Seja bem-vindo (a) a sua Neverland virtual!

Aqui você encontrará tudo sobre o anjo e homem Michael Jackson e também poderá conhecer pessoas com os mesmos gostos que você. Irá conviver e aprender muito mais sobre este artista e ser humano maravilhoso que é Michael Jackson!

Faça parte da nossa família você também! Michael Jackson não é só um cantor e sim uma filosofia de vida!

------- Equipe Neverland -------

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[FINALIZADA] Earth Song / Parte 03: O Milênio - BY: Mih Ja

Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 12 ... 22  Seguinte

Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 22]

Camilla Joseph Jackson


Fã Veterano
Fã Veterano
Êbahhhhhhhhhhhhhhhhhh.!
tô amando a 3ª parte *---*
pena que é a ultima ~~'
(nem começou e eu ja tô pensando no final crylaugh )

Go Miriaaam.! õ/

Convidad


Convidado
não tive como acompanhar a 1º e a 2º parti toda, li só alguns capitulos =[[
mas eu to vendu a 3º
espero que eu entenda a HIStorya hehe

tô amandu
nuss como a Miriam consegue escrever tanto aushausha

continuaaaaaaa!!!!!!!

Camilla Joseph Jackson


Fã Veterano
Fã Veterano
Cadê o capitulo de hoje ? baby**

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Priscilla Jackson Lee escreveu:não tive como acompanhar a 1º e a 2º parti toda, li só alguns capitulos =[[
mas eu to vendu a 3º
espero que eu entenda a HIStorya hehe

tô amandu
nuss como a Miriam consegue escrever tanto aushausha

continuaaaaaaa!!!!!!!

Então Pris, exatamente por isso que no primeiro capitulo eu fiz apenas com a Jill pensando sobre cada personagem da história e o que aconteceu... eu imaginava que teria alguém que começaria a ler a terceira parte sem ter lido as duas primeiras kkkkkkk

Mas que bom que esta gostando... faz o seguinte, quando o conto acabar, arruma um tempinho pra ler as duas primeiras partes, pois muitas coisas emocionantes aconteceram...

Beijos.

Já tô postando o terceiro capitulo...

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capitulo 03

- Preparem-se para partimos! - gritou Sebasthian aos soldados.
Dominique que estava sentada perto dele, disse enquanto analisava cada detalhe de seu punhal dourado:
- Sabe Sebasthian, eu tive um sonho sinistro essa noite, e eu gostei muito dele...
- E como foi o sonho?
- Sonhei que eu tinha o poder para controlar os céus e a terra, apenas com os movimentos das minhas mãos eu causava terremostos e furacões, do céu descia descargas elétricas que eu jamais vi em toda a minha vida e fogo brotava do chão, meu poder era grandioso!
- Você acha que tem algum significado esse sonho?
- Eu acho que foi uma premonição do que essas cinco insígnias vão me dar, e isso só aumentou o meu desejo de te-las em minhas mãos o mais rapido possivel e finalmente me tornar a rainha desse mundo e estabelecer uma nova era!
Sebasthian sorriu pra ela:
- É uma honra ser seu companheiro nessa conquista! - ele pegou em sua coxa. - A nave esta pronta minha rainha, qual é o nosso destino?
Ela olhou o seu reflexo no punhal
"Os que não forem de raça pura devem ser eliminados e queimados em fogueiras"
Ela sorrindo pra si mesma respondeu:
- Alemanha!



Michael e Jill caminhavam pelas ruas silenciosas, Michael jamais havia se esquecido daqueles caminhos que fizeram parte de sua infância, e tudo estava igual, eram as mesmas casas, as mesmas árvores, as mesmas pessoas, nada havia mudado, dentro de Michael ele sentia que algo havia de errado, mas o que poderia ser? Afinal, porque dentro do portal estava a cidade que ele viveu na infância? Essas eram perguntas que ele não podia achar resposta naquele momento, porém idependentemente do que tudo aquilo significava, Michael sabia para onde ele deveria ir:
- É aqui!
Jill olhou para a casa a frente deles se perguntou o que havia ali, pois ele não tinha explicado a ela.
Michael se sentia como uma panela de pressão, as emoções saltitavam dentro dele procurando um buraquinho para sair. Aquela era a casa onde ele havia vivido seus primeiros anos de vida junto com seus pais e seus amados irmãos, antes de se apresentar ao mundo como o menino timido e cheio de talento, antes de conquistar uma fantastica fama, antes de ser o REI DO POP, antes de ser reconhecido como o maior artista musical de todos os tempos!
Ao se aproximar da porta de entrada, Michael sentiu um arrepio gelado correr por todo o seu corpo, ele estava nervoso mas sabia que seja lá o que ele deveria encontrar estava atrás daquela porta, Michael tocou a maçaneta mas antes dele movimentar a mão, alguém do lado de dentro abriu-a, assim apareceu na frente deles a figura de um menino negro, pequeno e magro. Nesse momento Michael não pode mais conter a emoção e caindo de joelhos na frente do menino, abraçou-o chorando como uma criança.
Jill olhou aquilo sem entender o que se passava:
- Michael, quem é esse menino?

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

GéssicaWalker

avatar
Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
Shocked o.O
Meu Deus!A fada chegou com tudo agora!!! affraid
Eh o Michael!Ele está abraçando a si proprio quando jovem!Só pode!
cry**
ai que emoção!

Convidad

avatar
Convidado
*Mih J@ckson - new fase escreveu:
Priscilla Jackson Lee escreveu:não tive como acompanhar a 1º e a 2º parti toda, li só alguns capitulos =[[
mas eu to vendu a 3º
espero que eu entenda a HIStorya hehe

tô amandu
nuss como a Miriam consegue escrever tanto aushausha

continuaaaaaaa!!!!!!!

Então Pris, exatamente por isso que no primeiro capitulo eu fiz apenas com a Jill pensando sobre cada personagem da história e o que aconteceu... eu imaginava que teria alguém que começaria a ler a terceira parte sem ter lido as duas primeiras kkkkkkk

Mas que bom que esta gostando... faz o seguinte, quando o conto acabar, arruma um tempinho pra ler as duas primeiras partes, pois muitas coisas emocionantes aconteceram...

Beijos.

Já tô postando o terceiro capitulo...



Eita e esse alguém esta sendo eo Embarassed mas eu li alguns capitulos Razz
é que tantas coisas me aconteceraum, até sumi de Neverland por um tempão Sad

Eu to gostandu sim, e muito!!! vo fazer issu, vo arrumar um tempinhu pa ler as primeiras partes, pode deixar! num posso ficar boiando na HIStoria ¬¬

Beijinhus migah! slove*

Camilla Joseph Jackson

avatar
Fã Veterano
Fã Veterano
AAA²
será mesmo que é o próprio Michael ?
tô morrendo de curiosidadeee.! :RAI*:

badjackson

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
É ele, é ele
Mike grande, Mike pequeno juntos que maravilhaaaaaaaaaa...

será q vai ter I'll be there igual akele comercial?

Nanda-

avatar
Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
Uia é o Michael sim Very Happy
Nss deve ser uma grande emoção se ver quando criança :iupi*:
Continua Fadaa Razz

Nanda-

avatar
Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
badjackson escreveu:É ele, é ele
Mike grande, Mike pequeno juntos que maravilhaaaaaaaaaa...

será q vai ter I'll be there igual akele comercial?

Ia ser dahora :)

badjackson

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
:VIVA*: amanhã faz 5 meses o conto da Tia fada

Amy Jackson

avatar
Moderação
Moderação
owwwwwn o mikeeee , sabia que ele ia a 2300 jackson street hehe
mas nuuuuuuuuussa tadinhoooo eu queria ser a jill eu ia ficar muito emocionada ao vê-lo na casa dele, owwwwn que foooofooooo ^^


_________________________


***
ONE MORE CHANCE...in love. MJ

Nanda-

avatar
Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
badjackson escreveu::VIVA*: amanhã faz 5 meses o conto da Tia fada

Na verdade é 6 meses Bad Razz
O 1º capitulo da 1ª parte do conto foi postada no dia 17 de maio lol!
Ou seja... Faz meio ano que estamos lendo o conto da Fada 👅

badjackson

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
é verdade errei a conta
aff fugi da escola 👅

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capitulo 04

Sob dezenas de olhares, Brad e alguns soldados adentravam a fortaleza de Lucian, a aparencia deles era de abatimento e vergonha devido a derrota em Cremare.
Lucian aproximou-se com sua aceira flutuante:
- Voltou rapido Drastovich, e então, aonde estão os prisioneiros?
- Senhor, os presos...
Lucian interrompeu Brad gritando:
- Não precisa me contar o que houve em Cremare, pois Santhine já me deu a noticia! - Lucian estava muito aborrecido. - Pra mim, não existe coisa pior do que ver um inimigo meu debochar da minha cara, ainda mais Alex Santhine!
- Senhor Gouvier, eu...
- Cala a boca enquanto eu estiver falando seu inutil. - Lucian gritou batendo a mão na cadeira. - Meus hackers conseguiram as imagens da rebelião de Cremare, e sabe o que eu descobri?
Brad ficou em silêncio e Lucian continuou:
- Descobri que você estava tão distraido tentando seduzir a irmã do Santhine que nem percebeu o que estava acontecendo do lado de fora.
Brad abaixou a cabeça envergonhado e Lucian pegando nos cabelos dele levantou-a de volta:
- Olhe pra mim quando eu estiver falando com você imbecil!... Foi a tua luxuria que me fez perder a oportunidade de finalmente colocar as mãos nos meus piores inimigos e pegar as insígnias de volta, agora todos estão na minha frente, inclusive a vadia da Dominique.
Lucian empurrou a cabeça de Brad pra trás com tanta força que ele foi pro chão:
- Brad Drastovich, você é uma fraude, é um fraco e um ignorante, eu me enganei ao achar que você era um dos meus melhores soldados, agora eu descobri que posso achar mais valor e honra em um escravo do que em você!
- Senhor Gouvier, eu cometi um erro, mas mesmo assim ainda sou um de seus melhores soldados. - Brad disse levantando-se do chão.
- Um erro é inadimisivel, e um erro como o seu prova que você é um péssimo soldado, mas saiba que eu encontrei no meio de meus soldados um comandante de verdade, um homem frio e inteligente, virtudes essas que você não possui.
- E quem é esse homem?
Lucian apontou na direção do homem ao qual ele se referia:
- Comandante Sparks.
- Um homem ariano, alto e muito forte deu alguns passos a frente. Brad surpreso exclamou:
- Landon Sparks?! Mas ele era um de meus subordinados!
- Pra você ver Drastovich, assim que você saiu para a missão ao qual te designei, ele subiu de patente e assim eu pude notar o homem valoroso e fiél a mim que havia no meu exército.
Lucian fez um sinal com a mão para Landon, e esse sem dizer uma palavra apontou a sua arma e começou a atirar no meio da testa de cada soldado que havia regressado de Cremare, Brad apertou os olhos já pressentindo que esse seria o seu fim.



- Esse menino... essa criança sou eu! - Michael respondia a pergunta de Jill.
Ela apenas colocou a mão na boca sem dizer nada, Michael olhou para o menino que nada mais era que ele mesmo quando criança e perguntou:
- Hey Michael, quer brincar comigo?
Um grande sorriso pareceu no rosto do menino e ele respondeu com voz timida:
- Sim, eu quero!
- Do que você quer brincar?
- Eu quero... eu... você sabe jogar basquete?
Michael riu e respondeu:
- Bom... não jogo maravilhas, mas pra brincar eu dou pro gasto. - Michael riu de novo.
- Então vou buscar uma bola!
- Boa idéia Michael!
O menino correu para dentro da casa e Michael levantou-se enxugando as lagrimas. Jill com semblante de dúvida no rosto perguntou a ele:
- Michael, você me disse que aquele menino é você quando era criança?
- Isso...
- Eu não entendo, Michael, ele é um menino negro!
Michael se sentiu mal pelo o que Jill acabara de dizer, porém soube compreenderque ela não sabia desse detalhe de sua vida:
- Jill, eu sou negro... é que eu sofro de uma doença chamada vitiligo... essa doença destrói a melanina da pele, causando despigmentação da pele, essa doença fica cronica quando aa pessoa passa por momentos depressivos, assim como eu passei... eu... eu não escolhi ter essa doença Jill, eu não queria... e as pessoas... muitas pessoas me julgaram... me chamaram de racista... e ... e eu não sou... na verdade eu nunca julguei ninguém por causa da cor da pele ou por lugar de origem... eu... pra mim as pessoas são todas iguais, não importa se são brancas ou negras, isso daqui. - Michael passava a mão sobre a pele. - Isso é apenas casca, por dentro todos somos iguais, todos temos um coração e dois pulmões... todos temos o sangue vermelho... todos temos sentimentos. Michael falava tudo de um modo muito afobado e em meio a soluços.
Jill pegou o rosto dele e enxugando suas lágrimas disse suavemente:
- Calma meu amor, eu acredito em você, você é maravilhoso Michael, você é um ser humano raro, entendo que pra algumas pessoas é dificil compreender a sua natureza. - Jill colocando a mão no queixo dele levantou o rosto que tinha se abaixado. - Mas saiba Michael que não só para mim, tanto negro quanto branco, você é a pessoa mais fenomenal que eu já conheci em toda a minha vida, e eu tenho certeza que eu não sou a unica que tenho essa opinião!
Michael beijou a mão de Jill:
- Obrigado minha menina, obrigado por fazer parte da minha vida!
- Por favor Michael, não me agradeça pois isso quem tem que fazer sou eu! Pois desde o dia que eu te conheci, você só tem me feito bem.
Os dois deram um selinho rapido, e nesse momento o menino-Michael saiu com a bola de basquete na mão:
- Ali tem uma tabela!
Michael olhou rindo para o menino e gritou:
- Quem chegar por ultimo é o Capitão Gancho!
Michael saiu correndo em disparada e o menino correndo atrás dele gritou:
- Não vale, você trapeceou nessa! ... e quem é o Capitão Gancho!
Michael já na frente da tabela disse pra ele:
- Um dia você vai saber... e como vai! E eu que cheguei primeiro sou o Peter Pan!
Jill andava na direção deles rindo tanto da cena que acabara de acontecer, e também porque ela estava feliz por ver que Michael também estava assim.

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

badjackson

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
ahhhhhhhhhhhhh
Não o capitão gancho nãããããoooo
kkkkkkkkkkkk

fada continuaaa
please

Camilla Joseph Jackson

avatar
Fã Veterano
Fã Veterano
Nuss, eu achava que a Jill já sabia do vitiligo ,p
Go Fadaaaaaaaa.!

Amy Jackson

avatar
Moderação
Moderação
hahahahahahaha Capitão Gancho, adorei esse final bem Michael mesmo, aaaaaaaa *saio correndo* caramba , nem metade eu consigo correr mais haushuashas
tadinho do Mike explicando sobre o vitiligo, é isso que o mundo deveria saber e tenho certeza que ele falaria exatamente o que a Fada falou na fic, nós o amamos do jeito que ele é , está e sempre foi, independente da época, Michael é TUDO!!!
Continua Fada, tá muito lindaaaa!!!


_________________________


***
ONE MORE CHANCE...in love. MJ

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capitulo 05

Obina aproximou-se de Alex que permanecia pensativo:
- E então Alex, está esperando o que para fazer o que Michael te disse?
Alex estranhou, pois não havia contado a Obina que havia falado com Michael:
- Hãn?... mas como você...
Obina não deixou-o terminar a pergunta:
- Os inimigos estão avançando, nós não temos todo o tempo do mundo.
Alex suspirou e disse:
- Michael sempre foi o nosso guia, como vamos saber em que lugar da Alemanha está a insíginia sem a ajuda dele?
- Alex, se Michael sempre guiou vocês aos lugares certos, não é porque ele está longe que vai deixar de guiar, a resposta sempre está nele, basta procurarem.
- Acho que sei o que você quer dizer Obina.
- Ótimo, uma nave já está preparada para vocês partire.
Alex encarou Obina:
- Você vem com a gente?
- Não, irão apenas você e seus amigos. Está vendo essa multidão de homens?...
(Alex respondeu com um aceno afirmativo de cabeça)
-...eles precisam de alguém a frente para marcharem até a grande batalha contra o mal.
- Marcharem? Mas o caminho é longo demais!
Obina soltou uma longa risada:
- Isso foi apenas força de expressão, na verdade temos ótimos carros.
- Carros? Impossivel! Vocês só podem chegar até a fortaleza de Lucian pelo ar!
- Então devo pedir aos céus que nos dêem asas para voar!
Alex franziu a testa sem entender ao certo o que Obina queria dizer.



Jill estava encostada em uma árvore assistindo enquanto Michael e Michael se divertiam.
Os dois batiam a bola correndo pra todos os lados e jogavam a bola na direção da cesta, hora acertando e hora errando, era a primeira vez que Jill conhecia o verdadeiro Michael, uma criança presa no corpo de um adulto, esse Michael que nós fãs conhecemos e amamos profundamente, e esse Michael se divertia e ria muito, aproveitava de seu tamanho para tirar vantagem no jogo, fazendo coisa do tipo segurar o menino com uma mão enquanto batia a bola com a outra.
Após algum tempo de jogo e risadas, o Menino pegou a bola na mão e entregando pra Michael perguntou:
- Consegue fazer uma cesta de três pontos?
- Hum... posso tentar...
Michael afastou-se da um pouco formando uma reta diagonal em relação a cesta, ajeitou a bola nas mãos, respirou fundo, arqueou os joelhos, lançou a bola e... ela bateu no aro e voltou.
O menino-Michael começou a rir e a cantarolar:
- Não consegue! Não consegue!
Michael ria e falava eufórico ao mesmo tempo:
- Não... não... dessa vez eu não tinha me concentrado direito.
Jill começou a rir e Michael olhando pra ela perguntou:
- Posso saber do que a mocinha ta rindo?
- De toda a situação...
- Não minta pra mim senhora Jackson, sei que está rindo porque eu errei aquela cesta. - Michael tentava se fazer de sério.
- Não meu amor... - Jill continuava rindo.
- Agora eu quero ver se você consegue. - Michael entregou a bola nas mãos dela.
O riso dela acabou naquele momento:
- Não Michael... eu nunca fiz isso!
Michael começou a pular em volta dela:
- Tá com medo, tá com medo!
- Não tô com medo de nada.
O menino olhou pra Jill e pediu com jeito:
- Não custa nada você jogar a bola, faz essa cesta.
Jill torceu o beiço e jogou a bola de qualquer jeito e assim ela passou a milhas de distancia da cesta. Michael colocando a mão no olho e jogando a cabeça pra trás gritou:
- Isso foi horrivel! Jill, você precisa de umas aulas de basquete.
O menino-Michael concordou rindo:
- Ele tem razão, esse foi o pior arremeço que eu vi em toda a minha vida!
Jill colocou a mão na cintura e falou séria para os dois:
- Péra um pouco, agora os dois vão se juntar pra ficar me zuando? Eu disse que eu não sabia jogar!
- Jill, menina dos meus olhos, não fica assim não porque nem tudo está perdido pra você. - Michael dizia em tom sarrista. - Você não me ensinou a lutar? Então eu te ensino a fazer uma cesta de basquete!
Jill sorriu olhando pra cima:
- Tá bom, eu aceito!
Michael pegou a bola do chão e começou a explicar pra ela:
- Você não pode jogar a bola de qualquer jeito como você fez antes, primeiro você tem que pegar na bola do jeito certo, assim ó. - Michael mostrou o posicionamento correto das mãos na bola. - dobre um pouco os joelhos e salte impulssionando o braço de forma que leve a bola na direção exata...
Michael lançou a bola que foi certinha na cesta.
- Viu como não é tão dificil?
- Você diz isso porque já sabe fazer...
- Eu não nasci sabendo, um dia eu aprendi...
Jill respirou fundo e pegando a bola e seguindo os conselhos de Michael jogou a bola que acertou a tabela e... não entrou:
- Merda! - gritou Jill
Michael tampou a boca dela como sinal de que não deveria falar esse tipo de coisa perto do menino, Jill destampou a boca:
- Desculpe Michael. - ela disse dirigindo-se ao menino.
Ele deu sorriu pra ela e respondeu:
- Tudo bem.
Nesse moemento Jill pode identificar no pequeno garoto o mesmo sorriso do homem que ela amava.
Michael jogou a bola para o menino:
- Vamos Michael, mostra a ela o que é uma cesta perfeita!
Ele fez que sim com a cabeça e lançando a bola fez uma cesta, depois ele pegou a bola novamente e entregou para Jill:
- Quer tentar de novo?
- Vai Jill, tenta mais uma veizinha. - Michael reforçou.
Ela pegou a bola na mão e virou o corpo na direção da tabela, Michael se colocou atrás dela e falava próximo ao seu ouvido:
- Basta apenas não ficar nervosa, não existe mais nada no mundo além de você a bola e a cesta...
Jill respirou e jogou a bola que bateu no aro e girou uma vez... girou duas vezes... três vezes e finalmente entrou ultrapassando a cesta.
- Conseguiu! - gritou o menino-Michael.
- Os três começaram a comemorar a cesta de Jill até que uma voz familiar interrompeu os três:
- Michael, venha já para dentro!
Michael reconheceu a voz grossa e onipotente de seu pai, olhando na direção da casa iu a sua figura parada na porta da frente.
O menino agora demonstrava um semblante de pavor, olhou para Michael e Jill com os olhos arregalados como se pedisse ajuda, ficou poucos segundos imovel e depois correu na direção da casa.

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Amy Jackson escreveu:hahahahahahaha Capitão Gancho, adorei esse final bem Michael mesmo, aaaaaaaa *saio correndo* caramba , nem metade eu consigo correr mais haushuashas
tadinho do Mike explicando sobre o vitiligo, é isso que o mundo deveria saber e tenho certeza que ele falaria exatamente o que a Fada falou na fic, nós o amamos do jeito que ele é , está e sempre foi, independente da época, Michael é TUDO!!!
Continua Fada, tá muito lindaaaa!!!

Valeu Amy...
então, eu não consigo explicar o pq, mas sentia nescessidade de tocar sobre esse assunto do vitiligo, pq infelizmente existem muitas pessoas (inclusive que se dizem fãs) que acreditam que Michae mudou a cor da pele por racismo, e eu realmente tentei me colocar no lugar dele pra responder da forma que ele responderia a esse respeito, ainda bem que eu consegui... rsrsrsrsrsrsrsrsrs

Galera... valeu pelo carinho de vocês!!!

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

Nanda-

avatar
Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
Meu Deus O_O'
Joseph a vista :suspect:
Vixii esse tal de Landon Sparks:shock:
Mas sei que vão cuidar dele sapoo*
O conto esta perfeito como sempre
Só que a parte do basquete ficou parecida com uma parte de um outro conto que to criando crylaugh mas vou mudar Razz

Amy Jackson

avatar
Moderação
Moderação
aiii meu Deus lá vem o Joseph , nhaaa tomara q ele não brigue com o menino michael tomara, não quero q isso aconteça =(
nhaaa tão divertido o jogo d basquete
haushaushuash
lol


_________________________


***
ONE MORE CHANCE...in love. MJ

badjackson

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
se o Joseph brigar oMike grande dá um kame hame há nele
brincadeira sei q ele não faria isso pois é um homem honrado e educado, mass q ele ia dar uma chamada no Joe isso ele ia
go Mikeeee

tia fada continua por favor

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capitulo 06

Michael sentiu uma queda de pressão naquele momento e logo foi amparado por Jill:
- Meu amor, o que foi?
- Minha pressão caiu. - Michael estava com falta de ar. - Eu não estou me sentindo bem, estou um pouco tonto.
Jill ajudava-o a se mover:
- Calma, senta um pouco e mantenha os olhos fechados e a cabeça entre os joelhos, isso passa logo.
Jill ajudou Michael a sentar-se no chão e ele fez conforme ela disse.
De repente uma voz grave e assustadora falou perto deles:
- É assim que eu gosto de você... tão fraco, tão vulneravel...
Michael levantou a cabeça e viu a figura de um ser com aparencia de homem só que não era um ser humano, ele se vestia de preto e usava uma enorme capa preta, seu rosto era feito de metal e seus olhos eram bolas de fogo.
Jill encarou ele demonstrando que não estava intimidada com a sua presença:
- Posso saber quem é você?
- Me chamam de varios nomes. - ele sorriu para ela. - Senhor das trevas, Hades, Nefesto, Belzebu...
Michael perguntou a ele:
- É você quem devermos enfrentar para pegar a insígnia?
Ele riu da pergunta de Michael:
- Me enfrentar? Por um acaso você acha que sou o seu próximo vilão? Se pensa isso, você se engana, mas isso não quer dizer que eu não seja o seu inimigo.
- Se você não é o meu próximo vilão e eu não vou te enfrentar, então o que você faz aqui?
- Deixa eu te explicar uma coisinha Michael Jackson, para todo heróis sempre existe os vilões esse geralmente são aqueles que vão usar de força física para lutar contra o herói, diferente do arqui-inimigo, esse é aquele que luta com o poder do cérebro. - ele disse batendo o dedo na cabeça. - Não sou um vilão, eu sou um arqui-inimigo, e o meu intuito é fazer você se auto-destruir e não pouparei estratégias pra isso, não vou ter pena de você em nenhum momento, pois o que eu quero é que você consiga ir em frente para que as cinco insígnias caiam nas mãos de minha serva Dominique e assim esse maldito planeta seja finalmente aniquilado!
Michael levantou-se encarando aquele ser e perguntou:
- Você está aqui apenas porque sabia que eu viria, não é verdade?
- Exato!
- Você criou tudo o que estou vendo agora, de alguma forma você pretende me torturar...
Michael foi interrompido:
- Eu serei o seu pior inimigo pois farei você enfrentar o seu próprio passado, os seus medos e traumas, e eu tenho certeza de que você não vai aguentar e vai se arrastar de joelhos perante mim pedindo por clemencia.
Jill entrou na frente de Michael e apontando o dedo pra aquele ser maligno gritou:
- Você vai ver quem é que vai pedir por clemencia seu imbecil!
Ele fingiu que não ouviu as palavras de Jill e dirigiu-se novamente pra Michael:
- Seu pai era tão mal com você, não é verdade Michael?
Michael olhou na direção da casa e pressentindo algo ruim pegoou na mão de Jill:
- Venha comigo!
- O que foi Michael?
- Jill, por favor, venha comigo!
Michael puxou ela até a frente da casa e abrindo a porta contemplou o lado de dentro que estava do mesmo jeito que era em sua infância. Michael e Jill entraram e depois da porta se fechar eles caminharam pela casa, enquanto Michael olhava o teto, as paredes e todos os adornos ele cantava.

Have you seen my childhood?
(Vocês viram minha infância?)
I'm searching for the world that I come from

(Estou procurando pelo mundo de onde venho)
'Cause I've been looking around

(Porque eu tenho procurado)
In the lost and found of my heart

(Nos "achados e perdidos" do meu coração )
No one understands me...

(Ninguém me entende... )
They view it as such strange eccentricities

(Eles vêem isso como estranhas excentricidades)
'Cause I keep kidding around

(Porque eu ficou por aí brincando)
Like a child, but pardon me
(Como uma criança, mas me perdoem)

People say I'm not okay

(As pessoas dizem que eu não estou bem)
'Cause I love such elementary things

(Por eu amar coisas tão elementares)
It's been my fate to compensate

(Tem sido o meu destino para compensar)
For the childhood I've never known

(Uma infância que eu nunca conheci)

Have you seen my childhood

(Vocês viram minha infância?)
I'm searching for that wonder in my youth

(Estou procurando pela beleza na minha juventude)
Like pirates and adventurous dreams

(Como piratas e sonhos de aventura)
Of conquest and kings on a throne

(De conquistas e reis nos seus tronos)

Before you judge me

(Antes de me julgar)
Try hard to love me

(Tente muito me amar)
Look within your heart then ask

(Olhe dentro do seu coração e pergunte)
Have you seen my childhood

(Vocês viram minha infância?)


Finalmente Michael chegou em um comododa casa onde pode ouvir a voz de seu pai:
- Michael, estou perdendo a paciência com você, faça isso direito ou vai se ver comigo! - ele gritava furioso.
Michael apressou os passos e abrindo a porta gritou:
- Não faça isso Joseph, pelo amor de Deus, não faça isso!. - A voz de Michael saia ofegante e como se houvesse um nó em sua garganta.
Jill passou pela porta e via a imagem do menino encolhido em um canto tremando e chorando.
Joseph engoliu seco, pasmo por ver a imagem de seu filho já adulto parado a sua frente.

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

Camilla Joseph Jackson

avatar
Fã Veterano
Fã Veterano
Emocionante esse encontro Sad
eu quero chorar maais.! lol!

Amy Jackson

avatar
Moderação
Moderação
aiiiiiii que emocionante [2]
nossa que bom que o Michael grandão tá evitando o que o Michael pequeno tava passou...
quero mais tia fada!
tá maravilhoso nossa, lindo demais!!!!!!


_________________________


***
ONE MORE CHANCE...in love. MJ

badjackson

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
isso aí Mike enfrenta ele mesmo
gostei de ver
emocionante [3]

conta mais fada
aff
ô seu coisa ruim, vc ainda não aprendeu q o mal NUNCA vence?
aff vai gostar de perder assim no inferno

mostra pra ele Mike o poder do bem

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 2 de 22]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 12 ... 22  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum