Seja bem-vindo (a) a sua Neverland virtual!

Aqui você encontrará tudo sobre o anjo e homem Michael Jackson e também poderá conhecer pessoas com os mesmos gostos que você. Irá conviver e aprender muito mais sobre este artista e ser humano maravilhoso que é Michael Jackson!

Faça parte da nossa família você também! Michael Jackson não é só um cantor e sim uma filosofia de vida!

------- Equipe Neverland -------

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[FINALIZADA] Do ídolo para o grande amor da minha vida...

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9 ... 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 3 de 15]

mila joseph jackson


Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capítulo XII




Assim que desci ele estava na varanda de costas, olhando para a enorme lua que iluminava o jardim. Fiz um pequeno barulho fechando a porta e ele percebeu a minha presença. Assim que olhei para ele, ele não parecia bem. Então ele foi logo jogando a bomba:
- O que é que está acontecendo com você??? Passou esse tempo todo sem dar nenhuma notícia...- Logo o interrompi dizendo:
- Ted eu estava fazendo provas..estava muito ocupada!
- Mas não é de hoje que você me esquece...você não tem mais o mesmo sorriso ao meu lado... me diz o que está acontecendo gata, eu preciso saber – Ele falou retrucando. Meu coração pedia para eu dizer: “EU NÃO TE AMO MAIS!”, mas eu não podia fazer isso com ele. Então fiquei calada e logo dei um abraço forte nele, e pedi mil desculpas. Então ele me deu aquele beijo nojento, e disse sussurrando:
- Gata, eu tou muito carente, você me deixou de lado esse tempo todo...agente bem que podia passar a noite juntos né?
Eu já entendi o seu recado, eu jamais iria fazer amor com quem eu não gostasse, então falei:
- Ted... é que eu tou com um pouco de dor de cabeça, quando vc chegou eu já tava dormindo e tal. – Ele me olhou no fundo dos olhos e disse:
- Até aqui você vai me dizer um não? Se você não quer, tudo bem gata, mas você ta me devendo essa. – E saiu sem dizer mais nada, atravessou a rua e vinha passando uma garota e ele logo gritou:
- NOSSA QUE GATA!!!!!
Vi que ele estava me provocando e fechei a porta com toda força. Mamãe que presenciou toda a cena, veio ao meu encontro com a intenção de me conformar, mas conformar o que? Eu não estava nem aí para o Ted, mesmo. Eu não quis papo com ninguém e fui dormir.
No dia seguinte eu e Vanessa fomos para o colégio como de costume e lá Ted estava na porta de entrada. Passei por ele sem falar nada de cabeça baixa, até que senti alguém me puxando. Ted me agarrou no meio de todos e me deu um beijo, e ainda pegou na minha cintura com toda força. Todos que viram começaram a vibrar até que ele me soltou. Por incrível que parecesse eu não sentir nada durante todo esse acontecimento. Então Ted pediu para que todos ficasse calados e disse:
- Camila, eu te amo meu amor! – Então ele fez o pedido oficial para ir ao Baile comigo. E eu na frente de todos tive que aceitar. Vanessa olhou para mim e me puxou para um lado e baixinho:
- O que é que você está fazendo?? Ta na cara que você não está nada feliz, amiga!
- Não tenho escolha, não posso acabar amiga, ele me ama de verdade, e talvez mais ninguém em ame assim! – Vanessa logo ficou e irritada e disse:
- Você vai estragar a sua vida! – E saiu pelo corredor. Fiquei o resto do dia com aquilo na cabeça. E resolvi sair sem dizer a ninguém assim que terminou a aula. De tudo se passava pela minha cabeça, tudo mesmo. Fui andando para o Central Park, que não ficava muito longe do colégio. Lá tudo era mais calmo. Escutava o som dos pássaros cantando, o barulho do vendo, via-se o céu azul e os lindos canteiros de flores.
Passei mais de uma hora caminhando pelo parque, tentando traçar um futuro para mim. Meus pés já estavam cansados, então resolvi me sentar em um banco que estava em um lugar mais privado. Então comecei a pensar na noite inesquecível com Mike, eu não agüentava mais aquilo, o meu mundo estava de cabeça para baixo, então as lágrimas começaram a descer sobre meu rosto e aos poucos comecei a soluçar sem parar. Até que senti um toque suave em meu ombro, parecia um anjo tocando em mim. Assim que virei, vi um homem com uma barba e com um boné vermelho. Tentei descobrir quem era, mas eu jamais tinha visto aquele homem.
Até que ele disse uma simples palavra:
- Oi.
Aquela voz era familiar e não tinha como não saber, Michael percebendo que fiquei calada, apenas olhando fundo em seus olhos disse:
- Estou disfarçado, Camila. – E se sentou ao meu lado.
- Está irreconhecível! – Eu disse e logo passei a mão no rosto enxugando as lágrimas. Mas quanto mais eu fazia isso, mais as lágrimas insistiam em cair. Então Mike disse:
- Te vi chorando aqui, e vim me certificar se era realmente você.
- É, que eu estou com uns problemas... – então Mike me interrompeu dizendo:
- Olha, não quero te obrigar a me contar o que está acontecendo, mas quero que saiba que você tem um ombro amigo, por favor me veja somente como Michael Joseph Jackson, um amigo. – Michael logo percebeu que as sua palavras me fizeram chorar ainda mais, mas ele não queria me forçar a dizer nada. Então respirei fundo e disse:
- Não é nada muito sério, só uns problemas com o meu namorado. – Michael ao escutar isso abaixou a cabeça e ficou calado, ele não sabia que eu tinha um namorado. Então olhei discretamente para ele, e percebi que sua face não estava mais iluminada como antes. Eu precisava desabafar com alguém então disse a ele:
- É difícil conviver com alguém que você não ama verdadeiramente. – Então Michael olhou para dentro dos meus olhos e disse:
- Você não o ama?
- Não, mas ele me ama e eu não quero machucá-lo. – Eu disse não contendo as lágrimas. Então Michael me deu um tímido abraço e disse:
- Olha, eu não tenho muita experiência nisso, mas amei alguém e saí muito machucado. Você não pode pensar só nele, você tem que pensar naquilo que seja melhor para você. O amor tem que ser verdadeiro dos dois. – Enquanto eu o escutava, com aquela voz suave falando, olhei fixamente em seus lindos olhos. Ele logo percebeu e se levantou. Meu coração disparou no mesmo momento. Será que eu tinha feito algo de errado? Será que ele não gostou do jeito que eu o olhei? Tudo parecia estar dando errado, até que olhei para trás e o vi vindo em minha direção com uma tulipa. Não pude acreditar no que eu estava vendo, era igualzinho ao meu sonho. Então ele se sentou e disse meigamente:
- Apenas escute o seu coração! – E me entregou a linda flor. Eu não podia acreditar no que estava vendo, por segundos fiquei segurando aquela linda flor e senti o seu perfume, então olhei para ele e disse:
- Posso te dar um abraço?? – E ele logo balançou a cabeça com um lindo sorriso no rosto. O nosso abraço durou bastante tempo e eu pude sentir o seu perfume, que era maravilhoso, até que eu me lembrei que para o Michael eu não era a verdadeira Camila e sim uma atriz famosa. Nosso abraço foi interrompido com o celular de Michael tocando.

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Carolina Jackson


Membro Star
Membro Star
Aiiii nossa aconteceeu iguaal ao sonho *---*
Camilaaa vc naum gosta do Teed ggaaarotaaa
Oww o Michaeel seempree tãaao fofo *o*
Postaa maiss MIlaaa

http://carolmj.tumblr.com/

Tatyka


Fã Máximo
Fã Máximo
Essa historia já está esquentando, muito bom... to adorando coisinha mais fofa o Mike trazendo uma tulipa, que por acaso é uma das minhas flores preferidas, que lindo um sonho......
Posta mais estou anciosa beijokas

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Oiii lindinhaaas! Tou indo estudar, e antes vim aqui pra pedir o msn de vcs...pra agente manter contato!!! O meu é : mila.moura@hotmail.com
Quem quizer manter contato pode me adicionar. Amo vcs meninaaaaaaaaaaaas! Beijoss


obs: De noite posto mais um capítulo.

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Carolina Jackson

avatar
Membro Star
Membro Star
Vou te add Mila Wink
Espeerandoo maiss caap

http://carolmj.tumblr.com/

karol jackson I

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
Mila amiga naum deu pra eu ler direito esses dias mais já to me atualizando.....
BJUS

http://www.dangerous-candy.tumblr.com

karol jackson I

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
Já lí tudinho amore
BJUS

http://www.dangerous-candy.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Boa tarde meus amores! Como vcs estão?? Espero que estejam todas bem. Hoje vou tentar postar um capitulão pra vcs...
karol jackson I, obrigada por tudo tá??? Num deixa de ler não, que a fic vai pegar fogo.
Carol Jackson, OBRIGADA por tudo amiga...vc sempre tá por aqui me incentivando..brigada mesmo.


Vamos lá né???

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capítulo XIII



Ele logo pegou o celular e disse:
- É a babá dos meus filhos, com licença. – E se afastou um pouco de mim. Eu ainda estava com o sorriso no meu rosto. Assim que Michael desligou o celular eu disse:

- Obrigada por todas essas suas palavras lindas, foi muito bom falar com você, eu vou indo. – Ele olhou para mim e disse:
- Tudo bem, sempre que precisar não esqueça que agora você tem um amigo. – E deu uma piscadinha para mim. Juro que eu quase fui bater na porta do céu! kkk. Então ele abriu o braço e demos um último abraço, e segui andando para a saída do parque. Logo depois que saí, Gracy chegou com as crianças que deram um enorme abraço e beijos no pai e seguiram para os brinquedos, as crianças amavam a companhia do pai. Saí do parque leve, igual a uma pluma, Michael estava realmente com razão: Eu tinha que escutar o meu coração.
Assim que cheguei em casa contei o que tinha acontecido a Vanessa que ficou pasma e disse que concordava com Michael. Então decidimos ir á uma loja de vestidos para comprar o vestido da formatura, e eu logo decidi que esperaria passar a formatura para falar com Ted. Era cada vestido mais lindo que o outro, até que o meu celular tocou. Era um número desconhecido, então pensei que fosse mamãe me ligando do trabalho, ela sempre liga de telefones desconhecidos. Então atendi e alguém disse:

- Alô? Quem está falando?
-É Camila... – eu disse.
- Camila!! Aqui é Frank, tudo bem? – fiz um sinal para Vanessa e sussurrei a ela que era Frank.
-Ah, oi Frank, tudo ótimo e você? – eu disse entusiasmada.
-Tudo maravilhoso, liguei para vocês para fazer um convite. – Frank disse.
- Um convite? – perguntei
- Sim, amanhã a noite estou me mudando para um novo apartamento, então vou fazer um jantarzinho. Então, eu queria saber se vocês gostariam de vim?- Frank perguntou. Vanessa fez um sinal positivo para mim, dizendo que era para eu aceitar. Então eu respondi:
- Bem, seria muito bom , você pode nos passar o endereço? – Eu disse. Frank nos deu o endereço e logo desligou o celular. Assim que desligou o celular Michael entrou na sala de escritório de Frank e percebeu que ele estava bem feliz. Então perguntou: - Posso saber porque você está tão feliz?
Frank disse super entusiasmado:
-Nada, nada. Olha amanhã, eu vou fazer um jantarzinho no meu novo apartamento, esteja convidado. – Disse Frank. Michael olhou todo desconfiado e disse:
- Se você for fazer o jantar, eu vou comer antes de ir para lá! – Michael deu uma enorme gargalhada e saiu da sala.

Enquanto isso, eu e Vanessa fomos para casa felizes da vida.
A noite eu fiquei estudando para o teste do dia seguinte. Enquanto isso Mike estava assistindo desenhos com seus filhos e com Janet, que estava fazendo uma visitinha para as crianças. Depois tiveram um lanche maravilhoso e Michael anunciou:

- Crianças já passou da hora de vocês dormirem...todos para a cama. – As crianças ao escutarem isso pediram mais cinco minutinhos, mas já era muito tarde e entenderam que já era na hora de dormir. Então Michael levou eles para os seus quartos acompanhado de Janet. Então Blanket falou:
- Pai, conta uma história. – Michael abriu um lindo sorriso e perguntou qual histórias eles queriam ouvir e todos responderam:
- Peter Pan!

Então Michael meigamente começou a contar aquela linda história e Janet apenas o observava com um lindo sorriso no rosto. Todos já estavam dormindo, menos Blanket então Michael começou a cantar The Lost Childreen e Janet logo o acompanhou. Assim que Blanket dormiu, eles saíram do quarto e Janet maravilhada disse:

- Mike, você é o melhor pai que existe, elas te amam muito.- Michael ao escutar isso, deu um forte abraço em Janet e disse:
- Apenas quero ser o pai que nunca tive. – Depois disso Janet concordou com Michael e disse que iria embora, Michael perguntou se ela não queria dormir lá mas ela disse que amanhã tinha uma reunião muito e cedo. Depois que Janet se foi, Michael foi tomar um banho rápido e se deitou na cama para ler um livro. Mas em seu pensamento estavam as acusações de pedofilia, tudo que estava acontecendo o deixava muito magoado e indignado, ele jamais poderia machucar uma criança. Durante esse espaço de tempo, uma lágrima insistiu em cair em seu rosto, mas logo ele começou a rezar e buscou conforto em Deus e acabou adormecendo.

No dia seguinte, o dia logo se passou. Eu na escola e ele tratando de negócios. Assim que cheguei do colégio disse a mamãe que eu ia dormir na casa de Vanessa e que agente iria sair a noite, como no outro dia era sábado, ela logo concordou. Fui no meu quarto fazer a mala, porque eu e Vanessa combinamos de nos arrumar juntas, acabei levando um vestido básico preto, com uma casaquinho preto também porque a noite estava um pouco fria, e um salto não muito alto.

Quando cheguei na casa da Vanessa ela já estava vestindo o vestido rosa claro dela. Nenhuma de nós compramos nada para essa noite, fizemos o nosso próprio look. Depois de nos vestir fizemos uma maquiagem um pouco mais pesada e prendi os meus longos cabelo. O pai de Vanessa ao nos ver daquela maneira disse:

- Tomem cuidado viu meninas? – Nós duas balançamos a cabeça fazendo um sinal positivo e fomos ao encontro do táxi que estava na frente da casa de Vanessa, o pai dela insistiu em pagar a corrida. Mostramos o endereço ao taxista e seguimos para a casa de Frank. No carro já estava me dando um friozinho na barriga até que o taxista disse:

- Chagamos senhoritas! – Eu e Vanessa olhamos para o prédio que ele estava apontando. Era lindo demais, todo em vidro espelhado, simplesmente lindo. Descemos do carro e logo e dissemos o número do apartamento de Frank. Frank pediu para subirmos. No enorme elevador só estava eu e Vanessa, não dissemos nenhuma palavra esse tempo todo, só ficamos imaginando quem seriam os convidados. Assim que o elevador parou e as portas se abriram, a porta do apartamento de Frank estava aberta.

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Tatyka

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
Menina do céu..... faz isso não, parar assim, eu tô super anciosa pra saber onde esse jantarzinho vai parar, conta conta conta......

Carolina Jackson

avatar
Membro Star
Membro Star
Carol Jackson, OBRIGADA por tudo amiga...vc sempre tá por aqui me incentivando..brigada mesmo.


Ouuuwww que fofaa,de nada migah..to amando a fiic
Ahhh o Michaeeel não sabe que ela vai estaar láa *---* vai ter uma grandeee surpresaa *o*
Queroo maiss caap postaa Milaa

http://carolmj.tumblr.com/

karol jackson I

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
karol jackson I, obrigada por tudo tá??? Num deixa de ler não, que a fic vai pegar fogo.
Denada amore cmo posso deixar de ler uma fic tão Maravilhosa cmo essa?
Eu quero q essa parte do pega fogo chegue logo kkkkkkkkkk
Aí tô tão anciosa c/ esse Jantar..... BJUS
POSTA MAIS AMIGAHHHHH

http://www.dangerous-candy.tumblr.com

rafaella ainette

avatar
Super Fã
Super Fã
oi flor
ganhaste mais uma leitora fiel :felizzz*:
a fic tá otima,vc escreve magnificamente explendida
relatas muito bem e colocas sentimentos na história.
adorando de coração mesmo. :pazeamor*:
continuaaaaaaaa. :VIVA*:


rafaella de cáritas ainette lima












http://rafaellaainette.tumblr.com/

Lulu Jackson

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
ta muito boa a fic to amando que fofinhooooo.kkkkkkkkkk
quero ver mais capitulos esquentanddooooo

Carolina Jackson

avatar
Membro Star
Membro Star
Esperandoo anciosaa maiss caap

http://carolmj.tumblr.com/

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Olá meninaaas, como vcs estão? Espero que estejam todas na paz. Quero agradecer a todas vcs: Lulu, Carolina, Karol e Tatyka por vcs seram leitoras fiéis. Queria dizer a vcs que eu amo todas e que se em algum momento precisarem de mim, eu tou aqui!

Falando nisso..temos leitora nova!!!

Rafaela, seja muito bem vinda amiiiga. Obrigada pelos elogios minha flor. Espero que vc esteja gostando mesmo. Um beijão

Tá aí uma capitulo grandão pra vcs curtirem!
Agora, vamos soltar a imaginação...



Última edição por mila joseph jackson em Qua Out 27 2010, 12:37, editado 1 vez(es)

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable

Capítulo XIV


Olhei desconfiada para Vanessa que logo falou:

-Frank? – Frank estava na cozinha e disse:

- Olá meninas, estou aqui na cozinha, por favor, entrem!

Entramos no apartamento dele, que era com uma decoração de muito bom gosto. Fechei a porta e de longe vimos Frank na cozinha. Ele fez um sinal para nós irmos até lá.
Assim que chegamos na porta ele disse:

- Nossa! Capricharam para essa noite. – Eu dei uma gargalhada e disse:
- Pelo visto chegamos cedo, mas quem caprichou foi você, seu apartamento é muito lindo. Frank logo admitiu:
- Obrigada, mas eu tive que contratar uma agência de decoração, vou admitir, não tenho esse bom gosto todo. – Vanessa perguntou se ele não queria ajuda para cortar alguns petiscos, Frank logo disse que não, mas eu e Vanessa insistimos. Enquanto isso ele estava de olho em uma massa que estava no forno. Assim que terminamos ele nos deu uma taça de champagne e fez questão que nós conhecêssemos o apartamento. Era tudo muito lindo e perfeito, passou quase uma meia hora enquanto Frank nos contava as suas experiências e fatos engraçados de sua carreira, até que nossa conversa foi interrompida com o celular de Frank, era um cliente seu, ele nos pediu licença e ficou tratando sobre negócios, até que a campainha tocou e Frank fez um sinal para que eu abrisse a porta. E foi o que eu fiz. Assim que abri a porta me dei de cara com Michael de cabeça baixa, que assim que me viu deu um sorriso tímido surpreso. A minha cara foi mais surpresa ainda, Frank não tinha dito que ele vinha, muito menos disse a Michael que nós íamos. Então eu disse:

-Oi, Michael, boa noite! – Ele meigamente disse:
- Olá Camila, não sabia que você vinha. – Eu disse surpresa:
- Nem eu sabia que você vinha. – Então Mike perguntou:
- Cadê o Frank? Nossa, esse apartamento ficou muito bom. – E entrou. Michael estava lindo naquela noite, estava com uma blusa vermelha e com uma jaqueta de couro preta. Frank ao o ver,acenou e disse que estava no telefone. Michael falou simpaticamente com Vanessa, mas não tirava os olhos de mim, eu logo percebi e fui ficando bem vermelha.

Então para ser simpática perguntei:

- Michael, você aceita um vinho? – Ele falou:
-Não gosto muito de beber, pode ser uma taça pequena. – Então peguei o vinho e fui colocá-lo na taça. Minhas mãos estavam tremendo, eu estava muito nervosa, Michael logo percebeu isso e se levantou da poltrona e disse que segurava para mim e deu um risinho. Então ele segurou o vinho e eu a taça. Enquanto ele colocava, o nosso olhar se encontrou, então entreguei a taça a ele que me retribuiu com um lindo sorriso. Nisso Frank já tinha terminado a ligação e estava fazendo um sinal para Vanessa que estava olhando atenta. Então Mike perguntou:

- Você está melhor?
- Estou sim, graças as suas palavras! – Eu disse me sentando ao seu lado. Até que eu percebi que Frank e Vanessa estavam calados e nos olhando atentamente, então Mike seguiu o meu olhar e foi em direção de Frank dizendo:

- Cara, isso aqui ficou muito bom. – Frank olhou para ele e deu uma piscada. E nós começamos a conversar. Então um cheiro diferente incensou a sala. Interrompi a conversa perguntando a Frank:

- Frank, não tem nada queimando não? – Frank olhou para mim e para a Michael e saiu correndo para a cozinha. Michael ao ver aquela sena começou a rir, ele rindo era muito lindo, com a mão na boca, então eu sai da sala e fui até a cozinha para ver o que tinha acontecido. Frank estava tentando abrir o forno, mas sabe como é né? A maioria dos homens na cozinha são um desastre. Então ele disse:

- Isso não quer abrir! – Michael e Vanessa que estavam vendo tudo de longe não se agüentaram, e eu estava morrendo de vontade de rir também, então pedi que ele se afastasse e apenas cliquei em um enorme botão do fogão e logo o forno abriu-se. Foi aí que ninguém se agüentou, Michael deu uma enorme gargalhada e disse:

- Vi a hora de você quebrar o vidro do forno, man você não leu as instruções?
Então Frank balançou a cabeça dizendo não. Então Vanessa disse:
- Olha, é melhor vocês irem para a sala, Frank sinto muito em dizer: você é um desastre, deixa que eu e Camila cuidamos de tudo. – Eu logo concordei dizendo que era melhor mesmo, então Frank ligou o som em uma música ambiente, bem calma e resolveram se sentar em uma pequena mesa que tinha na cozinha. Eles começaram a conversar até que Frank disse:

- Cara, esqueci de te dizer, o New York Times ligou para mim para marcar uma entrevista com você. – Olhei discretamente para Vanessa e continuamos colocando o jantar na mesa. Então Mike falou:

- Já sei do que se trata essa entrevista, eu não vou dar nem ao New York Times, nem a ninguém. – Então olhei para Michael, ele não alterou a voz, mas parecia estar perturbado com essa notícia. Então ele ao perceber fez um sinal para Frank, para encerrar o assunto. Até que Vanessa disse:

- O jantar está na mesa! – Então todos fomos até a sala de jantar e Michael meigamente levantou a cadeira para eu sentar. Michael falou:

- Vou admitir que antes de sair fiz um lanchinho, fiquei com medo de comer a comida que você fez! – Todos começaram a rir e Frank disse:
- Eu sabia que você ia fazer isso! Prove! – Michael olhou para mim e provou enquanto todos nós olhávamos para ele. Então ele disse:
- Não conhecia esse seu lado cozinheiro, man. Muito bom! – Então Frank fez uma cara como se dissesse: “ O REI DO POP APROVOU A MINHA COMIDA” hahaha.
Eu e Vanessa não pudemos deixar de elogiar, estava bom mesmo. Depois de conversa vai, conversa vem , Michael perguntou:

- Qual é o nome do filme de vocês, eu adoraria assistir. – Olhei para Vanessa e ela respondeu:

- Como ainda estamos gravando nos estúdios, ainda não tem um nome certo. – Michael pareceu interessado e começou a contar alguns clipes que ele gravou e que até mudou o título da música depois da gravação. Então Frank foi até a cozinha pegar a sobremesa que era uma torta gelada de chocolate com amêndoas.
Michael parecia estar envergonhado então Vanessa começou a comentar uma última notícia que havia passado no jornal que a cada dez segundos uma criança no mundo morria devido a fome. Michael ficou totalmente indignado, então eu disse:

- Pena que existe poucas pessoas dispostas a ajudar... – e Michael me completou:
- Essas notícias me deixam triste, somos todos iguais, devemos ajudar o próximo, ele depende de nós, o homem de hoje apenas pensa nele! – O completei lembrando da música Man in the mirror:
- Não estão dispostas a fazer uma mudança dentro de si. – Michael percebeu que era esse trecho era de uma de suas músicas e disse:
- É por isso que eu escrevo e canto minhas músicas, sei que em algum lugar alguém vai entender a mensagem e vai tentar colocá-la em pratica. – Eu e Vanessa ficamos observando ele falar aquilo, Michael era lindo por fora e principalmente por dentro. Ele era um homem admirável. Ficamos alguns minutos em silêncio, ninguém sabia o que mais dizer, eu e Vanessa tínhamos medo de falar algo insignificante perto dele. Então perguntei:
- Michael, você tem planos para mais cds? Amei o seu último. - Michael sorriu e disse:
- Bem, na verdade ainda não, como muita coisa está acontecendo na minha vida vou ficar um pouco fora dos palcos, mas vou continuar gravando no estúdio. – Então Frank chegou e serviu a sobremesa, que também estava maravilhosa. Já eram quase uma da manhã, Frank pediu para agente ir para a cobertura enquanto ele tirava a mesa e lavava os pratos, então eu me levantei e disse:

- Não senhor, eu vou te ajudar. – Ele disse que não precisava, mas eu insisti:
- Você teve esse trabalho todo para fazer esse jantar maravilhoso, agente vai te ajudar sim. – E Michael logo concordou, e Vanessa disse:
- Eu vou tirar a mesa... – Eu completei dizendo:
- E eu lavo os pratos! . – Eu disse até que Frank me interrompeu:
- Não gente, vocês são minhas visitas, ninguém vai fazer isso! – Então Mike completou dizendo:
- E eu enxugo os pratos. – Frank ao perceber que era impossível argumentar ficou calado e disse que ia até a cobertura.

Eu e Michael fomos para a cozinha onde eu peguei um avental e coloquei–o. Vanessa logo trouxe todos os pratos da mesa e disse que ia subir até a cobertura também. Então ficou apenas eu e Michael na cozinha, eu senti um frio na barriga e senti o meu rosto ficando quente. Era muita emoção.
Comecei a lavar os pratos e Michael enxugá-los. Tudo estava um silêncio de morrer até que Michael derrepente começou a cantar baixinho:
- I just cant... – e eu o interrompi cantando também:
-... loving you. – Ele então olhou para mim, com o olhar mais lindo desse mundo e o sorriso mais fofo. Eu também abri um sorriso e passamos quase um minuto nos olhando.
Me virei e continuei a lavar os pratos, tudo parecia normal, mas dentro de mim o meu coração estava agitado. Eu não sabia o que estava acontecendo, eu nunca tinha sentido aquilo antes, talvez fosse porque eu nunca amei alguém de verdade. Então olhei novamente para ele e ele estava me observando com um sorriso tímido, então eu disse envergonhada:

-Michael! – ele olhou atento para mim.
- Não me olha desse jeito...eu fico envergonhada. – eu completei.
Ele deu uma risada tímida e disse:

-Tudo bem, não olho mais pra você! – E colocou as mãos no rosto, e eu ri. Então continuei lavando os pratos e rindo da cara dele. Assim que terminei enxuguei minhas mãos com papel toalha e joguei no pequeno lixo da cozinha. Até que vi sem querer que dentro do lixo estava um monte de embalagens de um restaurante, aquelas embalagens de comida para viagem. Então eu falei toda ingênua :
- Michael! Olha isso! – Mike perguntou tirando onda:
- Esqueceu que eu não posso mais olhar para você?
Dei uma risada e disse:
- Deixa disso, eu estava brincando, pode olhar para mim!
Ele tirou a mão do rosto e deu um sorriso pra mim, e eu apontei pra dentro do lixo. Ele olhou sem entender. Então eu disse:
- Isso são embalagens de um restaurante – eu ri e continuei: Acho que Frank comprou o jantar lá!
Michael olhou para conferir e nós começamos a rir, até que ele disse:
- Eu sabia que ele não cozinhava bem daquele jeito! Danadinho hein?
Eu balancei a cabeça num sinal positivo, e não consegui parar de rir, então tiramos as embalagens com cuidado e Michael disse parecendo uma criança:
-Vamos lá em cima, tirar satisfação! – E começou a rir. Mas eu disse:

- Acho melhor não, é melhor isso ficar em segredo, vai que depois ele não gosta. – Michael não falou nada, apenas pegou em minha mão e saiu me puxando delicadamente e subimos pela escada. Até que ele disse:

- Esconde por trás de você a embalagem e eu falo com ele! – Coloquei a mão do rosto e subimos. Assim que chegamos estavam Frank conversando com Vanessa e escutando música, Vanessa parecia fascinada com a linda paisagem, o céu estava coberto de estrelas.

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Carolina Jackson

avatar
Membro Star
Membro Star
AUSHAUSHAUHSUA to rindo muito com eles 4
UHAUS ele encomendo a comida uhsuahsua noosssaa
posta mais millaaaa

http://carolmj.tumblr.com/

karol jackson I

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
O Frank é muito espertinho bem q o Mike disse que ele naum cozinhava bem kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
muito fofo esses 4 juntos

http://www.dangerous-candy.tumblr.com

rafaella ainette

avatar
Super Fã
Super Fã
HAHA* HAHA* HAHA* HAHA* HAHA* HAHA*
esse frank é uma piada(rissos)ri demias com ele
tou vendo que eles estão proximos
eles são fofos :rosss*: :coraç*:
amando a fic.
kiss* kiss*

rafaella de cáritas ainette lima.









http://rafaellaainette.tumblr.com/

Tatyka

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
Esse Mike sempre tão fofo, ri muito imaginando a cena, tô adorando anciosa com o proximo capitulo bjs

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capítulo XV

Então Frank ao nos ver com um sorriso no rosto e de mãos dadas ia fazer um comentário, mas Mike acabou falando primeiro:

- Cara, você mente muito bem! – eu comecei a rir, mas Frank não estava entendendo nada. Até que eu mostrei a embalagem que estava no lixo e Frank disse:

- Eu não acredito que vocês foram procurar provas de que eu não cozinhei o jantar? Tenho certeza que essa idéia mirabolante veio de Mike! Seus porcos!

Vanessa não estava entendendo nada, mas eu e Mike começamos a rir muito, acho que nunca eu tinha rido tanto na minha vida.

- Tava na cara que você não tinha feito esse jantar... – Michael não conseguiu terminar a frase. Eu não estava mais rindo, estava apenas observando aquele monumento ao meu lado, senti sua enorme mão e suave segurando a minha. Frank fingiu que tava aborrecido e tomou a embalagem de mim e jogou no lixo, enquanto isso Michael percebeu que eu estava o olhando e disse baixinho:

- Agora, quem está me olhando é você... – com um sorriso tímido. Até que Vanessa disse:

-Olha!!! – e apontou para o céu. Era um linda estrela cadente, então eu e Mike no nosso íntimo fizemos um pedido a estrela, acabamos pedindo a mesma coisa: “Que se fosse amor, pudéssemos ser felizes!”. Eu sentia que tínhamos um caminho juntos, e não era apenas eu que sentia, Vanessa e Frank também sentiam isso.

Nos sentamos nas espreguiçadeiras e ficamos observando aquele céu estrelado, aquela noite iria para a história, eu jamais iria esquecê-la.
Como já estava muito tarde eu e Vanessa decidimos ir embora, iríamos pegar um táxi.

- Já está muito tarde, não queremos incomodar, vamos indo Camila? – Eu me levantei e disse:

- É, vamos indo! – Então Michael disse:

- Eu levo vocês, já está muito tarde mesmo e amanhã tenho reunião Frank. – Frank concordou e descemos juntos a escada.

Na porta, Frank pediu desculpas pelo jantar forjado, nós não nos agüentamos e começamos rir, até que Michael disse:

- Valeu irmãozinho!

Assim que entramos no elevador eu disse:

- Michael, não precisa nos levar, eu e Vanessa pegamos um táxi... – ele me interrompeu dizendo que fazia questão de nos levar e perguntou se nós ainda estávamos naquele hotel. Olhei para Vanessa fazendo um sinal positivo, eu não podia engana-lo daquela maneira.

Ao chegarmos na garagem do prédio, Mike abriu a porta do carro para mim e para Vanessa. Ele era um cavalheiro. Então Vanessa perguntou:

- Você não está com o seu segurança?
- Não, vim sozinho, gosto de me sentir livre um pouco. Passei quase toda a minha vida com seguranças na minha cola. – Então ele ligou o carro, eu estava na frente e Vanessa atrás. Até dirigindo ele era lindo, então não consegui me conter e disse:

- Nunca me imaginei andando no carro de Michael Jackson! – E olhei lindamente para ele que retribuiu com uma gargalhada e uma piscadinha. Junto dele eu mal consegui falar, ele percebendo minha agitação disse:

- Essa noite foi muito especial para mim, mesmo com tantos problemas vocês me fizeram sorrir. – Eu não podia acreditar que o meu ídolo estava dizendo isso para mim, então respondi:

- Tudo vai se resolver, a verdade triunfará. – Mas essas poucas palavras não serviram para confortar a enorme dor que ele estava sentindo. Logo chegamos ao hotel e Michael decidiu não sair do carro para não ser reconhecido. Nos despedimos e ele seguiu para Nverland.

Assim que entramos no hotel, Vanessa me puxou para fora e disse:

- Você está sentindo algo por ele? – Aquela pergunta me pegou sem estar preparada.

- Acho que não Vanessa, mas porque você está me perguntando isso? – eu perguntei.

- Só cego para não perceber o clima entre vocês, até Frank percebeu! – Assim que Vanessa disse isso meu coração gelou, então disse:

- Eu não sei de nada, mas é que quando eu estou perto dele eu fico diferente, dá um frio na barriga, o coração dispara... – Vanessa ao me escutar tirou suas próprias conclusões e disse:

- Só o tempo vai dizer amiga! – Então pegamos um táxi e seguimos para casa. Lá na casa de Vanessa eu mal consegui dormir estava tudo muito recente. O fim de semana passou mais rápido ainda, sempre estava passando notícias sobre o Mike e isso não ajudava em nada, porque quanto mais passava notícias sobre ele eu me lembrava dos nossos momentos juntos.


Uma semana depois já era o meu aniversario, então fui tão empolgada para o colégio, eu queria que o meu dia fosse o mais perfeito possível, assim que acordei mamãe e Higor estavam com um enorme bolo e presentes para me dar, também tinha um e-mail do meu pai me desejando tudo de bom. Depois dessa comemoração toda, Vanessa fez questão de ir me pegar em casa e seguimos para o colégio. Lá apenas as pessoas mais íntimas sabiam que era meu aniversario, as aulas passaram-se rapidamente até que deu a hora da saída. Lá vi o Ted vindo em minha direção todo empolgado e com um enorme sorriso, e então ele disse:

- Gata, você sabia que o hoje é o dia mais feliz da minha vida? – Eu logo pensei que fosse pelo meu aniversário, então eu disse:

- Lógico que eu sei! – Então Ted olhou completamente desconfiado para mim e disse:

- Como assim, você já sabe?? Eu não contei para ninguém... – então o interrompi dizendo:

-Espera, de que você está falando? – Ted me pegou nos braços e disse:

- EU VOU SER O ORGANIZADOR DA FORMATURA!!! – Na hora que ele me disse, eu não dei se quer um sorriso, eu pouco me lixava se ele ia ser organizador da formatura. Então ele olhou para mim e disse:

- E de que você estava falando?
- Pensei que você estivesse alegre por causa do meu aniversário. – eu disse.
- Seu aniversário num é daqui há alguns meses? – ele me perguntou com a maior cara de pau do mundo.


-Não Ted! Se você realmente se importasse com sua namorada, você saberia que o meu aniversário é hoje! – Eu sei que eu não deveria ter dito bem assim, até porque eu não me importo muito com ele, mas o seu aniversário eu jamais esqueceria. Ele olhou para mim tentando se desculpar e disse:
-Oh gatinha, me desculpa, é que eu quase me esqueci, mas eu estava lembrado... – o interrompi dizendo:
-Estava lembrado? – e dei uma gargalhada sínica e saí andando pelo corredor. Ted veio correndo atrás de mim e disse:
- Me desculpe, é que eu estou com muitos problemas...vamos almoçar juntos agora? – Olhei para a cara dele e ia dizer logo um não, mas aí ele se ajoelhou e pediu mil perdões, então resolvi aceitar mesmo não estando com vontade. Então ele pegou a chave do seu carro e fomos para o restaurante. Durante o percurso nem eu e nem ele falamos nenhuma palavra.
Assim que chegamos o garçom nos levou para uma mesa. No local estava havendo várias reuniões e praticamente não tinha nenhum casal de namorados. Escolhi uma massa e Ted pediu a mesma coisa. Eu não tinha assunto pra falar com o Ted, na verdade eu estava lá obrigatoriamente. Então ele começou dizendo:
- E aí, como está a preparação para a formatura? Já mandou fazer o vestido? É daqui a 3 dias. – Olhei para ele com um olhar frio e disse:
- Já Ted , quero que tudo isso passe rápido. – Ele olhou para mim e disse:
- Já decidiu onde vai fazer a faculdade? Eu vou para a Austrália. – Olhei para ele e disse:
- Eu vou fazer na faculdade daqui mesmo. Que bom que você vai para lá.
-Você não vai sentir saudade de mim? – Ele disse.
- Ted, todo mundo diz que somos o casal perfeito, mas será mesmo? Será que o que sentimos um pelo outro é verdadeiro? – Eu o perguntei.
- Claro que sim, nós nos amamos e somos sim um casal perfeito...- Ted respondeu. Na mesma hora o almoço chegou. A comida estava maravilhosa, assim que terminamos conversamos algumas coisas, sempre as mais insuportáveis, e Ted pediu a conta. Eu não via a hora de poder ir embora, eu ainda tinha o restinho do dia para comemorar o meu aniversário.
Então nos levantamos e nos dirigimos para a saída do restaurante. Enquanto Ted estava falando com o manobrista, eu fiquei esperando e olhando uma revista. Apenas senti alguém me tocando, assim que virei, percebi que era o gerente do restaurante. Então ele falou:
- Com licença, a senhorita poderia me acompanhar?
- Mas, para onde? – perguntei curiosa.
- Tem um senhor naquela mesa querendo falar com a senhorita. – E apontou para o homem que estava na mesa. De imediato eu fiquei sem saber quem era, mas logo reconheci que era o disfarce de Michael. Então disse:
-Está certo, só um momento. – E fui até Ted e continuei:
- Não vou voltar com você, minha mãe ficou de vir me pegar aqui. Nos vemos amanhã! – Ele me olhou sem entender e disse:
-Tem certeza? Você não está me dizendo isso porque ainda está com raiva de mim? – Olhei sem palavras para Ted e menti:
- Não, é que hoje é a última prova do meu vestido de formatura. – Só em ele escutar isso, logo concordou e se mandou. O gerente pediu para que eu o acompanhasse até a mesa de Mike. Mesmo disfarçado ele tava um gatão e como sempre, com um enorme sorriso no rosto. Assim que me sentei ele disse:
-Espero não ter incomodado, vi você com aquele rapaz, e como eu estou de folga por hoje pensei que poderíamos pelo menos tomar a sobremesa juntos! – Olhei com um tímido sorriso no rosto e disse:
- Lógico que não Mike...- por um instante eu parei, eu nunca tinha chamado ele assim e continuei – aquele era o meu namorado. - Michael deu um sorriso e parecia estar feliz. Enquanto isso o garçom nos deu o cardápio e Michael fez questão de escolher a sobremesa e logo a sobremesa de mamão papaya com cassis foi servida. Estava em uma enorme taça de cristal.
- Então quer dizer que vocês voltaram a se entender? – Michael perguntou enquanto bebia um gole de água. Então eu disse:
- Não. A cada dia que se passa, mais as coisa pioram, hoje mesmo ele esqueceu que é meu aniversário. – Michael olhou-me surpreso e disse tirando onda:
- Nossa, não acredito que hoje você está ficando mais um ano velhinha. – Dei uma gargalhada com o seu comentário e fomos provar a sobremesa do restaurante. Primeiro eu provei, a sobremesa estava muito linda e delicada, só não sabia que o gosto era péssimo. Para não ser tão indelicada, engoli e fingi está ótima, até que foi a vez de Mike provar. Primeiro ele saboreou e assim que percebeu que o gosto estava péssimo, fez uma careta onde eu não pude evitar de rir. Então eu disse:
- É impressão minha ou você também sentiu um gosto diferente? – Michael olhou para mim bebendo mais um gole de água, mas dessa vez para tirar o gosto ruim da sobremesa e exclamou:
- Você chama isso de ruim? Meu Deus... Isso parece estar estragado! – Começamos a rir timidamente. Então ele decidiu chamar o garçom. Depois de pedidos de desculpas Michael não quis ficar mais lá, mas ele parecia uma criança quando insistia dizendo que queria tomar sobremesa. Então me perguntou:
- Você não sabe onde tem uma sorveteria um pouco desconhecida por aqui? – Olhei para ele e me lembrei que no bairro do lado eu e Vanessa costumávamos tomar um maravilhoso sorvete todas as tardes e que quase ninguém comprava lá. Disse o endereço, e ele fez questão que eu entrasse em seu carro. Mais uma vez ele estava dirigindo sozinho. Então fomos lá. No caminho escutamos James Brown e até os Beatles. Foi bastante divertido, além de poder cantar com ele, então eu disse:
- O meu melhor presente de aniversário, está sendo esse! – Michael me olhou sem entender. Logo percebi a expressão que estava em seu rosto e disse:
- Poder estar ao seu lado, nessa data tão importante. – Esse meu comentário fez com que os olhos de Michael brilhassem cada vez mais forte, o que me deixou encabulada.

Fui mostrando o caminho da sorveteria e logo chegamos por lá. Mike estacionou o carro em uma rua antes e pediu para que eu fosse na frente e me certificar que tinha pouca gente por perto. E foi o que eu fiz. Da esquina vi que só tinha um casal na calçada tomando sorvete, então fiz um sinal positivo para Mike e que atravessou a rua e veio em meu encontro. Ele estava com um boné e de cabeça baixa, mas não estava disfarçado. Entramos discretamente na sorveteria, e perguntei a Mike qual era o sabor que ele queria:
- Chocolate com morango. – Ele disse parecendo estar assustado. Olhei para ele e me deu uma vontade de rir, ele não parava de olhar para os lados. Ele com o julgamento já estava no alvo das notícias, imagina se ele fosse clicado tomando sorvete com uma garota desconhecida? Então o perguntei:
- Michael... – ele me interrompeu dizendo:
- Você está louca, não diga o meu nome. – Na mesma hora olhei para os lados para certificar de que ninguém tinha escutado e disse:
-Desculpas, é...você vai querer ficar aqui sentado ou vai sair? – Na mesma hora um grupo de crianças entraram na sorveteria com suas professoras da classe. Logo imaginei qual seria a resposta de Mike, ele concerteza não queria se arriscar ainda mais, por isso pedi os sorvetes e saímos pela porta.
Ninguém tinha percebido nada, mas Michel ainda continuava apressado e desconfiado. Então entreguei o sorvete para ele e saí andando em direção as estreitas ruas do bairro, então Mike disse:

-Pra onde você está indo? Porque não vamos ver o pôr do sol?.
-Pensei que você quisessem conhecer aqui... – Eu disse sem entender.
- Não...eu sei de um lugar onde podemos observar o pôr do sol e não tem muitas pessoas. Há muito tempo não observo a natureza... – Michael disse docemente. Acabei concordando, não tem como dizer não a esse homem não é? Entramos no carro e cinco minutos depois ele pediu para eu fechar os olhos. Eu sabia que ele queria fazer uma surpresa, ainda pensei em espiar mas guardei a ansiedade. Senti o carro parando e Michael dizendo;
- Você não está vendo nada não é? – Eu balancei a cabeça dizendo que não. Apenas eu escutava a sua risada, até que ele desceu do carro. Aos poucos ele abriu a minha porta, colocou a mão em meu rosto, ai que mão tão macia! Parecia veludo. Então ele tirou o sorvete de minhas mãos e segurou-a. Eu jamais imaginei ele fazendo isso comigo, parecia um sonho. Então ele me ajudou a descer do carro, senti um cheiro de terra e o canto de passarinhos. Me senti privilegiada naquele momento. Aos poucos ele foi tirando a mão do meu rosto e sussurrava em meu ouvido:
- Agora você pode ver... – Eu senti um enorme arrepio dentro de mim, fui abrindo os olhos bem devagar e não pude acreditar aonde eu estava. Olhei totalmente surpresa para Michael e ele apenas estava sorrindo para mim. Então perguntei:

-Eu... – Nenhuma palavra conseguia sair da minha boa, então Mike disse:
- Bem vindo a Neverland! É aqui onde eu costumo ver o pôr do sol

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Ola minhas flores, to vendo que vcs estão gostando mesmo da fic! Brigadão por tudooo. Amooooooooooooooooooooooooo vcs!

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Danny Show

avatar
Fã Dedicado
Fã Dedicado
huahsuashusa..rashei akii...aiai Frank espertinhuu
[O MIKE TÁ MTU FOFINHUUU...AI QUE VONTADE QUE EU TERIA
APERTAR AS BUCHECHAS DELE...*_*] posta mais...quero mais cap

Tatyka

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
Oh mila querida, eu tô adorando sua fic viu, estou sempre dando uma olhadinha pra ver se tem capitulo novo brigadinha bjs

karol jackson I

avatar
Super Fã Dedicado
Super Fã Dedicado
Aí q paixão tão linda!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! o Mike é um fofo mesmo (q invejá dele né) muito lindú tõ amando Mila
POSTA MAIS
BJUS
Wink

http://www.dangerous-candy.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Ooi, ooi ooi; como vcs estão migas?? ESpero que esteja tudo bem, essa minha semana está sendo muito corrida e eu vim aqui rapidinho postar para vcs! Um beijo no coração de cada uma, amo vcs!!

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable

Capítulo XVI



- Eu já devia saber...aqui é mais lindo pessoalmente do que nas fotos! –Eu disse não me contendo. Michael parecia estar feliz e disse:
- Tenho muitas coisas para te mostrar aqui... – Antes dele terminar a frase, eu o dei um enorme abraço, que fez com que ele não terminasse de falar, apenas me abraçou também. Aquele momento estava sendo mágico. Parecíamos que não íamos nos soltar mais, aos poucos sai de seus braços, pensei em pedi desculpas, mas desculpas de que? Estar em seus braços tinha sido maravilhoso, então acabei ficando calada e vermelha de vergonha.

Michael pegou em minha mão e saímos andando sem destino. Enquanto isso ele me contava o quanto gostava de Neverland e que lá ele poderia andar sem rumo e sem preocupação, pois nenhum paparazzi iria fotografá-lo. Eu estava encantada com o local, andamos bastante e logo chegamos em um local alto, o sol já estava indo embora e Michael saiu correndo comigo em direção a um banco de madeira, até ele correndo era lindo! Eu comecei a gargalhar e Mike não estava entendendo o porquê de eu estar rindo, então ele perguntou:

- Está rindo por quê?
- Nunca me imaginei correndo com você Michael... – Mesmo sendo uma besteira Mike achou engraçado e disse:

- Você está atenta a todos os detalhes da vida, eu também sou assim, tem até gente que acha que sou perfeccionista demais.
- Mas tem um lado bom disso, afinal você quer o seu trabalho impecável, e está certo. – Eu disse. Michael ao escutar isso me retribuiu com uma piscadinha. Olhei com uma cara para ele e disse brincando:

- Você sempre faz isso para as mulheres, fique sabendo que não vai me seduzir. – O pior é que ele já tinha me seduzido a muito tempo. Michael me olhou sem entender e disse:

- Do que você está falando? – Ele parecia sério, mas eu percebi que ele estava tentando prender o riso. Eu disse:
-Você sabe muito bem do que eu estou falando Sr. Michael Joseph Jackson! – Quando ele escutou isso não se agüentou e começou a rir e disse:
-Tudo bem, tudo bem, vou fingir que não te conheço. – Ele tentava ser sério, mas não conseguia, então eu disse:

- Você parece uma criança birrenta! – Isso fez com que ele gargalhasse ainda mais. O sol já estava indo embora, ele pegou em minha mão e fez um sinal me mostrando a quantidade de pássaros que estavam voando no enorme céu brilhante. Olhei com doçura para ele e disse:
- Nossa que lindo...aqui é o lugar mais mágico que eu já vi Michael, aqui eu senti paz e tranqüilidade, obrigado por me trazer aqui, sou privilegiada. – Enquanto eu dizia isso, Michael olhava atentamente para mim, mas eu logo percebi que o seu olhar se fixava em minha boca. Fiquei calada, esperando ele dizer algo, mas ele estava calado. Isso fez com que eu fosse ficando bem vermelhinha. Então finalmente ele disse algo:

- Eu apenas trago as pessoas especiais para cá, você é meiga, inteligente, é especial para mim desde o momento que eu te vi.- Aqueles elogios fez com que uma lágrima descesse sobre o meu rosto, o meu coração estava disparado, então eu disse:

- Mike, sempre que você precisar de um ombro amigo, pode sempre contar comigo. Você é mais que especial para mim. – O meu coração clamava por um beijo, mas eu não tinha coragem de tomar a iniciativa, por um momento ficamos em pleno silêncio, apenas observando a encantadora paisagem.

-Para mim não existe obra mais perfeita que a natureza... – Michael disse e logo deu um suspiro. E completou - ..pena que o homem está ocupado com outras coisas e não tem tempo de ver as simples coisas da vida.
- Existem pessoas que sequer admiram um simples sorriso. –Eu disse. E mais um momento ficamos calados. O pensamento de Michael estava um confusão, ele sabia que estava sentindo algo por mim, mas tinha medo de ser magoado e achava que no momento que ele estava vivendo não poderia ter uma paixão. O silêncio logo foi interrompido quando escutamos uma voz de criança gritar:

-Pai!!!!!!

http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 3 de 15]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9 ... 15  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum