu te amo acima de tudo? – perguntei.

-Exatamente! Se você falar o que realmente aconteceu, tenho certeza que Michael vai perdoar. O amor de vocês é tão lindo...não pode acabar de uma hora para outra.

-Vanessa! Se fosse uma mentirinha eu não ficava tão preocupada, mas foi uma mentira horrível...e tudo isso para tê-lo! – respondi olhando para a porta e me assustei ao ver que Dona Remi tinha escutado tudo. Não falei mais nada e desliguei o celular na cara de Vanessa.

- Que história é essa? – ela perguntou.

Meus olhos já se encheram de lágrimas e falei baixo:

-Você escutou tudo?

-Escutei e não acredito que você mentiu esse tempo todo!

-Dona Remi, por favor eu preciso que você acredite em mim.- respondi.

-Acreditar em que? Você estava mentindo para o ser mais admirável dessa terra! E ainda quer que eu acredite em você?

- A senhora tem que me escutar... – disse me sentando na cama e colocando a mão no rosto. E continuei: ...eu conheci Michael em uma festa de celebridades. Na verdade tudo começou quando eu e Vanessa fomos em uma livraria e lá encontramos um convite para a festa, tentei devolve-lo mas a Miley nunca estava em casa e eles não me deixavam ter acesso a ela.

-Miley Cyrus? – ela perguntou seca trancando a porta.

-Essa mesmo! Então eu não sabia o que fazer com o convite e eu e Vanessa decidimos ir para essa festa. Lá acabei esbarrando em Michael. Desde pequena eu era apaixonada por ele e quando o vi foi como se fosse um sonho. Acabei dizendo que era famosa só para poder ficar com ele, eu tinha medo dele não me aceitar como uma mulher normal. Então menti... – respondi não conseguindo encara-la.

- Michael iria te aceitar do seu jeito. – ela respondeu se aproximando de mim.

-Agora eu vejo que ele me aceitaria...mas eu tinha medo. Quando o conheci fiquei apenas admirada, minha primeira intenção era apenas se aproximar dele...eu até namorava com um cara na época e Michael sabia. Nós ficamos nos encontrando e eu morria de medo em perde-lo. Eu jamais pensava que um dia poderíamos ser mais que amigos, e quando isso aconteceu... – não consegui mais falar e cai no desespero me lembrando de tudo que passamos juntos. Dona Remi tinha um coração de mãe, logo veio me abraçar e disse que acreditava em mim.

- Eu não sei mais o que fazer...todas as vezes que crio coragem para dizer olho para dentro dos seus olhos e não tenho mais coragem para nada. – eu disse.

- Você não pode viver nessa mentira, conte para ele a verdade..talvez o magoe mas se ele te ama de verdade vai te perdoar. Você só precisa falar a verdade...nunca é tarde para dizer a verdade! – Dona Remi respondeu enxugando minhas lágrimas e me beijando no rosto. Ela naquele momento estava sendo uma mãe para mim, estava ao meu lado e me orientando.

-Eu vim aqui porque Michael está te chamando a família dela já está quase lá embaixo. – ela falou.

-Não vou descer! Não vou ter coragem de encara-lo e muito menos a sua família. Vou dizer que estou doente...

-E mentir de novo? Não faça isso criança... – Dona Remi falou pegando em minha mão.

-Por favor não conte nada para ele Dona Remi, eu mesma contarei tudo. – eu disse indo para o banheiro lavar o rosto.

-Pode confiar em mim, eu torço por vocês dois. Agora eu tenho que descer se não daqui a pouco Michael acaba subindo aqui. – Dona Remi disse me dando outro beijo e saindo do quarto. Fechei a porta e fiquei me olhando no espelho, meu rosto estava todo vermelho e os meus olhos bem pequenos.

Desci as escadas ainda segurando o choro e com um nó na garganta. Escutei algumas gargalhadas vindo da sala de piano e fui ate lá. Abri a porta com um pouco de vergonha e vi a família de Michael reunida em volta do piano e Prince tocando algumas notas. Quando se deram pela minha presença todos ficaram em silêncio e Michael veio rindo em minha direção.

-Pessoal essa é Camila, acho que você já conhece ela mamãe...Janet você também. – Michael disse pegando em minha mão. Cumprimentei a todos e percebi uma boa energia vindo deles. Todos pareciam estar muito felizes, um dos irmãos de Michael perguntou :

-Quem é ela? Uma garota muito bonita...

Michael deu um beliscão no irmão ao perceber que eu tinha escutado.

-Tire os olhos dela ok? – disse Michael brincando.

-Ok, ok. Já entendi tudo... – o seu irmão respondeu de volta.

Eu me dei super bem com a sua família, falamos de coisas como futebol, crianças, casamento, desastres naturais...e tantas outras coisas. Eu sempre participava das conversas mas sempre quieta e envergonhada. Apesar de terem sido uma família polêmica e com problemas eles pareciam ser normais e felizes.

Michael não tirava o olho de mim e isso me deixava com o coração saindo pela boca.

- Amor me espera lá fora, quero falar com você. – disse Michael. Levantei e pedi licença a todos, fui até a cozinha e saí pela porta dos fundos. Michael subiu para o seu quarto e abriu uma gaveta e de dentro das roupas tirou uma caixinha. Abriu e ficou observando por um momento o anel de compromisso que tinha comprado para mim.

Enquanto isso fui até o jardim que costumávamos nos encontrar, era um jardim cercado de plantas e rosas e dificilmente as pessoas nos viam dali. Olhei para a entrada de Neverland e vi que tinha um carro buzinando para entrar, pensei que fosse algum outro membro da família Jackson e me sentei no banquinho de costas para a entrada esperando Michael.

Não era nenhum outro membro da família Jackson.

-Bom dia senhora Genevive! – disse o porteiro olhando para o carro. Genevive abriu o vidro e foi logo dizendo:

-Por favor, não quero ser anunciada. Preparei uma surpresa para Michael e a família dele já está sabendo. – Na mesma hora o porteiro abriu o portão e o seu carro entrou. Genevive estacionou o carro perto de uma árvore, longe da casa desceu do carro com uma câmera fotográfica.

No jardim, Michael chegou sorrindo e me abraçou. Olhou para mim que estava com o olhar distante e perguntou:

-Você estava chorando amor?

-Eu queria falar uma coisa com você, uma coisa que eu já devia ter dito há muito tempo... – respondi com os olhos cheio de lágrimas. Michael não gostava de me ver por isso me abraçou e me beijou na mesma hora. Senti suas mãos em volta da minha cintura e o gostinho de hortelã na sua boca. Quando fomos nos sentar ainda se beijando, Michael se desequilibrou e nós dois caímos na grama. Soltamos uma gargalhada juntos e Michael se deitou na grama.

Genevive escutou os risos e tentou ver de onde eles vinham...quando olhou para frente viu eu e Michael nos beijando sentados na grama. Em seu olhar transparecia ódio e inveja. Ela não perdeu tempo e se posicionou atrás de algumas plantas e começou a tirar fotos. Eu e Michael nos deitamos na grama e ficamos olhando para as borboletas e para o céu. Deitei em seu peitoral e trocamos carinhos e beijos. Cada beijo era doce e diferente um do outro. Michael adorava quando eu alisava o seu cabelo, por isso se deitou no meu colo e ficamos trocando alguns olhares. Escutávamos apenas o som dos passarinhos e o barulho do vento nas folhas. Depois de alguns minutos deitados, levantamos e nos sentamos no banco.

-o que queria falar comigo amor? – perguntou Michael alisando a minha mão.

-Bem...-respirei fundo e continuei:...Michael lembra quando nos conhecemos?

-Lógico que lembro, eu nunca vou esquecer. Você estava tão linda...desde que te conheci eu senti que você era a pessoa certa na minha vida. – disse Michael pegando em meu queixo e me beijando.

Enquanto tudo isso acontecia Genevive registrava cada momento e sua intenção era uma das piores possíveis: vender as fotos para uma revista.

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Meninas queria dizer que estou muito feliz de postar este capítulo e de receber o carinho de todas vcs! Fiquei um pouco distante mas estou de volta...e nunca esqueci de nenhuma de vcs! Espero que gostem desse capítulo e me perdoem se tem algum erro, escrevi muito rápido para não deixar vcs mais um dia sem ler.....beijosssssss!

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Leele escreveu:ai que ridicula essa mulher,
ela deixa o filho sozinho na praia e ainda acha que o Mike é perigoso !
que raiva que me deu, tadinho desse bebê ser criado por uma pessoa assim..
quero nem mais lembrar disso, só do divertimento com as crianças que foi a parte mais legal, o Blanket era mesmo uma gostosura de bebê, dá vontade de apertar aquelas bochechas e ainda continua lindão (claro né, é a cara do pai)
dormir juntinhos de novo? ta acostumando muito bem isso sim =D
porque ultima noite? será que vem briga pela frente? será que é por causa da mentira da camila?
Ai meu Deus, tomara que seja engano esse sentimento dela!


Leele, tentei escrever esse capítulo pra mostrar mais ou menos o que Michael sentiu, concerteza ele sofreu muuuuuiiito mais. Muitas vezes mesmo sendo um momento triste é bom refletirmos tudo o que nosso anjo passou. Graças a Deus a justiça prevaleceu, e a verdade foi mostrada para o mundo!
Ai, Blanket é mesmo uma gostosura não é? kkkkkkkkkkkk, acho ele a cara do pai! Quando crescer vai arrasar corações, ushuahsuhausha
Camila se acostumou em ter Michael ao seu lado e realmente será sua última noite.
Beijinhos linda, te amo.

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Aline Joseph escreveu:Mila minha amada amiga!!!!!!...Nossa mais que fofa vc postando uma fic!!!!Pelo menos não é melequenta como a minha ne miga??KKKKkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.....
Minha linda...Estou super,mega power ranger atrasada miga..Mas sempre que der eu estarei aqui com vc ta???Vc sabe o qto é corrido pra mim...Mas quero mesmo dizer pra vc uma coisa...Continue sempre fazendo sua parte,sonhando o sonho mais lindo que exista dentro de vc..Nunca desista amiga...Vc tem seu jeitinho especial de escrever,cada uma tem o seu, e todas nos somos eternas sonhadoras....
Quero dizer pra vc largar esse vacudo do Ted,ta?Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.E correr pro nosso lindo anjo Mike....kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.......
Minha linda..Queria te agradecer por ser tão especial pra mim..Vc tem sido uma amiga como poucas e eu a amo demais....Vc não esta sozinha não,ok???Estamos nessa miga....Continue a sonhar sempre com nosso anjo lindo que sua fic esta linda sim!!!Romantica,doce...Tem "Elevador Jackson" miga??Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk..Parei,parei...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Miga,vc é um presente de Mike e Deus na minha vida..Amo vc e muito Mike na vidaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa..Obrigada sempre por tudo ta miga linda que amo???Bjs mil no seu coração e muitas saudades miga.Olha linda,quero aproveitar pra dizer que meu pc esta mesmo horrivel,e que nao consigo responder no orku..aff..Mas nunca pense que te esqueci viu???AMO VCCCCCCCCCCCCC


Ai meu Deus! Entrei em choque quando vi seu nome aqui migaa! Vc não sabe o quanto eu fiquei feliz, kkkkkkkkkkkkkkk meu coração até disparou! kkkkkkkkkkkkkkkkk Foi o presente do dia ver seu recadoooo! Vc sabe que te amoooooo né? Não tem nenhum problema se vc tá atrasada miiiga, sei o quanto vc não tem tempo! Esses dias não pude postar tbm...o tempo parece que nos domina!!
Minha fic não é melequenta não tá? kkkkkkkkkkkk, é mais uma coisa romântica e engraçada. kkkkkkk, ri de mais com Ted VACUUUUUUUUDO! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, eu sou mais o nosso LINDUUUUUDO tá? obrigada por ser tão especial para mim e tbm por ser um presente em minha vida. Eu te amooooooooooo mais e mais a cada dia. Fica com Deus. Bjos

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Maria Cecília Bad escreveu:I LOVE YOU TOO MILA!!


Eu te amooo mais! I love you

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Maria Cecília Bad

avatar
Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
Amei o cap. 100 comentários!!!!

Tatyka

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
Não se preocupe Mila seu capitulo está perfeito, aliás como sempre, amei querida bjs.

Lulu Jackson

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
Millaaaaaaamei esse capítulo...pena que a fic tá já acabando *_*

Posta mais maninha!

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Maria Cecília Bad escreveu:Amei o cap. 100 comentários!!!!


Obrigada Mary! Vc é um anjoooooo! Eu te amooo

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Tatyka escreveu:Não se preocupe Mila seu capitulo está perfeito, aliás como sempre, amei querida bjs.

Taty meu amoooor! Sabe que a cada dia te amo mais e mais né?
Obrigada por estar aqui e por está amandoooooooooo! Eu te amo *-*

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Lulu Jackson escreveu:Millaaaaaaamei esse capítulo...pena que a fic tá já acabando *_*

Posta mais maninha!


maninhaaa! Coisa linda!
Sabe que te amo né? Obrigada por estar aqui na fic, vc é essencial!
Infelizmente a fic está acabando sim....foi tudo tão bom
Te amo

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Meninas eu queria comunicar que devido as regras do forum a fic está acabando...então passei esses dias escrevendo bastante, tenho certeza que vcs vão amar os próximos capítulos! Vcs estão no meu coração....

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable

Continuação....

Fiquei tentando criar coragem para dizer e segurando forte a sua mão.

-Michael! Michael! – escutei alguém chamando-o. Olhamos para todo o jardim e vi que a mãe de Michael estava nos esperando na porta do jardim. Michael tentou se levantar mas segurei a sua mão e pedi para que ele ficasse.

-O Frank está no telefone, ele disse que é urgente. – Dona Kathe disse.

A expressão de Dona Kathe não era uma das melhores possíveis. O telefonema talvez fosse mais importante que o que eu tinha para dizer? Fiquei com essa pergunta na mente. Tentei entender e Michael saiu na frente acompanhado da mãe, e eu resolvi espera-lo no jardim.

-Acha que é algo muito importante mãe? Camila queria me dizer algo e tive que sair, eu também tinha algo importante para falar com ela. – Michael disse tirando do bolso a pequena caixinha com a aliança. E sua mãe e continuou calada.

Enquanto eu observava Michael indo embora com a sua mãe as lágrimas insistiam em cair. Tentei me acalmar um pouco dando uma voltinha pelo jardim e observando as enormes árvores.

Michael já dentro do seu quarto atendeu ao telefone:

-Frank!?

-Oi Michael. O assunto que eu queria falar com você deveria ser tratado pessoalmente, mas como era grave tive que te dar essa notícia pelo telefone. – respondeu Frank.

-O que aconteceu?

-A família Chandler conseguiu o que queria, como se não bastasse as audiências que aconteceram há alguns meses, você vai a julgamento. – Frank respondeu com uma voz triste.

Michael continuou calado e em seu rosto as lágrimas desciam. Uma das coisas que ele mais temia estava acontecendo, ele ia julgamento por mentiras que foram inventadas.

-Entendo como você deve estar man, tou ao seu lado e sempre estarei. Deus está ao seu lado... – disse Frank.

-Sei que está. A mentira que eles inventaram pode até correr alguns metros, mas a verdade corre maratonas! – respondeu Michael com uma voz fraca.
Depois de trocarem poucas palavras Michael desligou e se sentou na cama. Ele estava um pouco abatido, mas ao mesmo tempo rezava para que Deus providenciasse a justiça. Pouco tempo depois a sua família já estava sabendo de tudo e todos estavam lá embaixo silenciosos, enquanto as crianças foram brincar no parque com Grace para que não soubessem de nada.
Dona Kathe estava no quarto de Michael com ele, ela precisava dar apoio ao filho em um momento tão difícil.

Depois de mais calma me sentei no banco e fiquei esperando por Michael, mas meu coração dizia que algo de errado estava acontecendo e que Michael não estava bem. Não pensei duas vezes e fui para a casa. Genevive depois de fazer o trabalho sujo, entrou dentro do carro e foi para a entrada de Neverland.

-Já vai senhora Genevive? – o porteiro perguntou.

-Já, a surpresa ficou maravilhosa, mas tenho que ir tenho uma hora marcada no cabeleireiro. Tchau. – respondeu Genevive com a maior cara de pau.

Entrei em casa e percebi que todos estavam quietos e sentados sem falar nenhum piu. A expressão de Janet foi a que me deixou mais preocupada. Eles ficaram olhando para mim e eu sem entender perguntei:

-Onde está Michael?

Janet veio em minha direção e me abraçou. Fiquei sem entender o porque daquele abraço mas mesmo assim a abracei. Janet pediu para que eu a acompanhasse. A segui e ficamos uma de frente para a outra em frente a escada.

- O que está acontecendo aqui? – perguntei um pouco angustiada.

-Você precisa ser forte Camila, precisa estar ao lado de Michael... – ela respondeu segurando a minha mão.

-Pelo amor de Deus Janet, me diz o que está acontecendo?

- Michael recebeu uma ligação de Frank e foi decidido que Michael vai ser julgado. – respondeu Janet de cabeça baixa.

O meu coração estremeceu por dentro e comecei a chorar sem acreditar que tudo isso estava acontecendo. Janet com todo carinho me abraçou e enxugou as minhas lágrimas. Agora mais do que nunca Michael precisava do nosso apoio.

-Procure ficar calma querida... – Janet falava sem parar.

-Eles não podem fazer Michael sofrer dessa maneira, Janet. Onde está ele? Onde? – Eu disse subindo as escadas e quase esbarrei com Dona Kathe saindo do quarto de Mike. Ela olhou fundo em meus olhos e me abraçou. A sua expressão era de tristeza por estar tudo acontecendo.

-Ele está dormindo agora, ficou muito abalado. – disse Dona Kathe.

-Posso vê-lo? – perguntei. Ela respondeu que sim e abriu a porta do seu quarto para mim. Quando entrei Michael estava dormindo em sua cama e ao seu lado tinha uma Bíblia. Dona Kathe desceu e eu fiquei lá em cima esperando Michael acordar. Éramos tão ligados um ao outro que eu sentia dentro do meu coração a dor que ele estava sentindo, até a sua expressão dormindo era triste. Na minha mente eu nunca pensei que eu iria viver esse momento ao seu lado, era meu dever por amá-lo tanto dar forças para ele em nome de todas as pessoas que também o amavam. Era meu dever lhe fazer feliz e era meu dever também dizer a verdade. Dizer nesse momento em que ele estava vivendo? Apenas o iria magoar muito mais. Tudo isso passava por minha cabeça e me deixava horrível.

Me sentei ao seu lado na cama e delicadamente fiquei alisando o seu lindo rosto. E em meu coração eu dizia para mim mesma: Nunca vou te deixar meu amor, nunca! Algumas lágrimas caíam e eu logo tentava enxugá-las. Michael sentiu minha mão deslizando em seu rosto e despertou. Seus olhos se abriram e de lá desceu uma tímida lágrima ao ver que eu estava ali com ele. A lágrima caiu em seu travesseiro e logo outras foram descendo. Meu coração não agüentava vê-lo sofrer, era demais para mim.

-Estou aqui com você amor...- eu disse beijando sua face molhada.

Michael não conseguia falar nada, apenas tentava esconder seu rosto. Me deitei ao seu lado e o abracei, ficamos lá sem falar nada apenas sentindo um a presença do outro.

Ficamos sentados um olhando para o outro. Os seus olhos estavam pequenos e seu nariz vermelho. Abraçamos-nos e eu disse:

-Não sei nem o que te dizer amor...

-Apenas me beija. –respondeu Michael olhando para os meus lábios. Meus olhos se encheram de lágrimas ao ouvir aquilo e logo nossos lábios foram de aproximando. Senti seus lábios quentes encostando-se aos meus e sua respiração em minha face.

Nosso beijo foi meigo e cheio de muito amor. Eu passava as minhas mãos em seus cabelos enquanto sentia suas lágrimas caírem em meu ombro. Eu repetia em seu ouvido: eu te amo Michael, eu te amo!

-Não quero vê-la chorando. – Michael disse segurando o meu rosto.

-Choro, porque sinto dentro de mim tudo o que você está passando.

-Não quero vê-la assim por mim... – nos beijamos e ficamos abraçados por um longo tempo, era como se nossa alma fosse uma só.

-Tudo vai se resolver meu amor, eu te prometo! Não quero te ver abalado por que tantas pessoas te amam e vão te apoiar. – eu disse.

A sua face aos poucos foi se iluminando e já estava mais tranqüilo.

-Obrigada por me fazer tão bem... – ele disse encostando seu nariz em meu pescoço.

-Não precisa agradecer meu anjo, faço tudo isso porque te amo... – respondi me levantando da cama e segurando a sua mão.

-O que eles mais querem é ter ver trancado nesse quarto e chorando...vamos lá pra baixo! – eu disse levantando-o. Michael entrou no banheiro e deixou a porta aberta, foi até a pia e lavou o rosto. Fiquei observando-o enrugar o rosto na toalha e me lembrei daquelas fãs tinham a sorte de pegar a toalha que Michael enxugava o rosto no show, ri do meu pensamento e fiquei quieta sem falar nada. Descemos juntos e quando chegamos no último degrau soltei a sua mão, já era de costume não andarmos de mãos dadas perto das pessoas. Porém Michael pegou de volta minha mão e os nossos dedos se entrelaçaram. Na mesma hora sorrimos um para o outro e fomos para a sala. A família ao ver que Michael estava bem aparentemente tentou conversar sobre vários assuntos para tentar distraí-lo.


Enquanto isso Genevive estava dentro de uma daquelas empresas de tablóides.

- O que eu tenho para mostrar é muito valioso. – ela disse.

-Sinto muito senhora, mas a revista dessa semana já está completa. – respondeu o assistente.

-Tenho certeza que você não vai dizer a mesma coisa depois que ver essas fotos... – Genevive disse tirando a câmera da bolsa e mostrando foto por foto.

O assistente ficou sem palavras ao ver cada foto e chamou rapidamente o diretor da revista.

-Quanto a senhora vai querer pelas fotos?

-Nada! Só quero queimar essa garota... – ela respondeu rindo. O diretor da revista passou as fotos para o computador e examinou de perto cada uma, ele pareceu um pouco desconfortável ao ampliar uma foto minha sozinha no jardim.

-Alguma coisa errada? – Genevive perguntou.

-Na verdade eu tenho a leve expressão que conheço essa garota...Oh Deus! Eu conheço! – disse o homem quase gritando.

-De onde conhece ela? – perguntou Genevive.

-Ela namorou com o meu filho Ted...é Camila o nome dela. O que ela está fazendo com MJ? – ele perguntou.

-Então quer dizer que ela namorou com seu filho? Essa história está melhor do que eu pensava, conte-me um pouco sobre ela. – disse Genevive.

-Bem, ela e meu filho namoraram um tempinho...se conheceram no colégio. A sua mãe é separada do pai e ela mora com a mãe.

- E sobre a sua carreira de atriz?

-Carreira de atriz? Camila nunca foi atriz, ela terminou o colégio esse ano.

- Tem certeza?

-Absoluta senhora.

-Ótimo. Então você pode publicar as fotos com todas as informações que você sabe sobre ela, ainda hoje esse conto de fadas vai terminar. - Genevive disse dando um risinho falso.
-Obrigada senhora, ainda hoje vai cair na internet e nos jornais. – o homem respondeu enviando as fotos para e-mails de jornalistas e colunistas.

Genevive saiu sorrindo de lá e ainda disse: ” Agora preciso estar ao seu lado quando souber de tudo!” e entrou dentro do carro.

Enquanto a jararaca fazia seu trabalho sujo eu e Michael ficamos conversando um pouco até seus familiares irem embora. Janet pediu para que qualquer coisa eu ligasse para ela e para eu fazer campainha a Michael.
Fui até a cozinha para preparar um lanche enquanto ele estava brincando no sofá com as crianças. Como já estava escuro Michael e as crianças já estavam de pijama e de meia nos pés. Assim que cheguei na cozinha Dona Remi estava parada na frente da televisão, nem seus olhos piscavam.

Dei uma olhada no que ela estava vendo e me deparei com uma foto minha na TV. Logo embaixo da foto estava escrito: “Como se não bastassem os escândalos que o Rei do Pop está envolvido, agora ele está namorando uma garota de classe média que mora com a mãe em uma tí\"\"\"\"\"\"\"\" casa em Los Angeles, como será que o casal se conheceu?”

Os meus olhos não acreditavam no que viam, vi que tinha fotos de nós dois se beijando e deitados na grama do jardim. Já em outra nós estávamos de mãos dadas um olhando para o outro e sorrindo. Dona Remi percebeu a minha presença e veio andando de cabeça baixa em minha direção.

-Você contou a verdade para ele?

Eu apenas balancei a cabeça em sinal negativo e comecei a chorar desesperadamente. Senti um aperto em meu coração e as palavras não queriam sair da minha boca, era como se eu tivesse sido acordada de um sonho. Enquanto Dona Remi me abraçava as lágrimas desciam e eu tremia de tanta angústia.

- O que eu faço agora? O que faço agora Dona Remi? – eu perguntei caindo no chão aos prantos.

-Calma criança, você vai contar tudo agora para Michael...ele vai te entender.

-Não, não vai. Eu não posso chegar com essa notícia agora, ele já está sofrendo muito por causa do julgamento!

-Camila, me escuta. – Dona Remi disse me levantando do chão e continuou: -...é melhor você contar agora do que ele ficar sabendo pela mídia, vá.

Dei uma última olhada na televisão e enxuguei as lágrimas. Eu tinha que dar um ponto final nas mentiras como eu poderia ter chegado tão longe? Abri a porta da cozinha ainda chorando e vi Michael brincando de quebra-cabeça com seus filhos, com eles Michael esquecia de tudo e de todos, com eles Michael estava em paz. Acabei fazendo barulho quando fechei a porta e Michael me viu. Nos olhamos por alguns segundos e ele viu que eu estava chorando, quando o vi vindo em minha direção fechei os olhos e respirei.

-Você está bem amor? – ele perguntou passando a mão em meu rosto. Eu não respondi nada, fiquei olhando para o chão, pois não tinha coragem de encará-lo.

-Está chorando? Porque está chorando? – ele perguntou enxugando as minhas lágrimas. Na mesma hora o abracei e senti o seu perfume, era um cheiro doce e ao mesmo tempo suave. Beijei o seu pescoço e perguntei:

-Podemos conversar?

-Claro, vamos para o meu quarto. – Mike disse pegando em minha mão. Subimos as escadas juntos sem falar nada. Michael abriu a porta do seu quarto e esperou que eu entrasse. Meu coração batia com toda força e o meu corpo tremia. Michael se encostou na porta e colocou as mãos no bolso e ficou esperando eu falar.

-Amor, tem uma coisa que eu tenho que te falar...

- O que? Você pode me falar, estou aqui para te escutar.

Comecei a chorar de novo e tentei falar algumas palavras. Michael disse segurando em meu queixo:

-Se acalma amor, assim não entendo nada do que você está falando.

Enxuguei minhas lágrimas com a minha blusa e continuei:

-Michael eu menti para você, eu menti...

-Mentiu? – Michael perguntou sem entender.

-Sim...eu menti quando nos conhecemos. Eu não sou nenhuma atriz, eu sou uma garota normal. Eu menti porque te amo Michael, tinha medo de você nunca me aceitar por ser eu mesma.

Michael abaixou o olhar e perguntou:

-Como você foi para aquela festa?

-Eu e Vanessa achamos um ingresso no chão...tentei devolver a dona mas não tinha acesso a ela. Fiz tudo sem pensar...- eu disse e não consegui terminar de falar chorando.

-Então quer dizer que tudo era mentira? – ele perguntou ainda olhando para o chão.

-Não! O que sinto por você é verdadeiro eu só menti quando te conheci...em todos os nossos momentos juntos eu fui sincera!

-O amor não pode ser construído por meio de mentiras... é um sentimento muito verdadeiro e forte.

-Você não pode duvidar do meu amor por você... – respondi segurando suas mãos.

-Ultimamente muitas pessoas estão traindo a minha confiança... não pensam nos meus sentimentos e mentem. Nunca achei que você fosse capaz...me abri completamente com você, te trouxe para morar comigo...e o mais importante me apaixonei por você. Acreditei em cada palavra sua...- Michael disse com o rosto sério.

-Eu quis te contar antes...mas não tinha coragem.

-Mas teve coragem de mentir para mim? – respondeu Michael com uma voz suave.

-Por favor, me perdoa Michael... me perdoa fiz tudo por amor. – eu disse chorando.

-O amor é verdadeiro Camila...nunca mente. Tente se colocar no meu lugar...vou ser julgado nos próximos dias por uma mentira! E você esteve este tempo todo aqui escondendo isso de mim? Eu jamais iria te julgar por não ser atriz. – Michael disse com os olhos cheios de lágrimas. Dentro de seu coração ele sentia que agora não poderia confiar em mais ninguém...que acreditou demais no amor. Michael além de tudo era um ser humano e estava magoado.

-Eu errei..mas só Deus sabe o quanto eu estou apaixonada por você. Nem se quer minha família sabe...escondi isso deles também. – eu disse colocando a mão no rosto ao ver que de seus olhos caiam uma lágrima. A sua expressão era a mais triste que eu tinha visto.

-Eu não quis te magoar... eu digo isso do fundo do meu coração, tudo que a mídia está dizendo é mentira.

-A mídia? – ele perguntou ligando a televisão. Os seus olhos também não acreditavam no que estava vendo. Michael desesperadamente passou por todos os canais e as nossas fotos estavam em todos. Ele desligou e suspirou fundo.

-Eu não sei como tiraram essas fotos...não sei como entraram aqui. – eu disse me aproximando dele, porém Michael virou de costas e ficou olhando para a janela.

-A mídia já está sabendo de tudo...olha onde sua mentira foi parar Camila. – ele disse colocando a mão no rosto. Em nenhum momento tínhamos gritado ou falado mal com o outro, apesar de tudo tínhamos respeito um pelo outro.

-Não quero mais sofrer, já fui enganado tantas vezes. Parece que as pessoas tem o desejo de me magoar a cada dia...a mídia virá atrás de mim e de você, e será melhor nos distanciarmos. Vai ser melhor para mim e para você... – Michael disse com o coração partido ao me ver cair no choro.

-Michael eu não quero que pense que eu estava interessada em nada seu...nunca estive. Para mim você é apenas um ser humano, eu sei de suas limitações...mas e o amor que sentimos um pelo outro? – perguntei.

Michael me olhou fundo e vi que dentro de seus olhos uma lágrima ameaçava cair. Respeitei o seu silêncio e saí do seu quarto. O seu coração pediu para que ele fosse atrás de mim, mas a dor era grande demais. Fechei a porta e me encostei nela, eu tinha a esperança de que ele viesse atrás de mim. Michael também se encostou do outro lado da porta e começou a chorar, ele era um ser humano muito sensível. Apenas a porta nos separava e sentíamos a presença um do outro, mas eu mesma não me perdoava por estar fazendo - o sofrer ainda mais, por isso me levantei e fui até o meu quarto. Peguei a pequena mala que eu tinha feito e joguei todas as minhas roupas, me certifiquei de que não estava levando nada dele e desci as escadas. As crianças ainda estavam brincando na sala, não tive coragem de falar com eles e fui até a cozinha. Dona Remi estava atendendo um telefonema de Frank e ao me ver com a mala e chorando, disse que avisaria a Michael que ele tinha ligado, e desligou.

-Vou embora Dona Remi. – eu disse soluçando.

- Ele está sabendo de tudo criança?

-Está...e ficou muito magoado. Eu o entendo, eu errei...não devia ter mentido se eu realmente o amasse. Não deixa ele sozinho esta noite Dona Remi, ele vai precisar de uma campainha. – eu pedi.

-Tudo bem querida, as coisas vão se acertar confie em mim.

-Acho que não...eu não queria ir pela porta da frente, as crianças estão brincando lá e não tem nada a ver com isso, posso sair por aqui? – perguntei.

Dona Remi me levou até a saída de Neverland e de lá pedimos um táxi. Entrei no táxi e vi que eu estava com o colar que Michael tinha me dado. Desci do táxi e disse:

-Dona Remi, por favor entrega isso para Michael. Isso não me pertence mais. – e voltei para o táxi. Dona Remi voltou para a casa com o colar na mão enquanto eu fui para a casa da minha mãe.

O taxista durante o trajeto perguntou se eu não queria um lencinho para enxugar as lágrimas, ele tinha sido muito bondoso comigo, agradeci e logo cheguei na minha casa.

Enquanto isso Michael se levantou e abriu a porta a fim de me encontrar, correu até o meu quarto e todas as suas esperanças sumiram quando viu que o quarto agora estava vazio. Dona Remi que estava subindo as escadas e o viu saindo do meu quarto disse:

-Ela pediu para que eu te entregasse, isso não pertence mais a ela. – e colocou o colar na sua mão. Michael ao abrir viu que era o colar que ele havia me dado e se lembrou das lindas palavras que havia me dito naquele dia: “ Eu sou o seu anjo!”. Seus olhos mais uma vez se encheram de lágrimas e Dona Remi o abraçou


http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Tatyka

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
Aiii que triste...mais eu tenho certeza que o amor vai falar mais alto.
amando posta mais

Maria Cecília Bad

avatar
Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
AHHHHHHHHHH!!!!
Perfeito!! Cap. maravilhoso!!!

Carolina Jackson

avatar
Membro Star
Membro Star
aaaiiinn mana
Xoreeeeei aquiii
Choreei mesm
Pecaoood deles
e essa coiiiiiiiisa nojeenta aaa qe ooooooooodiioo
Kkkk o Surto meu ake UHAUHA
Maninha Contiinua amor.te amooo

http://carolmj.tumblr.com/

manu joseph

avatar

Fã
Mila posta mais to adorando
____________________________

Lulu Jackson

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
Millaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, fiquei passada com o que aconteceu mas acredito que o amor vai voltar atrás e tudo vai ficar como era antes .............

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capítulo XXXVIII


Dona Remi tentou conforta-lo e disse:

-Você pode ir atrás dela amanhã... olha bem para você, está cansado. Eu sei que no fundo você não queria que as coisas terminassem desse jeito. Camila estava decidida a te contar isso hoje...

-Eu não sei mais de nada Dona Remi... – ele respondeu colocando o colar no seu bolso.

-Você sabe sim! Você a ama criança! As pessoas não são perfeitas...ela errou mas está arrependida isso é o que realmente vale!

Michael foi para seu quarto e se sentou na cama, lembrou de cada beijo e de cada carinho que trocamos, de cada palavra que falei e de cada olhar...realmente o que sentíamos um pelo outro não poderia terminar assim. Michael resolveu dormir com as crianças para não sentir a minha falta, os quatro dormiram na enorme cama de casal um abraçadinho com o outro.

Enquanto isso eu estava nos braços da minha mãe contando toda a verdade, minha aparência estava horrível de tanto chorar.

-Eu o amo mãe! Eu o amo...não posso ignorar esse amor. Se você soubesse cada momento lindo que passamos... – eu disse me sentando no sofá.

-Filha, isso é muito confuso. Vocês são totalmente diferentes...olha bem para e você e para ele? Não pode dar certo... – minha mãe disse me abraçando.

-Mãe! Por favor acredita no meu amor por ele! Olha para essas fotos...acha que íamos nos olhar dessa maneira e nos beijar desse jeito se não nos amássemos de verdade? – perguntei me deitando em seu colo.

-Filha, procure se acalmar. Se os seus corações traçaram um destino juntos, tudo vai se resolver. Vai demorar um pouco para eu me acostumar com essa idéia, porque não me contou? – mamãe perguntou beijando a minha testa.

-Tinha medo de perdê-lo... De acordar desse sonho da maneira que acordei. – respondi bebendo um pouco de água. Nós duas subimos para o seu quarto e dormimos juntas. Eu estava tão cansada devido a tudo que tinha acontecido que acabei pegando no sono rapidamente. Tanto a minha noite como a noite de Michael foi tranqüila.

Michael acabou acordando um pouco cedo pois hoje mesmo ele teria de comparecer a corte. Mesmo com outras coisas acontecendo ele não tirava o pensamento de mim. As crianças o confortavam sempre mas Mike sentia a minha falta, já a caminho da corte Michael comentou com Frank:

-Minha família já deve estar sabendo de tudo...

-Já sim Mike, hoje pela manhã seu pai me ligou para saber se esses boatos eram verdadeiros. Camila vai te encontrar na corte? Acho muito arriscado ela vir...talvez só piore. – disse Frank.

-Eu e ela não estamos mais juntos... – disse Michael de cabeça baixa.

-Como assim? Vocês terminaram por causa de uma mentira?

-Uma mentira que fez com que a confiança que eu tinha nela desaparecesse! Não vamos falar mais nisso... – retrucou Michael.

-Tudo bem... se você não quer falar não falamos, mas como seu amigo tenho o dever de dizer você vai precisar das pessoas que te amam do teu lado, eu tenho certeza que ela gostaria de estar aqui com você...ela pode ter mentido por medo ou por qualquer outra coisa...mas ela te ama. – disse Frank gesticulando com as mãos.

Michael olhou atentamente para cada palavra dita por Frank e não falou mais nada até chegar na corte. Assim que desceu do carro muito dos fotógrafos não perguntavam mais sobre o julgamento e sim sobre mim. Michael não falou nada e entrou.

Do outro lado da cidade eu tinha acabado de acordar e estava tomando café na mesa apenas com mamãe, pois Higor já estava na escola. Passei a manhã inteira implorando para mamãe deixar eu assistir Michael ao vivo na corte. Depois de implorar e chorar muito ela acabou ligando a tv. Os fãs estavam fora da corte demonstrando o maior apoio a Michael e acompanhando cada resultado pela rádio. Eu não conseguia me controlar, meu coração pedia para estar ao seu lado e eu estava aqui sentada no sofá da minha casa acompanhando tudo pela tv.

-Filha, se você assistir só vai piorar as coisas... falei com Vanessa e ela vai te levar para dar uma volta ok? – mamãe disse passando a mão na minha cabeça. Na mesma hora a companhia tocou desesperadamente e eu saí correndo para atender.

Assim que abri a porta vieram enormes flashes em minha direção e eu não enxerguei mais nada fiquei completamente tonta. Vanessa entrou em casa e fechou a porta.

-Vocês deviam chamar a polícia! – Vanessa exclamou em abraçando.

-Desde quando estão aí? – minha mãe perguntou.

-Não sei bem..mas acho que desde que começou o julgamento, eles não param de perguntar se você vai amiga...e afinal como você está?

-Como acha que estou? Ele não me perdoou, tudo por causa de uma loucura que fizemos juntas! – respondi.

-Tudo vai se resolver... confie no amor. – ela respondeu de volta.

-Estou cansada de ouvir isso das pessoas! “Tudo vai se resolver!” Vocês não sabem o quanto está sendo duro para mim saber que o perdi...- respondi chorando.

-Não o perdeu! Nunca mais fale isso! Você tem que ser perseverante Camila, chega de pensar no pior! – Vanessa respondeu séria.

O pior era que ela estava certa, eu tinha que confiar em mim mesma e vencer tudo o que estava passando. Eu não podia deixar com que cada momento nosso virasse apenas boa lembrança, teria que virar eternidade. Subi para o meu quarto para ficar um pouco sozinha, eu precisava colocar a cabeça no lugar. Fiquei um pouco na varanda do meu quarto observando os fotógrafos que estavam ao redor da minha casa e depois me deitei na cama. Rezei para que tudo desse certo e que o sofrimento de Michael acabasse logo. O julgamento durou quase o dia todo e apenas no final da tarde saiu o resultado: Michael tinha sido absolvido!
Quando eu soube do resultado gritei agradecendo a Deus por toda a força que Michael havia recebido. Os fãs lá fora gritavam e choravam ao ver Michael saindo com sua família sorrindo e muito feliz. Eu acompanhando tudo pela TV sorria e ao mesmo tempo chorava por tudo ter dado tão certo e pela verdade ter vencido. Dentro do meu coração eu imaginava o quanto Michael devia estar feliz por ter mostrado ao mundo a verdade. Michael como forma de agradecimento aos fãs, subiu em cima de sua limusine e acenou para todos, para o delírio dos fãs e de todas as pessoas que estavam em volta da corte. Meu coração pulava e ao mesmo tempo estava mais tranqüilo em saber que uma grande dor de Michael não existia mais. Os fotógrafos ainda continuavam lá em casa implorando que eu desse uma entrevista, minha mãe já não tinha mais a paciência para ficar escutando a campainha tocar, por isso tentou espanta-los dizendo que eu não daria nenhuma entrevista e que eles iam perder seu tempo.

Michael ao sair da corte foi com seus familiares e amigos íntimos para Neverland. Lá ofereceu um simples jantar para agradecer e comemorar com todas as pessoas que o apoiaram e que acreditaram na justiça. Enquanto todos jantavam Michael continuava com o pensamento distante pensando em mim, muitas perguntas rodeavam em sua cabeça: Como será que ela está? Será que ela sabe que fui absolvido?...essas e outras perguntas não saiam de sua cabeça, seu coração sentia a minha falta.

Eu queria falar com alguém que pudesse me dar notícias de como exatamente Michael estava, então acabei ligando para o telefone de Neverland. Eu tinha medo de que alguém atendesse e desligasse na minha cara, mas para minha sorte quem atendeu foi Dona Remi.

-Dona Remi? - perguntei reconhecendo a sua voz.

-Camila, minha filha? Eu não acredito!

-Sou eu mesma, liguei para saber como Michael está...

-Ah criança, ele está muito feliz...você sabe o quanto ele esperava por esse momento não é mesmo? Às vezes ele fica pensativo ou aéreo... tenho certeza que é pensando em você. E você como está?

-Imagino o quanto ele deve estar feliz. Eu continuo na mesma coisa...rezo tanto para que possamos voltar. Ele é essencial na minha vida Dona Remi, penso nele a cada minuto. Eu desejei tanto estar ao seu lado hoje...tive que acompanhar tudo pela televisão. Meu coração fica mais confortável ao saber que ele está bem...que Deus o abençoe.

- Imagino como você estar criança, Deus fará o melhor para vocês, tenho certeza.

Agradeci e desliguei o telefone um pouco mais tranqüila. Higor até tentou me animar um pouco me chamando para jogar vídeo game...mas infelizmente tudo lembrava Michael e eu voltava a ficar quieta e pensativa.

O jantar entre amigos e familiares não demorou muito pois Michael precisava descansar um pouco devido ao dia super lotado. A maioria das pessoas foram embora e Michael e Frank levaram Dona Kathe e toda a família até a porta de Neverland. Toda a sua família já estava sabendo que não estávamos mais juntos porém não queriam se intrometer no assunto, pois era algo muito pessoal e só nós dois poderíamos resolver. Dona Kathe ao entrar no carro apenas disse para Michael:

-Meu filho, dê ouvido ao seu coração...pense em você e não no que os outros vão pensar. Eu te amo. – e fechou a porta do carro. Michael balançou a cabeça e acenou para alguns fãs que estavam no portão de Neverland. Uma louca pulou o muro e saiu correndo em direção e Michael. Ela o abraçou com toda força e gritava:

-Michael! Casa comigo! Casa comigo! Eu te amo....AAAHHHH.

Michael a abraçou com muito carinho como sempre faz com as fãs e ria da pergunta que a moça fazia. Um de seus seguranças tentou tira-la de lá, porém Michael disse que estava bem e que ela poderia tirar fotos e ganhar autógrafo. Enquanto Michael assinava na sua blusa a fã pegou em seu rosto e o beijou na boca. As outras pessoas que estavam no portão gritavam loucamente ao ver a cena. Michael virou o rosto e a abraçou rindo, ele sempre queria demonstrar carinho pelos seus fãs principalmente neste dia, ele já estava acostumado de ganhar selinhos e beijos de suas fãs.

A garota passou a mão no seu cabelo e gritava, tentou beija-lo novamente mas Frank chegou e disse debochando:

-Ok gatinha! Já chega...assim você deixa o rei do pop surdinho. Pose para última foto!

Michael riu do que Frank falou e eles tiraram a última foto, antes dela ir Michael perguntou:

-Qual seu nome?

-Maria! Eu te amoooooo Michael! – a menina respondeu beijando a sua mão.

-Ok Maria, aqui está o seu autógrafo. Obrigado pelo carinho. – Michael disse a abraçando.

A fã saiu satisfeita de lá, afinal além da foto e do autógrafo, tinha beijado Michael Jackson.

-Eu jurava que ela não ia mais te largar, essas garotas sempre se aproveitam. – retrucou Frank. Michael riu e concordou, mas para ele isso apenas significava um carinho dos fãs.

Michael voltou sozinho para casa, pois Frank já tinha ido embora. As crianças estavam esperando o pai para colocá-los para dormir. Todos subiram para o quarto e lá Mike leu algumas histórias para as crianças dormirem e quem acabou dormindo foi ele. Dona Remi foi até o seu quarto e ao perceber que ele não estava lá foi até o das crianças. Michael estava dormindo na cama com os filhos e com um livro na mão. Dona Remi o acordou e disse que ele ia descansar melhor dormindo no seu quarto.

-Descanse bastante essa noite criança... Amanhã será um novo dia. – Dona Remi disse abraçando-o.

-Obrigada por toda força que você me deu e que continua a me dar... Eu te amo Dona Remi. – Michael disse colocando as mãos no bolso.

-Não precisa agradecer, apenas agradeça a Deus por cada um de nós... Enquanto você estava jantando Camila ligou. – Dona Remi disse e logo Michael perguntou:

-Como ela está?

-Não vou mentir criança...mas ela chorou muito no telefone. Ela queria saber como você estava e disse que está feliz em saber que você foi absolvido...ainda disse que queria muito estar ao seu lado hoje de manhã. A voz dela era tão triste Mike... - ela respondeu e Michael abaixou a cabeça e disse:

-Pensei nela o dia todo...eu também queria ela ao meu lado, na verdade ainda quero.

-Você sabe o que fazer para ter ela novamente...agora vou dormir, boa noite. – Dona Remi disse se despedindo. Michael se deitou sozinho na cama e ficou olhando para a lua que refletia no espelho. Eu também da minha cama olhava para essa mesma lua pensando nele e disse com os olhos cheios de lágrimas: “ Boa noite Michael!”.
Era como se ele tivesse me ouvido pois ele disse fechando os olhos: “ Boa noite Camila.”

Algumas vezes acordávamos no meio da noite pensando que tudo tinha sido apenas um simples pesadelo e para angústia de nossos corações tudo era realidade. Mesmo assim a noite passou rápido e logo que amanheceu eu já estava acordada. Arrumei o café para a minha mãe e esperei ela acordar. Assim que ela acordou todos nós tomamos café como nos velhos tempos quando eu morava lá. Agora poucos fotógrafos estavam na nossa porta e eu consegui ir até o jardim pegar as correspondências, muitos deles se aproximavam de mim fazendo mil e uma perguntas mas eu continuava em silêncio.

Já Michael tentou dormir até tarde mas as crianças não deixaram, elas estavam loucas para passar o dia brincando com o pai, pois hoje era sábado e elas não tinha aula. Michael se levantou ainda com sono mas foi brincar com as crianças no jardim depois do café. Tanto eu quanto Michael tentávamos nos divertir um longe do outro e muitas vezes conseguíamos pois tínhamos pessoas maravilhosas ao nosso redor que tentavam nos fazer felizes.

O dia passou tão rápido que eu nem percebi pois sempre eu estava ocupada ajudando mamãe na cozinha. De noite me sentei no sofá e liguei a televisão a fim de assistir algum filme, mas ao ligar vi a seguinte frase: “ Michael Jackson fará show em homenagem aos seus fãs, o show será gratuito e será cobrado apenas um quilo de alimento na entrada.” Meu coração quase saiu pela boca e comecei a gritar pela sala, telefonei para Vanessa pedindo que ela viesse para minha casa. Assim que ela chegou eu disse:

-Michael vai fazer um show beneficente... É a única chance de vê-lo!

-Você tem certeza que quer ir?- ela perguntou rindo.

-É lógico que sim, vou trocar de roupa. – respondi subindo as escadas. Coloquei uma calça básica e uma blusa roxa e calcei sapatilhas, como meu estilo de sempre. Soltei o cabelo e coloquei uma maquiagem leve no rosto.

-Mãe! Eu e Vanessa vamos sair! – eu disse.

-Que bom filha, você vão para onde? – ela perguntou.

-Eu estou indo para o show de Michael, quem sabe lá eu consigo falar com ele?

-Que Deus te proteja filha...se cuida. – Mamãe disse me abraçando e logo entramos no táxi. Michael já estava no local do show se arrumando e aquecendo a voz. Assim que chegamos demos de cara com uma fila enorme que ia até o outro quarteirão.


-Ai não acredito que vamos ter que esperar nessa fila...assim eu nunca vou poder falar com Michael. – eu disse já com os olhos lacrimejando.

-Calma amiga...tenho certeza que vai andar logo. – Vanessa respondeu ficando de ponta de pé para ver se via alguém conhecido. A fila estava tão devagar que Michael entrou no palco e nós ainda estávamos lá fora esperando.

-Acho que não vai adiantar muito agente ficar esperando aqui, o show já começou e daqui que consigamos entrar já vai ter terminado... – Vanessa disse se sentando na calçada.

Meu coração disparou quando avistei de longe Frank observando alguns refletores do lado de fora.

-Vanessa! Frank é a minha salvação...vem cá. – eu disse puxando a sua mão e correndo em direção a Frank.

-Frank! Você salvou a minha vida! Por favor tem como eu falar com Michael? – eu perguntei enxugando as lágrimas que desciam.

-O que vocês estão fazendo aqui fora? O show já começou...- ele respondeu em abraçando.

-É eu sei..mas acho que chegamos tarde demais! – eu respondi de cabeça baixa escutando Michael cantar Human Nature.

-Nada disso...venham comigo! – Frank respondeu pegando na minha mão e passando por alguns seguranças. As pessoas que estavam na fila apontavam para mim me reconhecendo e gritavam.

-Elas estão comigo! – Frank disse para um segurança que entregou para cada uma de nós um crachá. Passamos por uma outra barreira de seguranças até chegar até a parte de trás do palco. Eu chorava agradecendo a Frank, eu estava sem palavras. Vanessa não acreditava que tudo isso tinha acontecido e que estávamos atrás do palco.
Frank olhou para mim e disse:

-Vocês podem esperar aqui. Quando o show terminar Michael vai estar aqui e aí vocês conversam ok? Agora eu tenho que voltar ao trabalho. – e desceu as escadas.

-Vanessa, eu não posso esperar esse show terminar...eu vou até lá. – eu disse indo em direção a parte lateral do palco.

-Você não pode fazer isso Camila, é melhor agente esperar aqui... – Vanessa disse segurando a minha mão. Olhei para frente e vi Michael cantando “She’s Out of my life” não agüentei o ver cantando aquela música, comecei a chorar e soltei a mão de Vanessa. Atravessei sem ser vista os seguranças que estavam por perto e caminhei em direção ao palco. Ao entrar no palco Michael não percebeu a minha presença e a multidão começou a gritar quando me viram. Eu respirava fundo tentando conter o choro e Michael não acreditou quando me viu ali com ele, tentei não olhar para ele pois dentro de mim eu sentia uma vergonha imensa por ter mentindo. Ele se aproximou ainda cantando e eu me ajoelhei em seus pés. Chorei compulsivamente de cabeça baixa e ao mesmo tempo eu disse:

-Michael, por favor, me desculpa... Apenas me desculpa!

O coração de Michael não agüentava me ver chorando daquela maneira, ele se agachou e levantou o meu queixo. Olhei fundo nos seus olhos e vi que ele estava emocionado. Ele segurou a minha mão e me ajudou a se levantar. Era tão bom sentir a sua mão em contato com a minha outra vez. Ficamos um de frente para o outro apenas nos olhando e Michael cantando. Em nenhum momento olhei para a platéia que gritava histericamente, eu apenas me concentrava em seus lindos olhos. Eu não agüentava mais ficar apenas olhando para ele, eu precisava tocá-lo. Nos abraçamos com amor e encostei a minha cabeça no seu ombro tentando abafar o choro e senti o seu cheiro. Sua boca aos poucos se encostou no meu ouvido e lá ele cantou a música. Me arrepiei toda como de costume e fechei os olhos tentando eternizar aquele momento. Michael ainda dançou alguns passos comigo e voltamos a nos olhar. O seu olhar era tão penetrante que me deixava hipnotizada, nem percebi quando a música terminou. Enquanto a platéia fazia barulho nos abraçamos outra vez e nossos lábios se encontraram, Michael sorriu e me beijou. O beijo era ao mesmo tempo suave e intenso. A platéia gritava ao ver a sena, aos poucos paramos de nos beijar e o abracei novamente e perguntei:

- Deixa eu te fazer feliz? – Michael riu se lembrando do nosso primeiro beijo e disse “sim” no microfone. Nos beijamos novamente e dessa vez foi Michael quem interrompeu dizendo:

-Um momento por favor! – E saiu correndo do palco. Eu fiquei sozinha no palco sem entender nada e dessa vez olhando para a platéia. Todos continuavam a gritar e eu via que tinha algumas pessoas emocionadas. Olhei para o lado e vi Michael vindo em minha direção com uma caixinha preta nas mãos. Meu coração disparou quando ele se ajoelhou e disse no microfone:

-Camila, casa comigo? – E de dentro da caixinha tirou um delicado anel. As lágrimas desciam em meu rosto e eu disse o abraçando:

-É claro que sim! Eu te amo tanto... você não sabe o quanto senti sua falta meu amor. – Michael se levantou e disse me beijando:

-I love you!

Todas as pessoas que trabalhavam no show estavam lá dentro emocionadas olhando para nós dois e aplaudiam junto com a platéia. Eu não cansava de abraçá-lo e de beijá-lo, eu apenas queria sentir que ele era meu outra vez e agora ele era, nada iria nos separar mais. Michael começou a cantar sozinho a música I just can’t stop loving you para mim e ao mesmo tempo trocávamos alguns beijos. Os nosso corações estavam juntos novamente e para sempre seríamos felizes pois o amor vive para sempre!

FIM.


http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable

A todas as pessoas que acompanharam a fic!



Amigas... sei que posso chamá-las assim. Quando me veio a idéia de escrever uma fic tinha medo de não atingir um público...que não gostasse do meu jeito de escrever. Desde o primeiro dia que postei recebi um enorme carinho de vcs...um carinho que apenas os fãs de Michael Jackson conseguem transmitir. Com vcs aprendi a amar cada vez Michael. Construímos uma amizade tão forte que é como se eu sentisse vcs ao meu lado...como se fossemos uma família. Foram 4 meses em que não me arrependo de nada, só tenho que agradecer a Deus, a Michael que mora em meu coração e a vcs ( sem vcs esse sonho não teria se tornado possível). Essa fic foi um sonho, um dos meus sonhos mais lindos, tentei escrever tudo o que senti e o que sinto e principalmente tentei me colocar no lugar de Michael em cada fala doce. Vir aqui e dizer a cada uma de vcs que a amo faz parte do meu dia-a-dia, sempre que pude agradeci a vcs...esse meu agradecimento vem do coração, serei eternamente grata por vcs. Vcs me fizeram tão felizes que nem imaginam. Eu nunca vou esquecer de vcs e espero que tbm nunca esqueçam de mim pois vcs me cativaram...e como já disse antes: são essenciais. Quero continuar a conversar com todas e não quero que essa amizade tão linda que construímos em nome de Michael seja esquecida. Agradeço ao fórum Neverland por terem me ajudado e por ser aceita aqui, sei que estamos aqui por apenas um objetivo: amar Michael a cada dia de nossas vidas!
Migas nunca esqueçam das palavras lindas e de todos os ensinamentos de Michael...do seu jeito meigo que tanto tentei mostrar aqui na fic...ele é o anjinho das nossas vidas, é só abrirmos o nosso coração para que ele nos deixe guiar. Michael muitas vezes me fez feliz e agora mais do que nunca está me fazendo feliz por ter conhecido vcs, ele me deu de presente vcs!
Isso é a mais simples prova de que podemos construir amizades pelo mundo, a fim de amar um único homem.
Meus olhos se enchem de lágrimas ...vou sentir saudades de cada uma de vcs, vou sentir falta de sonhar esse sonho junto com vcs! Sempre que precisarem eu estou por aqui...sempre estou ativa no fórum e amarei conversar com cada uma!

Vcs são demais! Amooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo todas vcs e muito muito muito muito obrigada.

“Você nunca sabe quanto tempo tem com alguém, então não esqueça de dizer eu te amo enquanto pode!”

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Carolina Jackson

avatar
Membro Star
Membro Star
O que?
Acaboouu?
Quando Tu disse qe tava no fim..nao pensei qe fosse taaaaaao rapido

Mais...Gente,deu uma alição de ve-los separados...Pecadoos

Uma louca pulou o muro e saiu correndo em direção e Michael. Ela o abraçou com toda força e gritava:

-Michael! Casa comigo! Casa comigo! Eu te amo....AAAHHHH.

Michael a abraçou com muito carinho como sempre faz com as fãs e ria da pergunta que a moça fazia. Um de seus seguranças tentou tira-la de lá, porém Michael disse que estava bem e que ela poderia tirar fotos e ganhar autógrafo. Enquanto Michael assinava na sua blusa a fã pegou em seu rosto e o beijou na boca. As outras pessoas que estavam no portão gritavam loucamente ao ver a cena. Michael virou o rosto e a abraçou rindo, ele sempre queria demonstrar carinho pelos seus fãs principalmente neste dia, ele já estava acostumado de ganhar selinhos e beijos de suas fãs.

A garota passou a mão no seu cabelo e gritava, tentou beija-lo novamente mas Frank chegou e disse debochando:

-Ok gatinha! Já chega...assim você deixa o rei do pop surdinho. Pose para última foto!

Michael riu do que Frank falou e eles tiraram a última foto, antes dela ir Michael perguntou:

-Qual seu nome?

-Maria! Eu te amoooooo Michael! – a menina respondeu beijando a sua mão.

-Ok Maria, aqui está o seu autógrafo. Obrigado pelo carinho. – Michael disse a abraçando.

A fã saiu satisfeita de lá, afinal além da foto e do autógrafo, tinha beijado Michael Jackson.

aaaaaaaaaaaa neem diiigo qe MOOOOOOORRI nessa paaarrte
Moorri mesmo

Oooooooooooh meeu Deeeus.Que DEUS abençoe o Frank por qe ele foi um anjo *o*
Momento mais emocionant qe esse ,eu acho qe nao podia ter...
No shoooow *o*
OMG To explodind de alegria aqui *--*
Liiiiiiiindo demais Mana
Vo sentir falta dessa fic Muita mesm
Mana....eu só posso dizer uma coisa para essa fic
PERFEITA!!!

http://carolmj.tumblr.com/

Tatyka

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
Mila só posso dizer que sua fic foi PERFEITA, MARAVILHOSA, amei cada capítulo. Obrigada por tudo. Te adoro garota e vê se não demora pra postar mais, você tem talento. Beijão :LOVEYOU*:

Lulu Jackson

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado

Milaaaaaaaaaaaaaa,tudo se passou tão rápido ne?

Vou sentir muita falta da sua fic,de ficar rindo olhando para a tela do computador...amei muito a fic....era como se eu tivesse presenciando cada momento vivido pelos doi fofos *_*!
Sua fic foi mais que perfeita e você escreve muito bem,depois se tiver um tempinho escreve outra pois esse talento jamais pode ser escondido...........amei muito mesmo maninha e vou sentir muito sua falta ;/ baby**

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 14 de 15]

Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum