Seja bem-vindo (a) a sua Neverland virtual!

Aqui você encontrará tudo sobre o anjo e homem Michael Jackson e também poderá conhecer pessoas com os mesmos gostos que você. Irá conviver e aprender muito mais sobre este artista e ser humano maravilhoso que é Michael Jackson!

Faça parte da nossa família você também! Michael Jackson não é só um cantor e sim uma filosofia de vida!

------- Equipe Neverland -------

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[FINALIZADA] Meu Eterno Amor

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 4 de 5]

76 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Qui Nov 01 2012, 23:25

Paulinha Jackson s2


Super Fã
Super Fã
Capítulo 28

Jhon adentra os portões de Neverland , parte para a cozinha .

- Hum que cheirinho bom Liz - Sentou-se .

A senhora baixinha e robusta apenas sorriu .

- Bom dia Seu Jhon .

- Bom dia querida , e Lupi ainda não desceu para tomar café ?

Liz empalideceu e a xícara que ela segurava foi ao chão .

- O que houve Liz ?

- Sr. Jhon a menina Lupi não está mais morando aqui .

- Como assim ?

- Ontem pela manhã ela viu os noticiários e neles diziam que o Sr . Jackson tinha reatado com a Sra. Delour .

- Eu vi os noticiários , mais não achei que ela fosse acreditar nisso .

- Mas é que não foram só os noticiários , a D. Roysy esteve aqui e as duas conversaram , depois disso a menina saiu daqui de mala e tudo totalmente transtornada e chorando e não voltou .

- Deus a Roysy contou tudo a ela , o Michael precisa saber disso .

Jhon sai apresado da casa e parte para a vila onde Lupi morava , até onde ele sabe a menina não teria outro lugar pra ir .

Ao chegar a vila , bate a porta de Lupi e quem sai é Camily .

- O que o Sr quer aqui ? Acaso foi seu amigo Stive ou seria Michael ? que o mandou aqui ? - Perguntou com cara de poucos amigos .

- Não foi o Michael que me mandou aqui , tudo vai ser explicado por ele Camily , agora me diga onde Lupi está ?

- Ela foi embora e não voltará mais . Vá e diga isso ao seu amigo

- Ok Camily , eu irei , mais o Michael virá atrás dela - Jhon sai da vila e logo liga para Michael .

- Michael

- O que Jhon ?

- Se não estiver sentado , senta agora por que a notícia que eu tenho pra te dar é terrível .

- Nossa o que aconteceu homem ?

- A Lupi ... - Exitou .

- Fala Jhon , o que aconteceu com a minha menina ? - Preocupado

- Ela descobriu tudo Michael, descobriu toda a verdade sobre o Stive .

- O que ?

- A Roysy contou tudo a ela .

- Desgraçada - Murmurou .

- A Lupi deve estar me achando o pior dos canalhas , fale com ela Jhon , estou voltando pra L.A agora mesmo .

- Ela não está em L.A Michael .

- E onde ela está ? - Pergunta desesperado .

- Não sei , ela foi embora e não se sabe pra onde .

(...)

Por Michael

A terra pareceu abrir em baixo dos meus pés , lágrimas silênciosas escorreram por meu rosto , o celular deslizou das minhas mãos indo de encontro ao chão , assim que Jhon terminou de dizer a frase " Ela foi embora ..." Uma vontade de gritar e correr até ela me tomou , não importava onde ela estivesse , eu iria atrás dela , eu a amao e não posso viver sem ela .

(...)

8 Meses haviam se passado desde o último dia em que vi minha menina , eu a procurei todos os dias , durante todos esses meses . Camily era irredutível não dizia para onde ela tinha ido e não havia lugar que eu já não a tivesse procurado , ela parecia ter evaporado da terra .
Minha vida nada mais era que um tormento sem saber como ele estaria e o quanto estaria me odiando . Eu não me sentia vivo longe dela , nada mais me animava , eu só queria encontrá -la e dizer o quanto eu a amo .

(...)

Por Lupi

8 meses longe de tudo e de todos , foi pior do que eu pensava .

O trailer onde eu morava ficava em um lugar deserto , a cidade mais próxima ficava a alguns kilômetros de distância , só ia até a cidade 1 vez por mês para visitar o médico e ir ao mercado . A tia que me emprestou o trailer me emprestou também um carro velho , que me servia muito .

Aqui não tinha muito o que fazer , quando não ficava lendo eu ia ver as estrelas e cantar pra minha filhinha . Eu já tinha descoberto o sexo do Bebê , seria uma menininha e se chamaria Hope (Esperança) ela é a única coisa que tenho nesse mundo solitário e frio .

Foram meses difíceis , pensei todos os dias no Michael , mesmo lutando contra os meus pensamentos e tentando imortalizar em meu coração tudo de ruim que ele me fez . Mas não gosto de sentimentos ruins , ele perdeu muito mais que eu , perdeu a chance de ver sua filhinha de embalar ela . Eu não sentia ódio dele , tinha muita raiva , mais ódio não . Seu castigo seria nunca saber de sua filha .

Hoje era uma daquelas noites estreladas , então sentei-me na cadeira de balanço perto da janelinha e pus-me a cantar para minha Hope , uma música de seu pai .

Heal the world , make a better place , for you and for me ...

Parei abruptamente ao sentir uma pontada forte na minha barriga .

- Ai filhinha , a mamãe canta feio mais não precisa chutar assim tão forte . Mais uma pontada , dessa vez ainda mais forte .

Lupi respirou fundo , pegou as chaves do carro e a bolsa que estava pronta , preferiu não arriscar e seguir para o hospital .

A cada quilômetro a menos da estrada a dor ficava mais aguda .

- Calma Hope , só mais um pouquinho filhinha .

Dirigia pelas estradas escuras e desertas com a vista turva pelas lágrimas , tanto de dor física , quanto mental , sentia-se abandonada , sozinha .

Quase 1: 30 depois de vagar pela estrada , avistou a marquise do hospital .

- Graças a virgem de Guardalupe .- Balbuciou chorosa

Um pouco cambaleante saiu do carro , pegou a bolsa e entrou no hospital . Logo se viu em uma maca sendo preparada para o parto , para dar a luz a sua filha . Lágrimas escorriam por seu rosto , de emoção , de dor , de medo , de ansiedade , de felicidade . Flashes do rosto de Michael sorrindo lhe vinha a cabeça .

- Força menina , força - O médico gritava enquanto as enfermeiras empurravam a barriga dela .

- Me ajuda Michael - Clamou baixinho .

Juntou o último fio de força que ainda tinha e a vontade de ver sua filha , fez força além do comum e ouviu o chorinho ecoar pelo quarto , deixou o corpo suado e exausto , porém satisfeito e feliz , cair sobre a maca . O médico lhe trouxe a menina .

- Parabéns menina é uma criança linda e saudável , o pai deve estar orgulhoso .

Lupi segurou sua filha nos braços e não deixou o sorriso se desfazer pela indagação do médico .

- Minha filha não tem pai - Foi a única coisa que ela respondeu ao médico , depois voltou sua atenção ao lindo bebê que esperneava e chorava em seu colo .

- Olá minha filha , seja bem vinda minha Hope , te amo - Beijou a testa da filha .

vê - la dormir ao seu lado assim tão quietinha e serena , dava a Lupi uma força que ela não conhecia . Iria lutar por sua filha e lhe dar o melhor .

Continua ....

77 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Sex Nov 02 2012, 09:59

Pam Jaxn


Notícias
Notícias
que bonitinho *-*

78 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Sex Nov 02 2012, 17:07

Tay Jackson MJ


Novato (a)
Novato (a)
Ownn nasceu que fofaaaaa

Triste por tudo que aconteceu tadinho do Michael e dela por acreditar na maldade dos outros =(

Continuaaaaa

79 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Sex Nov 02 2012, 19:11

Miloca

avatar
Fã Veterano
Fã Veterano
Meu Deus! Eu não posso deixar esses dois sozinhos 5min que já me aprontam uma pataquada dessa?! NÃOO* Eu não falei, seu Maico, que era pra vc falar a verdade logo, antes que as coisas ficassem feias pro seu lado? Olha o que aconteceu agora! E essa Roysy também hein?! É uma cobra censored ranting perrin martelo* de uma cobra venenosa e asquerosa. Coisinha intragável! bico* Espero que o Mike tenha aprendido a lição e feito alguma coisa pra deixar essa coisinha nojenta longe dele! u_U E que ele não desista da Lupi, pq tem uma bebezinha linda cuti cuti esperando pelo papai Rolling Eyes slove* Ai, a Lupi deve estar se sentindo tão só e abandonada... cry**
Ai, continua logo!!! Não gosto quando para nessas partes tristes... Sad



I love you Beijacksons flor I love you

80 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Sex Nov 02 2012, 20:47

Nanda girl jackson

avatar
Super Fã
Super Fã
aii qe lindooo .. uma pena qe Lupi acreditou nessa mentiiraiada da Rosy essa *%$#@! ain qe raiva dessa mulherzinha Mad...por culpa dela ,Lupi de distaciou do Michael Sad
Mas continua flor adorando akiiii bjs!!!

81 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Seg Nov 05 2012, 16:59

Tay Jackson MJ

avatar
Novato (a)
Novato (a)
Paulinha continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

82 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Seg Nov 05 2012, 20:17

Paulinha Jackson s2

avatar
Super Fã
Super Fã
Meninas sorry pela demora , é que eu estava viajando . rsrs

A fic entrará agora em um momento de tristeza/reencontro/alegria . rsrs
Só entenderão lendo . rsrs
Não me matem pelo que acontecerá okay ?

Muito obg pelos coments : Pam ,Tay , Miloca , Nanda .
Um xêro pra vcs :*

83 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Seg Nov 05 2012, 20:18

Paulinha Jackson s2

avatar
Super Fã
Super Fã
Capítulo 29

Por Lupi

2 anos se passaram desde aquele dia que sai de Neverland . Tanta coisa aconteceu nesses anos , consegui um belo emprego em uma famosa empresa de publicidade , comprei um apartamento em um dos melhores bairros do México , na empresa sou vice presidente . As conquistas e os obstáculos foram muitos , mais tudo , absolutamente tudo é recompensado quando eu olho Hope , minha menininha dos olhos negros como os do pai , essa era meu tudo . Bastava olhar naquele rostinho fofo e logo se via a figura de Michael estampado nele .

Durante esse tempo que me vi afastada dele sofri todos os dias e chorei todas as noites , nada me deixava esquecer ele , eu me lembrava de cada detalhe do seu rosto , do seu sorriso , do seus olhos . Quantas saudades eu sinto da sua boca macia , das suas mãos grandes e da sua voz suave .
Nunca fui completamente feliz a partir do momento em que cruzei aquele portão e parti de L.A , nem seria , pois sem o homem que eu amo eu era apenas uma parte de uma mulher .

(...)

- Dona Lupita , o Sr. Stuart pediu que assinasse esses papéis .- Pediu a secretária
- Ok Consuelo .
- Com Licença .
- Pode ir .

(...)

- Lupi vamos tomar uma tequila quando acabar o expediente ?

- Não sei Carmela , essa dor de cabeça está me matando .

- Já te disse para procurar um médico Lupi - Repreendeu-a

- Quando eu tiver tempo eu vou .

- Vamos com agente Luzinha - Fez manha - Vai a Soraia , a Penelope , o Nandinho e o Ruan , aquele gato é caidinho por você - Riu .

- Odeio quando me chama de Luzinha e não estou interessada no Ruan e em nenhum outro homem , já tenho problemas o suficiente pra arrumar mais um - Riu .

- Você tem que desencalhar amiga .

- Não enche carmela .

- E então vai ?

- Tá ok , eu vou , agora me deixe trabalhar .

O espediente acabou e Lupi seguiu com Carmela e os demais para um barzinho perto da empresa .
Conversavam animadamente , até Lupi sentir mais uma dor terrível em sua cabeça , o que a fez empalidecer na hora .

- O que foi Luzinha ? você tá pálida .

- Minha cabeça está doendo muito - Segurava-se para não gritar de dor .

- Lupi você não tá bem , vamos pra um hospital agora .

- Não precisa , eu vou pra casa tomo um remedinho e logo passa .

- Nada disso , vamos agora .

- Tá ok , me deixa pelo menos avisar ao Dr. Bavanero que estou indo até lá .

- Faça isso no caminho , agora vamos .

Despediram-se dos demais amigos e partiram para o hospital .

(...)

Um minucioso exame foi feito , muitas perguntas , um monte de receitas e uma bateria de exames foram receitados , coisa que assustou muito Lupi, que achava ter apenas uma dor de cabeça devido ao stresse do trabalho .

- E então Dr. por que tantos remédios ? E pra que tantos exames ?

- Lupi tudo que receitei foi preciso - Uma ruga de preocupação formou-se no rosto do médico.

- Mas por que ?

- Eu não tenho certeza .... mais - Exitou um pouco

- Diga Dr.

- Desconfio de cancêr .

Todos os sentidos de Lupi pararam naquele momento , não houvia mais nada além do seu coração bater descompassado e o eco das palavras do Dr. em sua cabeça , uma lágrima desceu por seu rosto ao imaginar a pequena Hope sozinha no mundo , assim como ela ficou quando sua mãe morreu .

Respirou fundo , tirou coragem de onde não tinha e perguntou ao médico :

- Como posso ter certeza ?

- Quando fizer esses exames , peço que os faça ainda hoje .

- Eu farei ... Obrigada Dr. - Apertou a mão do mesmo e com as pernas bambas saiu da sala .

- E então Luzinha o que você tem ?

- Eu ... eu tenho cancêr - Olhou nos olhos da amiga com um olhar suplicante , precisava de um abraço e foi o que a amiga fez , a abraçou forte .

- Oh meu Deus , não sei o que dizer Lupi ... como ... você tem certeza ? - Também chorava .

- Não - Soluçava - Preciso de uns exames para confirmar .

- Então não se desespere antes do tempo - Limpou as lágrimas dela - Ainda há uma esperança e é nela que vamos nos agarrar . - Tentou passar força a amiga .

Fizeram todos os exames que o médico pediu ainda naquele dia e amanhã pela manhã ela teria o resultado .

(...)

- Então Dr. eu tenho câncer ?

- Tem Lupi - A olhou com uma tristeza notável .

Lupi engoliu o nó que se formava em sua garganta e uma lágrima escapou de seus olhos .

- Sei que tem mais alguma coisa , diga Dr.

- Lupi não queria te dizer isso , mais é preciso . Você tem câncer .... terminal - Suspirou - Só lhe resta 1 ano de vida .

84 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Seg Nov 05 2012, 20:19

Paulinha Jackson s2

avatar
Super Fã
Super Fã
Capítulo 30

Por Lupi

Sai do hospital totalmente sem rumo , rosto inchado de tanto chorar , na minha cabeça milhares de flashes passavam , de Hope , de Micahel , de Mily , as pessoas que eu amo ficariam sem mim e eu sem elas . Sem saber pra onde ir fui andando pelas ruas até que me vi próximo a um parque , observei as crianças correndo por ali e Hope me veio a cabeça mais uma vez , eu só pensava que minha filha só tinha a mim , quando eu morresse com quem ela ficaria ? se Michael nem sabe da existência da filha . Eu só teria mais 1 ano perto da minha filha e esse ano eu não passaria chorando e nem frágil , eu ia viver esse ano como se fosse o último de minha vida _ E realmente era _ . Essa maldita doença não iria me abater , eu faria desse último ano o mais lindo de toda a minha vida e pra isso acontecer eu teria que ter Michael ao meu lado outra vez . Sequei minhas lágrimas e voltei para casa de cabeça erguida , não adiantava chorar , minha situação era essa e ponto . Estava na hora de voltar a L.A .

(...)

- Marcy onde está Hope ?

- Está no quarto dela .

- Obg querida , você está dispensada por hoje .

- Sim Sra .

Lupi parte para o quarto da menina , ao entrar sorri triste , pensar que não irá ver ela crescer era aterrorizante . Senta- se ao lado da pequena no chão .

- Oi mãezinha - Abraçou Lupi .

- Olá amorzinho , o que está fazendo ai , hein ?

- Estava desenhando , olha só - Mostrou o desenho a mãe - Essa aqui é você , essa sou eu e esse é o papai .

Lupi encheu os olhos de lágrimas .

- Pequena você gostaria de conhecer o papai ?

- Oh eu ia amar ver ele mamãe , como ele é ?

- Ele é lindo meu amor , tem seus olhos e seu sorriso .

-Por que ele nunca me visitou mamãe ? Ele não gosta de mim ?

- Não fale isso meu anjo , ele não sabe de você , mais vai saber , por que vamos visitar ele .

- Mesmo ? - Perguntou saltitante - E eu vou poder abraçar , beijar e chamar ele de papai ? - Lupi sorriu em meio as lágrimas .

- Claro que vai meu amor .

Por Lupi

No dia seguinte comprei as passagens , pedi demisão da empresa , resolvi algumas pendências por aqui e liguei pra Camily pra avisar que eu estava chegando a L.A ainda essa noite . Mily me encheu de perguntas mais não falei o motivo da minha volta a ela .

No meio da tarde parti para o aeroporto , junto a Hope . A noite chegamos em L.A , uma onda de sensações mexia com meus nervos , depois de três anos eu voltava pra o lugar onde fui feliz e onde fui infeliz também . Hope dormia em meu colo , vencida pelo cansaço , quando passei o portão de desembarque avistei Camily . Quantas saudades eu estava sentindo daquela doidinha , que era como uma irmã pra mim . A última vez que ela tinha me visitado no México já fazia quase 1 ano , agora o tempo dela era meio escasso pois estava em um ótimo emprego e morando sozinha . Ela distraída como sempre não me viu , ou não me conheceu , pois a falta de tempo de me alimentar direito somado a doença estava me deixando visivelmente magra , então fui até ela .

- Mily .

- Oh Deus Lupi , como você está linda e magra - Abraçou ela com cuidado pra não acordar a pequena Hope - E essa princesinha , como cresceu - Acarinhou as costas da menina .

- Como eu estava com saudades de você - Lágrimas começaram a escorrer pelo rosto de Lupi .

- O que está acontecendo com você Lupi ? - Percebeu algo diferente na amiga , na hora .

- Vamos pra sua casa , lá te conto .

As três partiram para a casa de Camily . Lupi acomodou Hope na cama , respirou fundo e foi até a sala onde Mily a aguardava para dizer-lhe o por que dessa volta repentina .

- Mily sua casa é linda e como vai no escritório ? - Sentou-se a frente dela .

- Obrigada , e no escritório vai tudo bem , mais não quero falar de mim e sim de você , qual é o problema ?

- Não quero choro nem lamentação quando eu te disser , ok ?

- Ok ! Agora me diga , sei que é algo sério .

- Mily eu ... eu tenho cancêr - Camily arregalou os olhos - E estou em estado terminal , só me resta 1 ano de vida .

- Meu Deus - Camily abafou um grito de dor pondo as mãos na boca , mais as lágrimas desciam pela sua face torrencialmente .

- Shiii te disse que não queria choro meu anjo , não adinata chorar , venha aqui - Abraçou a amiga que chorava copiosamente e tremia de pavor .

- E agora Lupi ? - Pergunta como uma criança indefesa .

- Agora eu vou viver o ano que me resta ao lado das pessoas que mais amo , a Hope , o Michael e você - Sorriu forçado .

- Não tem nada que se possa fazer ? - Olhou desesperada pra amiga - Você não pode morrer .

- Não a nada a ser feito além de tomar os remédios e esperar o ano passar .

- Você vai atrás do Michel e vai contar tudo a ele ?

- Vou atrás dele , mais Michael não saberá da minha doença , ouviu bem Mily , ele tentaria me internar em algum hospital e isso eu não quero .

- E Hope ?

- Hope irá conhecer o pai e ele cuidará dela quando eu me for .

- Como você pode falar disso com tanta calma ? - Irritou-se - Você vai morrer , vai me deixar , deixar sua filha , não é justo .

- Hey , calma - Abraçou-a mais uma vez - A Hope tem a você e ao Michael e você tem a Hope , não adianta chorar , eu vou ser feliz sem pensar no amanhã .

(...)

No dia seguinte Lupi partiu para Neverland com Camily e Hope . Ao chegarem nos portões os seguranças falam com Julia que permite a entrada das três .

- Olá Julia tudo bem ?

- Tudo Lupita . O Sr. Jackson está em reunião , mais não demora .

- Ok , peço que não diga a ele que sou eu que estou aqui .- Julia assentiu .

- Lupita ? - Liz diz ao sair da cozinha

- Liz querida , como está ? - Abraça ela .

- Estou bem . Nossa você está linda .

- Obrigada e Donna onde está ?

- Oh querida Donna foi demitida . O Sr. Jackson descobriu que ela era uma espécie de olheira da D. Roysy .

- Nossa nunca desconfiei disso .

- Pois é . E quem é essa boneca ?

- É minha filha , diga olá para a amiga da mamãe Hope .

- Olá .

- Olá boneca - Liz olhou-a com se perguntasse se a menina era de Michael , ela apenas assentiu e sorriu .

- Lupi o Sr. Jackson já pode vê-la .

- Você disse que era eu ?

- Não fiz como a Sra. pediu .

- Obrigada .

Lupi seguiu em passos firmes até a biblioteca , ao deparar-se com a porta voltou no tempo , mais precisamente pro dia em que ela entrou ali pela primeira vez , e assim como da primeira vez ela entra e lá estava ele de costas a olhar pela janela . As sensações que lhe atingiam eram diversas , desde seu coração que acelerava até uma forte dor de cabeça . Reencontrá-lo era difícil , a saudades era tamanha que só pensava naquele minuto em beijá-lo , abraçá-lo e chorar nos braços dele .

- Michael - Ele virou-se instantaneamente e seus olhos encheram-se de lágrimas .

- Lupi meu amor é você ? - Não acreditava que pudesse ser ela .

- Sou eu Michael - Sorriu .

Não puderam dizer , nem fazer mais nada além de correrem pros braços um do outro e matarem a saudade da pele , do toque , do cheiro um do outro .

A respiração inevitavelmente se tornou mais pessada e não resistiram ao imã que os atraia , colando assim os lábios em um beijo apaixonado , carregado de amor e saudades . Minutos se deram assim , apenas se beijando , se tocando , se amando .

- Eu voltei pra você - Sussura ela entre os lábios de Michael - Eu te amo .

- Você me perdoou ?

- Sim - Sorriu e uma lágrima rolou por sua face .

- Eu sofri tanto Lupi , te procurei tanto - Beijava o pescoço dela .

- Eu precisava desse tempo longe pra me descobrir , pra ser eu mesma . Mais a única coisa que descobri foi que não sou nada sem você .

- Você está linda - Afastou os corpos para olha-la . Olhou em seus olhos - Eu te amo .

Mais um beijo é dado .

Foram interrompidos pela vozinha estridente de Hope que gritou da porta .

- Papai . - Os dois olharam a pequena a sua frente .

Continua ....

85 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Ter Nov 06 2012, 09:33

Pam Jaxn

avatar
Notícias
Notícias
aaaaaaaaaaaaaaaah isso mete suspense


_________________________

Quando estou sozinha no meio da noite...
Te sinto mais perto de mim.. e tenho certeza de que tudo
ficara bem no final das contas
.

PamJanx ' batecoração*

86 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Ter Nov 06 2012, 21:41

Tay Jackson MJ

avatar
Novato (a)
Novato (a)
OMGGGGGGGGG como vc para aiiiiiii??????

Socorroooo tadinha da Lupi ela vai morrer D;

Nossa muitas coisas irão acontecer cara e eu to ansiosa pra ler

Continuaaaaa

87 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Qua Nov 07 2012, 18:39

Nanda girl jackson

avatar
Super Fã
Super Fã
Ohh Pelo amor de Deus continua kkkkkk
estou Curiosissimaaaaaaaaaaaaaaaa
estou amando sua fic
por favor qerida continua!!!!!!!!

88 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Qua Nov 07 2012, 19:15

Miloca

avatar
Fã Veterano
Fã Veterano
Oh! Gosh! Isso lá é hora de parar a fic colega? Quer matar nóis do coração com tanta emoção?!!!! cry** cry** cry** cry** Posta mais logo, pleeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeease!!!!!!!!! verrr* verrr* verrr*
Fico esperando mais ansiosamente. Quando vai ter? Amanhã? verrr* verrr* verrr* verrr* verrr* verrr* verrr* verrr* verrr*







I love you Beijacksons I love you
God Bless you
(e abençoe também sua mente e seu coração pra vc parar de fazer a gente
sofrer desse jeito Razz Razz Razz Razz Razz )

89 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Qua Nov 07 2012, 20:18

Paulinha Jackson s2

avatar
Super Fã
Super Fã
Olá amores , cheguei com mais fic pra vcs .

Sorry pelo sofrimento que faço vcs passarem . rsrs
O que posso dizer é que muito mais tristeza virá por ai , preparem-se .

Muito obg pelos coments : Pam , Tay , Nanda e Miloca .
Bjs em todas :*

90 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Qua Nov 07 2012, 20:19

Paulinha Jackson s2

avatar
Super Fã
Super Fã
Capítulo 31


A atenção de Michael que estava em Lupi se volta a pequena garotinha . Caminha até ela e ajoelha - se , olha para Lupi que assente com um sorriso nos lábios , respondendo a pergunta suplicante que os olhos de Michael lhe faziam . Ele abraça a menina que sorria .

- Eu posso te chamar de papai ?

- Claro meu amor , eu sou seu papai - Respondeu em meio as lágrimas

- Bem que a mãezinha falou que o papai era lindo - Passou as mãozinhas pelo rosto dele .

- Você que é linda princezinha . Como se chama ?

- Hope , papai , meu nome é Hope .

- Seu nome é lindo como você - Michael a pegou no colo e foi até Lupi , que chorava enquanto um sorriso estampava seu rosto .

- Nossa filha é linda , meu amor - Beijou o topo da cabeça dela .

A garotinha desceu do colo de Michael e foi até a janela .

- Wow papai aquilo é um parque ?

- É sim - Riu

- Mãezinha na casa do papai tem um parque e você não disse ? - Fez biquinho arrancando risos de Michael e Lupi .

- Quer ir lá ?

- Eu posso papai ?

- Claro .- A garotinha correu e abraçou as pernas de Michael .

- Mãezinha eu tenho o pai mais lindo , mais alto e mais legal do mundo - Michael e Lupi gargalharam .
Michael chamou Julia que levou a pequena até Camily para elas irem até o parque .

- Então precisamos conversar , não é ?

- Por que não me disse que estava grávida Lupi ? - Tinha um semblante um pouco sério .

- Por que eu tive medo que quissesse tomar ela de mim , por isso eu fugi .- Abaixou a cabeça .

- Eu nunca ia fazer isso com você - Caminhou até ela e ergueu o rosto dela .

- Hoje eu sei que não , mas quando Roysy veio aqui e me disse tudo aquilo , eu fiquei com muita raiva de você e realmente achei que tomaria meu filho . Você tinha dinheiro e status pra isso , eu era apenas uma empregada .

- Eu entendo o nó que deve ter dado nessa sua cabecinha . Mas eu quero que saiba que tudo que saiu naqueles tablóides era mentira , eu não tinha reatado com a Roysy e nunca tomaria nossa filha , por que iriamos cuidar dela juntos . E quando eu te vi naquele parque vestido de Stive eu nunca achei que a coisa tomaria proporções tão grandes , o meu erro foi ter mentido pra você .

- Vamos esquecer tudo isso , o passado ficou pra trás , vamos viver o agora .

Mais um beijo é dado .

- Você e a Hope virão para cá .

- Tava com saudades desse seu jeitinho mandão - Riu - É claro que vamos vir para cá , acha que vou te largar ? Agora tenho que ir buscar minhas malas e as da Hope na casa da Mily .

- Não quero que vá - Falou manhoso , a abraçando .

- Eu volto logo , bobinho .

- Tá bom , te dou 30 minutos - Olhou o relógio - Anda agora só tem 29 minutos e 37 segundos - Riu .

- Tá já to indo .

Lupi partiu com Camily e Michael ficou com Hope .

Enquanto Lupi , na casa de Camily , preparava as coisas para voltar a Nevereland , Michael e Hope corriam e bricavam pela propriedade .

- Chega - Derrubou-se na grama ofegante .

- O Papai já cansou ? Já sei então agora podemos brincar de cavalinho - Sentou na barriga de Michael .

- Você quer matar seu pai ? - Riu - Que tal se agente entrasse e comece bolo de chocolate ? E essa hora deve ser a hora da sua soneca .

- Não quero dormir - Fez bico .

- O papai dorme com você tá ?

- É talvez - Descruzou os bracinhos e segurou a mão de Michael , para entrarem .

(...)

Lupi volta a casa e pergunta a Julia onde estão " as crianças " , ela responde que ambos subiram para o quarto de hospedes .

Ao entrar no cômodo ela se depara com a cena mais terna que já viu na vida . Michael quase que sentado encostado na cabeceira da cama , dormindo e Hope com a cabecinha sobre o colo do pai também dormindo , Ela ajeitou a menina na cama e acordou Michael .

- Amor você vai ficar com dor se continuar nessa posição .

- Hum ?

- Acorda , vem - Michael abriu os olhos olhou para o lado e viu Hope dormindo . Um sorriso tomou conta de seus lábios .

- Ela é linda não é ? - Sussurrou .

- Igual a mãe .

- Nada disso , igaual ao pai , agora deixe de corujisse e vamos .

Os dois seguiram para o quarto de Michael .

- Michael vou tomar um banho rapidinho .

- Hum adorei a idéia .

- Você e essa sua mania de achar que sempre estou te dando uma ideia , pode ficar ai , eu não demoro . - Entrou no banheiro e fechou a porta .

- Droga - Resmungou ao mexer na maçaneta e notar que estava trancada .

Lupi saiu do banheiro enrrolada em uma pequena toalha que mau lhe cobria o corpo , olhou provocante para Michael e pôs-se a passar creme nas pernas . Michael caminhou até ela em passos rápidos , se colocando atrás da mesma , seus dedos apertaram as carnes da coxa de Lupi , marcando-a e a boca dele devassou o pescoço dela em beijos fortes . A toalha que lhe cobria foi ao chão dando oportunidade para as mãos dele explorarem todo o corpo dela , as mãos desenhavam as curvas e apertavam os seios entumecidos da moça , as mãos grandes e quentes de Michael desprende-se dos seios dela e traçam um caminho pelo ventre até a intimidadede Lupi , ela geme ao sentir ele massagear-lhe e seus longos dedos a invadir-lhe , enquanto o pescço dela recebia mordidas daquela boca macia . . Ela inclina-se apoiando as mãos no espelho a frente .

- Michael , quero te sentir ... dentro de mim ... agora .

Ele livra-se da calça , da cueca e entra nela de uma só vez , arrancando quase um grito de prazer de ambos .. Os movimentos foram rápidos e fundos desde o princípio , os gemidos ecoavam pelo quarto , o suor descia pelos corpos e a respiração faltava a ambos .

Procurando sentir aquela boca em atrito com a sua , ela vira-se e enlaça o pescoço dele , unindo as bocas desesperadamente , um beijo luxurioso é dado enquanto ela livra-se da camisa que ainda cobria o corpo dele , faz Michael sentar-se na poltrona a frente e encaixa-se nele começando a movimentar-se lentamente , com a ereção rija e quente de Michael dentro de si . sendo ajudada pelas mãos dele que estavam cravadas em seu bumbum e ditavam o ritmo , enquanto a boca dele devorava os seios dela , a boca de Lupi deliciava-se com o suor que escorria pelo pescoço dele . Finalmente chegam ao ápice totalmente suados e satisfeitos .

91 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Qua Nov 07 2012, 20:21

Paulinha Jackson s2

avatar
Super Fã
Super Fã
Capítulo 32


Por Lupi

Já haviam se passado 2 meses desde a minha volta a Neverland e sinceramente não acreditava que pudesse existir felicidade maior do que eu estava sentindo nesse momento .
Como o Dr. me disse a doença não estava se manifestando e o único sintoma que eu tinha era um cansaço exessivo as vezes , mais nada que pudesse denotar o que eu tinha .

Uma linda tarde se fazia e eu observava Michael e Hope a correr pelo jardim , era impressionante como esses dois se deram bem , não se desgrudavam 1 minuto _ Isso me dava até ciúmes _ .

- Mamãe vem brincar com a gente . - Gritou - O papai é o capitão gancho e eu o Peter Pan , você pode ser a sininho , vem .

- Não , a mamãe tá cansada meu anjo . Mas cadê o capitão gancho ? Não to vendo ele .

Hope deu uma risadinha sapeca .

- Haaaa - Michael agarrou Lupi e a derrubou sobre a grama , fazendo cócegas nela .

- Para Michael - Gargalhava - Isso é golpe baixo , ajuda a Sininho Peter .

Hope correu até eles e subiu nas costas de Michael , dando tapinhas nele . Michael fingiu ter desmaiado .

- Eeeeeeeeeee eu matei o capitão gancho Mamãe - Todos riram da empolgação da menina .

Michael abriu os olhos e aconchegou Hope em seu colo .

- O papai comprou um presente pra você , tá lá na cozinha com a tia Liz , vai lá ver .

- Ahhh vou lá agora - Saiu correndo . Lupi e Michael a observaram sorrindo .

- É impressionante como ela parece você Michael . Já percebeu que até o personagem preferido dela é o Peter Pan ?

- Pois é - Sorriu lindamente - Estou tão feliz Lupi .

- Eu também meu amor .

Ele encostou-se em uma árvore perto dali e Lupi encostou a cabeça em seu colo .

- Daqui a 1 mês teremos um evento importante para ir .

- Mesmo e o que é ?

- É um casamento .

- Quem são os noivos ? - Falava de olhos fechados recebendo um gostoso cafuné em seus cabelos .

- Lupita Perez e Michael Joseph Jackson .- Lupi levantou-se abruptamente .

- Como assim ?

- Marquei a data de nosso casamento pra daqui a 1 mês - Sorriu - Então Lupita Perez se casará com esse pobre mortal ou irá deixá-lo a espera no altar ?

- Claro que eu me casarei com esse pobre mortal , eu amo ele - Riram .

Lupi deixou seu corpo cair sobre o dele e beijaram-se apaixonadamente .

- Hey vocês dois , assim não vale , o capitão gancho não namora a Sinhinho .- Hope falou com aquele biquinho que derretia todos .

(...)

Por Lupi

O mês se passou muito rápido e nem podia acreditar no que estava me acontecendo naquele quarto , eu estava sendo preparada para me casar com o amor da minha vida . Nunca achei que isso fosse acontecer . Michael tentou se infiltrar no quarto algumas vezes mais as irmãs dele barravam a entrada . A decoração simples e linda embelezava o jardim de Neverland , os convidados andavam por lá respirando o ar puro misturado com magia que aquele lugar proporcionava . Hope corria de um lado para outro , pra ela tudo era festa , posava para fotos a todo instante , ela sentia-se a propria noiva .

Essa adora uma camêra . ( Risos )

A hora estava cada vez mais próxima e meu estado de nervos só aumentava . Camily entrou para me acalmar e vê se estava tudo ok para o ínicio da cerimônia .

Essa minha amiga adorava chamar a atenção , duvido que os homens não tenham babado por ela , com esse vestido .

- Amiga vai dá tudo certo ... você tem que ficar calma ok ... o Michael tá la embaixo e tá um gatooooooo .

- Camily você tá me deixando mais nervosa do que já estou - Ri .

- Você tá linda , a noiva mais linda que já vi .

- Sua exagerada .

- Boa sorte , você merece tudo , tudo de bom .

- Obrigado amiga , agora vá não quero chorar e borrar a maquiagem - Rimos .

Quando Mily fechou a porta eu respirei fundo e segui para o altar .

- Está linda mamãe .

- Você também Hope .

A pequena se pôs em minha frente segurando as alianças minha e de Michael e seguimos para o altar .

Quando a nossa música (Endless Love - Lionel Richie e Diana Ross) começou a tocar , meu coração disparou e ao parar no início daquele tapete e ver Michael ali parado esperando por mim , para concretizarmos nosso amor , foi um momento que nunca esquecerei .

Eu sorri e ele retribuiu o sorriso , junto de uma lágrima que escorria por nossos rostos , parecia que ninguém existia ali além de nós dois , nossos olhos não permitiram se fixar em mais nada se não nos olhos um do outro . Ao chegar até ele e tocar sua mão , que apertou a minha dando segurança , senti-me plena , única , feliz , realizada , extasiada de amor .

- Está linda - Sua voz rouca me desperdou do transe .

O padre deu início a cerimônia e foi chegado a hora de cada um dizer seus votos . Michael começou .

- Lupi eu poderia passar horas aqui apenas descrevendo o jeito que eu amo cada coisa em você , eu amo o jeito que você sorri feito criança quando te faço cócegas , o jeito que uma ruguinha aparece na sua testa quando te deixo curiosa , o jeito que respira forte quando te desobedeço , o brilho dos teus olhos quando vê sua filha sorrir , a careta que você faz quando algo te machuca mais você quer parecer forte - Riram - Eu amo tudo em você e talvez nesse minuto se me faltasse o ar eu ainda necessitaria mais da sua presença do que dele próprio , por que sem você minha vida se resume ao nada . eu te amo meu eterno amor .

Michael ampara com seu polegar a lágrima que escorria pelo rosto de Lupi . Então era a vez dela .

- Michael eu teria tanta coisa pra te falar que o resto dos meus dias não seriam suficientes pra isso . Mais uma coisa tem que ser indispensável , um obrigado , apenas por você ter entrado na minha vida , toda ela já valeu a pena e eu tenho que agradecer sempre por ter você comigo , um homem maravilhoso , um pai espetacular , um ser humano único . E jamais eu conseguiria te dizer com meras palavras o quanto eu te amo , o quanto eu amo beijar sua boca macia e me aconchegar em seus braços acolhedores . Aconteça o que acontecer , esteja eu onde eu estiver , eu vou te amar , não importa a distância , nem a morte distroe um verdadeiro amor e esse é o amor que sinto por você é eterno . eu te amo hoje amanhã e sempre .

Ao terminarem os votos se olhavam nos olhos , choravam e sorriam ao mesmo tempo .

- Eu vos declaro marido e mulher . Michael pode beijar a noiva .

Beijaram-se longa e apaixonadamente sobre os aplausos dos convidados emocionados .

A festa foi longa e a próxima da fila a se casar seria Mily , que agarrou o buquê em meio ao tumulto das mulheres solteiras .

Dançaram , se beijaram alheios a tudo e a todos , naquele dia eram apenas os dois em um mundo só deles .
Decidiram que não haveria lua-de-mel pois nenhum dos dois queria deixar Hope e levá-la seria uma operação minuciosa , pois a garotinha era muito hiperativa . Não teriam essas etapas clichês de casamentos , viveriam em eterna lua de mel .

Continua ....

92 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Qui Nov 08 2012, 09:47

Nanda girl jackson

avatar
Super Fã
Super Fã
Ainn não sei o qe dizer ....Amando continua Please batecoração*

93 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Qui Nov 08 2012, 21:31

Tay Jackson MJ

avatar
Novato (a)
Novato (a)
Owwn casarammmmmm *o*

Cara fico com dó quando o Michael descobrir que ela vai morrer D;

Continuaaaaaaaaaa

94 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Sex Nov 09 2012, 18:02

Paulinha Jackson s2

avatar
Super Fã
Super Fã
Olá amores cheguei com mais fic pra vcs .
Muito ong pelos coments Nanda e Tay .
Bjs e curtam a leitura amores :*

95 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Sex Nov 09 2012, 18:03

Paulinha Jackson s2

avatar
Super Fã
Super Fã
Capítulo 33

Eu e Michael decidimos passar a noite em Neverland , só que em um chalé afastado da mansão principal .

-Hope comporte-se e obedeça a Tia Mily .

- Pode deixar mamãe . Boa noite papai .

- Boa noite princesa - Beijou a garotinha .

Depois de deixar Hope sob os cuidados de Camily ambos partem para o chalé .

Por Lupi

Caminhávamos de mãos dadas até o local , ambos calados _ Eram muitas coisas a serem ditas e poucas palavras pra exporesarmos o que sentiamos _ Apenas apertávamos forte a mão um do outro . Ao chegar no local Michael abriu a porta para que eu entrase e me encantei com o que vi , petálas de rosas brancas _ As minhas favoritas _ estavam espalhadas pelo lugar , tudo era iluminado a luz de velas e um cheirinho de insenso de sândalo somado a música lenta que tocava , dava ao local uma aura perfeita e romântica .

- Está tulo lindo Michael - Passeei meus olhos por todo o lugar .

- Tudo pra você e por você .

Michael se colou atrás de mim e começou a desabotuar os muitos botões do meu vestido , as mãos quentes e delicadas dele pairaram em meu ombro empurrando o vestido pelos meus braços , fazendo ele cair aos meus pés . Os lábios dele posaram em minhas costas e um arrepio consumiu todo meu corpo . Virei-me para olhá-lo nos olhos e me hipnotizei com sua boca entre aberta , olhos serrados e sua respiração pesada e quente que rebatia em meu rosto , não resisti e capturei seus lábios em desespero , num beijo urgente , o nó dos dedos dele roçavam suavemente nas minhas costas e as minhas mãos se emaranhavam em seus cabelos o trazendo cada vez mais pra mim .

A sua mão traçou todo o desenho da minha coluna e parou no feixo do sutiã , o desabotuando , meus seios entumecidos roçavam em seu corpo ainda coberto me fazendo gemer entre seus lábios . Separei um pouco nossos corpos e o ajudei a livrar-se do paletó e da camisa , minha boca procurou saborear a pele lisinha do seu peito arfante , enquanto minha mão tocava suavemente seu sexo , ainda por cima da calça . Agora foi a vez dele saborear-se em meus seios , sua língua circulava a auréola do meu mamilo e trazia o bico entumecido entre os dentes , puxando levemente . As mãos ágeis apertavam minhas coxas e ancas , enquanto movimentava-se continuamente fazendo seu membro rijo roçar em meu ventre .

Me carregou até a cama e deitou-me sobre ela , livrou-se da sua calça , da boxer que usava e da minha renda . Minhas pernas abriram-se instintivamente e Michael encaixou-se perfeitamente entre elas , beijamo-nos intensamente misturando nossas línguas , a boca dele desceu por meu pescoço , colo , seios , ventre até chegar a minha intimidade , ao sentir a língua aveludada dele tocar meu ponto intimo e invadir-me , estremeci , meus quadris ganharam vida própria , arqueavam-se e movimentavam-se voluntarioso , anciosa por seu toque , meu dedos adentravam seus cabelos e precionavam seu rosto contra meu sexo . Michael não parava de acariciar-me com sua boca macia e em espasmos enlouquecedores derramei meu néctar em sua boca carnuda e bem contornada .

Antes que eu pudesse dizer algo ele veio até mim e beijou-me ternamente , então o senti a me preencher , seu mebro latejava dentro de mim e os músculos internos do meu sexo apertavam-se em torno 'dele' arrancando quase gritos de prazer de ambos . Os movimentos eram rápidos , fundos e fortes , um prazer indescritível inundava nossos corpos suados .

Michael parou de movimentar-se uns segundos para me acariciar de forma terna , aproveitei para colocar-me em cima dele . Meus lábios seguiram um caminho delicioso desde seu pescoço até a virilha dele , o olhei e pude o contemplar arfante e a apertar os olhos com força , anciava pelo meu toque ali , então o toquei em um vai e vem calmo , porém minha mão não tardaram em serem trocadas por minha boca que envolveu seu mebro pulsante _ meu gosto misturado ao dele era entorpecedor _ Minha língua passeava envolta a ereção dele , desde a glânde até onde eu conseguia capturar de seu mebro . Os longos dedos dele agarravam-se aos meus cabelos , ditando o ritmo a se seguir . Precisa sentir ele dentro de mim outra vez e assim o fiz , introduzi-o em mim e comecei uma cavalgada alucinante , não demorou muito e meu segundo êxtase aquela noite me veio em espasmos devastadores . Senti ele derramar-se dentro de mim enquanto um gemido rouco saia de sua garganta .

- Eu te amo Lupita Jackson - Acariciou meus cabelos .

- Eu te amo Michael Jackson - Falei em um fio de voz , pois o cansaço e o sono me consumiam .
Aconchegada em seu peito meus olhos e fecharam e eu adormeci .

(...)

3 Meses mais tinham se ido , eram 3 meses a menos de vida e como eu imaginei esse estava sendo o melhor ano da minha vida ... Mais como sempre tem de a ver 1 problema ...

- Está pensativa hoje Lupe .

- Impressão sua Michael . - Fitava o céu .

- Amor já fazem 3 meses que estamos casados e no ritmo que estamos você já deveria ter engravidado , não entendo . - Sentou-se na poltrona atrás de mim .

- Eu não poderia ter engravidado , por que estou evitando .

- O que ? Por que está fazendo isso Lupi ? E sem me dizer nada .- Irritado levanta-se da poltrona e caminha até ela .

- Por que não quero engravidar , isso é óbivio - Virou-se pra ele e o encarou .

- Você só pode estar de brincadeira . Por que não quer engravidar ?

- Um filho não está em meus planos .

- Mas está nos meus .

- Ótimo pra você - Desdenhou .

- Eu não te entendo sabia , você está sendo ridícula .- Gritou tão próximo que Lupi deu dois passos pra trás temerosa .

- E você está sendo um idiota mimado , o mundo não gira ao seu redor e eu não sou uma parideira pra você chegar até mim e dizer ' você tem que engravidar por que eu quero um filho ' . somos um casal e decidimos as coisas juntos , pelo menos assim que deveria ser . Não estou com paciência para seus chiliques , saia do quarto agora - Apontou a porta .

Michael não disse mais nada , saiu batendo a porta e Lupi enfim pode desabar sobre a cama e chorar .

- Eu queria te dar um filho Michael , mais não posso - Falava baixinho em meio ao choro .

96 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Sex Nov 09 2012, 18:03

Paulinha Jackson s2

avatar
Super Fã
Super Fã
Capítulo 34


Michael não voltou pra casa aquela noite , dormiu em um chalé , em Neverland mesmo . Se ele soubesse o Por quê dela não poder dar um filho a ele , se arrependeria de cada palavra que disse a Lupi .

(...)

O dia amanheceu nublado e frio . Hope já havia ido para a escolinha e Lupi estava sentada a mesa tomando café .

- Posso sentar ?

- A casa é sua Michael , eu já estava de saida - Levantou-se da cadeira , mas Michael a segurou pelo braço .

- Me desculpa Lupi ? Eu agi feito um idiota sem dar importância para o que você quer .

- Eu também te tratei mau Michael .

Lupi o abraçou forte e desabou a chorar em seus braços , por mais que tentasse ser forte , saber que o deixaria a atormentava .

- Diz que vai ficar comigo até o fim , Por favor - O apertava cada vez mais forte , como se naqueles braços estivesse sua vida .

- Por que está falando isso Lupi ?

- Esqueça são apenas os hormônios aflorados , sabe que sou chorona - Enxugou as lágrimas e ensaiou um sorriso forçado .- Estou melhor .

- Que tal uma volta pelo rancho , o que acha ?

- Uma ótima ideia , vamos .

Segurou forte a mão dele e saíram porta a fora .

(...)

Por Lupi

Os dias passaram-se depressa demais , e hoje faz 1 ano que descobri a doença . Meu tempo acabou , é o fim da linha . Agora é uma questão de tempo , quem sabe mais alguns meses , mais alguns dias ou algumas horas ...

Era como se uma bomba relógio estivesse instalada em mim , ou uma arma com o gatilho puxado apontada pra minha cabeça , essa era a sensação que eu tenho .

Ninguém sabe como é acordar todos os dias e em vez de dizer " mais 1 dia de vida " ter de pensar " menos 1 dia de vida ".
A doença iria começar a se mostrar e não tinha como evitar , eu só pedia para morrer o mais depressa possível , não queria ver o sofrimento nos olhos de Michael .

Esse ano eu fui feliz como nunca antes , me casei com o homem que amo , tive ao meu lado o tempo todo minha amiga e sem falar em Hope que a cada dia crescia mais linda e esperta , e confortava-me saber que ela ficaria com o pai que tanto a amava e que cuidava tão bem dela .

Continua ...

97 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Sex Nov 09 2012, 18:15

Bruna Raphaela

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
Oi Paula,estou começando a ler e que diva sua fic *-*
Espero que até segunda já tenho colocado a leitura em dia.
Beijos.

http://brunaraphaelabrunalais.blogspot.com.br/

98 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Sab Nov 10 2012, 21:31

Tay Jackson MJ

avatar
Novato (a)
Novato (a)
Ai gente que triste.
Ela deveria contar pra ele poxa =/

Continuaaaa =,(

99 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Seg Nov 12 2012, 17:30

Paulinha Jackson s2

avatar
Super Fã
Super Fã
Olá amores , cheguei com mais fic pra vcs .
Espero que estejam gostando .

Bruna seja bem vinda ao tópico flor e Tay obg pelo coment .
bjs :*

100 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Seg Nov 12 2012, 17:31

Paulinha Jackson s2

avatar
Super Fã
Super Fã
Capítulo 35
(...)

- Tem mesmo que viajar amor ?

- São só alguns dias princesa .

- Hum .. tá bom , mais comporte-se mocinho .

- Sabe que só tenho olhos pra você - A beijou .

- Papai , mãezinha a Liz quer que eu coma cenoura e eu não quero , eca - Fez uma careta .

- Ih está ai um problemão - Riu - Agora é com você - Sussurrou no ouvido de Lupi .

- Ah seu chato eu deveria colocar você pra resolver isso - Bateu no braço dele .

- Hope o papai tá saindo de viagem - Pegou a menina no colo - Cuide bem da mamãe , a obedeça e se algum marmanjo chegar perto dela já sabe o que fazer né ?

- Sei papai é pra eu chutar a canela dele - Piscou pra Michael .

- Isso mesmo - Piscou pra ela sorrindo .

- Michael isso é coisa que se diga a menina ? - O repreendeu .

- Ela é só uma aliada não é parceirinha ?

- É sim .

Mais um pouco de conversa até Jhon entrar sala a dentro gritando aos quatro cantos que o Michael estava atrasado .

(...)

Por Lupi

Os dias sem Michael eram ainda mais assustadores do que de costume , precisava espairecer , me distrair um pouco , então liguei pra Camily e propus uma volta no shopping . Tomei um banho rápido vesti um vestido florido e me pus a pentear os cabelos , até uma tontura me vir forte , fazendo minha vista escurecer .

- Droga de tontura que não me deixa em paz - Balbuciei sentando-me na cadeira para recuperar-me , quando a tontura passou voltei a me arrumar , me maquiei levemente e comecei a pentear meus cabelos .

Quase fui ao chão quando notei em minha escova uma quantidade assustadora de cabelo e mais um pouco de cabelo se foi quando passei a mão por minha cabeça .

- Não, meu cabelo não - Orei baixinho .

Agarrei o celular e disquei o numero de Camily , ainda com as mãos trêmulas .

- Mily - Falei com voz chorosa .

- O que houve Lupi ? Você está chorando amiga ?

- Meu ... meu cabelo está caindo - Desabou em um choro compulsivo - Eu vou ficar careca , feia .

- Pare de bobagens você nunca vai ficar feia ouviu bem ? Nunca . Fique onde está , estarei ai daqui a pouco

Camily desligou o celular , apanhou as chaves do carro e correu para Neverland , depois de quase 30 minutos de estrada ela adentra os portões e vai direto para o quarto. Encontra a amiga caida ao chão com os cabelos que haviam caido entre as mãos em um choro compulsivo .

Camily concluiu que a mulher forte que ela viu o ano inteiro desmoronou e quem precisava ser forte agora seria ela .

- Levante dai Lupita - Lupi apenas a olhou e baixou a cabeça - Ande vamos sair agora .

- Não tenho mais vontade Camily

- Mas vai mesmo sem vontade , não vou te deixar assim .

Ajudou Lupi a levantar do chão , sentou-a na cadeira , ajeitou a maquiagem dela e quase a arrastou até o carro .

O caminho inteiro foram em um silêncio sombrio , Camily parou a frente de um belo salão de beleza e estacionou o carro .

- Por que parou aqui Mily ?

- Não lhe parece óbvio , é hora de mudar , Lupita Perez vai virar definitivamente uma mulher a Lupita Jackson - Sorriu .

Entraram no salão e 1 hora depois Lupi saiu de lá muito diferente .

-Uau ficou linda assim amiga , viu só eu te disse .

- Não sei Mily , o Michael não vai gostar sempre me viu de cabelo longo .

- Não seja boba , o Michael te ama e seu cabelo não acerscenta em nada , você o amaria menos se ele raspasse a cabeça ?

- Não - Riu

- Então largue de bobagem e vamos .

Passearam pelo shopping até o começo da noite , Lupi esquecera por hora o seu probema .

(...)

- Eu volto pra casa e encontro uma outra mulher em meu quarto e tenho que confessar que essa é mais linda que a antiga - Falou adentrando o quarto .

- Quantas saudades estava de você meu amor - O abraçou forte e beijou-o apaixonadamente .

- Está linda Lupi .

- Fiquei com medo que não gostasse .

- Sua boba eu te amo de qualquer jeito .

- Também te amo .

101 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Seg Nov 12 2012, 17:32

Paulinha Jackson s2

avatar
Super Fã
Super Fã
Capítulo 36

Por Lupi

Mais 1 mês tinha se ido , eu ia todos os dias ao hospital para fazer minhas seções de quimioterapia , dava sempre a desculpa que estava com Camily . Mas Michael começou a notar algo errado , pois eu havia perdido peso gradualmente , vivia com enjoos e meu cabelo cada vez se tornava menos em minha cabeça .

- Você está com um aspecto tão cansado Lupi - Alizava os cabelos dela .

- Impressão sua Michael .

- Vive enjoada e está mais magra , vou te levar a um médico .

- Não Michael , eu já fui em um e ele me disse ser só estresse ... Que horas é o jantar ? - Mudou de assunto .

- As sete .

- Hum já são seis , acho melhor nos arrumarmos .

- Queria ficar na cama com você - A abraçou .

- Ah já sei com quem Hope aprendeu a fazer manha , nada disso mocinho , vamos nos arrumar - Puxou ele pelo braço , que fazia o corpo pesado de propósito .

Mas ao se levantar sentiu o mundo girar e apoiou-se na mesinha pra não cair .

- O que foi Lupi ? Você está pálida .

- Não ... não ... AIIIIII - Gritou pela dor que tomou conta de sua cabeça .

- Por Deus Lupi o que está sentindo ? - Correu até ela .

Lupi não teve tempo de responder e caiu nos braços de Michael . Ouvia vozes ao longe que pareciam gritar e sentiu-se ser carregada nos braços por alguém ... Não lembrou de mais nada pois a escuridão lhe tomou por completo .

(...)

No hospital Michael e Camily esperava o médico vir trazer-lhe notícias .

- Já faz 1 hora que entraram com ela , não podem me deixar assim sem notícias .- Andava de um lado para o outro pelos corredores do hospital .

Camily não conseguia abrir a boca e lágrimas quentes escorriam por seu rosto . Não conseguia falar só tinha vontade de chorar e chorar ... Michael alheio a situação já se desesperava .

" - Imagina quando ele souber " - Pensou Camily

O Dr. sai por entre uma , de tantas portas , dali e se direciona a Michael e Camily .

- Boa noite Camily .

- Boa noite Dr.

Michael achou estranho que já se conhesecem , mais estava angustiado de mais pra notar algo errado .

- E então Dr. , como está minha mulher ? O que ela tem ?

O Dr. olhou para Camily que baixou olhar e se dirigiu a Michael .

- Me siga Sr . Jackson , vamos até a minha sala .

Michael e o Dr. seguiram até a sala dele , entraram e Michael sentou-se de frente pra ele .

- Pode começar a me dizer Dr. , o que Lupi tem ? É sério ?

- Sr. Jackson o Sr. precisa ser forte , está perdendo sua mulher , o ano de vida que dei a ela se foi .

- O que ? O Sr. enlouqueceu , só pode ter enlouquecido .

- Não Sr. Jackson sua esposa tem câncer terminal a mais de 1 ano e foi esse o prazo que dei a ela .

- Pare de brincar comigo - Transtornado levantou-se e foi até o médico o pegando pelo colarinho do jaleco - É mentira , eu sei que é .

O médico baixou a cabeça e Michael afroxou as mãos e se estatizou .

- Por Deus , não pode ser , ela estava bem - Um desespero começa a tomar conta de seu coração .

- Sr. ...

Antes que o médico pudesse continuar Michael sai da sala , desnorteado , vageia pelos corredores alheio a tudo e a todos .... um turbilhão de imagens passavam em sua cabeça , fazendo com que ela doesse . As lágrimas desciam em seu rosto sem parar . Depois de um tempo andando por ali levanta os olhos e vê uma porta entre aberta , Com dificuldade consegue ler o que estava escrito e vê que trata-se do banheiro . Queria se esconder do mundo e chorar , era tudo que queria . Entra no banheiro e tranca a porta , escorrega até o chão frio encolhe as pernas e as abraça , como uma criança indefesa , e o grito que estava preso em sua garganta sai .

- Nãoooooooooo - Gritou tão forte que suas cordas vocais doeram .

No silêncio do hospital apenas ouvia-se os soluços de seu choro .

- Não é verdade , não é . Deus não ia fazer isso comigo - Repetia para convencer-se que aquilo nada mais era que um pesadelo .

Ouve batidas insistentes e pesadas na porta .

- Michael meu amigo , sai dai .

- É mentira Jhon , sei que é . Por que estão brincando desse jeito comigo ?

- Sai dai e conversaremos com calma meu amigo .

- Não vou deixar isso acontecer , não vou - Gritou mais uma vez e em desespero levantou-se do chão e desferiu um soco no espelho . Sua mão sangrou instataneamente .

- Michael você está bem ? - Jhon preocupo-se ao ouvir o barulho do vidro que se estilhaçara . - Michael pense em Hope , precisa ser forte por ela . a Lupi quer te ver venha , vamos até ela .

O sorriso da pequena povoou a mente de Michael , que sorriu melancólico . Ter que resistir seria a tarefa mais difícil agora .

A porta é destrancada , Jhon invade o banheiro e abraça seu amigo .

- Precisa ser forte e sei que é . Vamos cuidar desses ferimentos , venha garoto .

Jhon o levou até a enfermaria , cuidaram dos ferimentos de sua mão e lhe deram um calmante .

Michael não falou uma palavra desde o momento em que abriu a porta do banheiro , olhava um ponto fixo , pra ser mais precisa fitava o nada e as lágrimas não paravam de cair por seu rosto . Longas duas horas se passaram assim.

- Michael fale comigo , está sentindo alguma coisa ?

- Que dor é essa Jhon ? Por que ?

- Nada do que eu disser vai amenizar sua dor , só quero que saiba que estarei aqui .

Michael parecia um garoto indefeso e isso despedaçava Jhon que o via como um filho .

- Deite-se aqui - O conduziu até uma cama . Ele deitou-se e fechou os olhos . O calmante estava começando a fazer efeito .

- Será que quando acordar será o mesmo tormento ? - Jhon perguntou-se aflito ao puxar uma cadeira e sentar-se próximo a Michael .

Continua ....

102 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Seg Nov 12 2012, 18:34

Nanda girl jackson

avatar
Super Fã
Super Fã
Ainn qe triste ...a Lupi se foi Sad
contadinhu do Michael meu Deus e agora como serão as coisas Sad
Me emocionei agora Crying or Very sad
Continua Flor

103 Re: [FINALIZADA] Meu Eterno Amor em Ter Nov 13 2012, 17:42

Tay Jackson MJ

avatar
Novato (a)
Novato (a)
Ai tadinho gente que dó que dó Sad
Será como vai ser quando o Michael falar com a Lupi?

Continuaaaa ta muito emocionante

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 4 de 5]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum