Seja bem-vindo (a) a sua Neverland virtual!

Aqui você encontrará tudo sobre o anjo e homem Michael Jackson e também poderá conhecer pessoas com os mesmos gostos que você. Irá conviver e aprender muito mais sobre este artista e ser humano maravilhoso que é Michael Jackson!

Faça parte da nossa família você também! Michael Jackson não é só um cantor e sim uma filosofia de vida!

------- Equipe Neverland -------

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[FINALIZADA] Louise! Uma estória além da imaginação!

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 17 ... 30  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 4 de 30]

♥ Lelê ♥


Membro Invincible
Membro Invincible
Badzinha Jackson escreveu:É , Lelê , ainda bem que tem pessoas solidárias .  
Eu sei , o Robert só está querendo proteger a garotinha dele . Wink  
Ok , não pergunto mais nada , kkkk . u.u 
Esses garotos que ficam implicando com o TJ , por causa da Lou é tudo dor de cotovelo , hehehe .  
Louise + seus fones de ouvidos = inseparáveis . 
Que fofo a Lou , se arrumando toda para o TJ . Ele encantado com ela , as mãos dadas , own , first love wub   .  
Os guris devem aber que por trás das gordurinhas de bebê e das sardas tem um mulherão(cof)
A Louise é mt solitária e se refugia no seu mundo de fones de ouvido...eu tb fazia mt isto =P
Até agora só fofuras =D

♥ Lelê ♥


Membro Invincible
Membro Invincible
Boa noite amadinhas!Mais um pedacinho da fic. Aviso que esta fase fofa está pra acabar...hehehehe


CONTINUAÇÃO
>>>>>

As semanas passavam amenas no fim daquele verão.TJ queria aproveitar cada instante que pudesse antes do frio chegar e se estabelecer, então sempre que podia, ia até Neverland e sempre que o Sgt Robert deixava, Louise ia junto.
Andavam sempre juntos como sempre andaram, e  sem perceber, o namoro ficava cada dia mais com cara de amizade, como afinal, nunca deixou de ser.
O tempo passou sem que falassem a respeito.Gostavam de estar juntos e ambos imaginavam que tocar no assunto poderia de certa forma magoar o outro.
Mantiveram a relação assim, até o inicio do verão seguinte.
Louise agora ás vésperas de completar 15 anos já havia mudado um pouco, tanto por fora, com novas formas , quanto por dentro, com novos pensamentos e sentimentos.
Há muito observava o interesse de TJ por uma garota nova na escola e achava graça do fato de ele ficar tão sem graça na presença dela, e mesmo que ele não falasse sobre isso, era evidente que ele estava apaixonado.
**
 
Louise passou a incentivar que TJ se aproximasse de Diana, mas sem deixar de andarem juntos.
Ter TJ por perto foi aos poucos se tornando mais importante. Por sua amizade, mas também porque estar com ele garantia passe-livre em Neverland.
Cada vez mais tinha vontade de estar lá...mas não pelos brinquedos, nem pelos animais. Mas pelo dono de lá.
E ela não entendia ao certo o que sentia, mas estar perto de Michael a fazia se sentir eufórica, era quase um vício.
Michael, por sua vez, também demonstrava gostar da companhia de Louise.Ela era uma menina inteligente e divertida, e era a única menina que acompanhava as travessuras que ele inventava.
O próprio Michael não percebia o que estava acontecendo  aos olhos de Louise. Em seu coração.
“Ei! Ei! Eu já estou grandinha, posso agora eu mesma contar a minha história?”
Não...não pode! Fique aí caladinha!
O tempo ia passando e Michael se fazia mais presente na vida de Louise. Eles conversavam ao telefone quase todas as noites, e em especial quando o Sgt. Robert não permitia que Louise fosse para Neverland passar feriados como de costume.
Louise tinha uma linha privada em seu quarto, presente de Lilly quando esta completou 16, e então Michael ligava, muitas vezes tarde da noite,apenas para conversar. Saber como iam as provas, contar que aquelas flores lilases que Louise adorava estavam florescendo ou que havia um novo filhote de cavalo no estábulo. Qualquer coisa era motivo para longas horas de conversa.
O fato é que todas as noites ele ligava, e Louise passou a ficar ansiosa por estes momentos, vigiando o telefone, contando as horas.
Lilly há muito observada o comportamento da enteada, e em uma tarde, enquanto juntas dobravam a roupa recém lavada, Lilly  resolveu tocar no assunto:
-Este homem te liga todas as noites, não é?
Louise sentiu como se seu coração tivesse parado de bater dentro do peito. Achava que as ligações de Michael para ela eram um segredo, pois era uma linha particular, e afinal, não era nada demais, mas era um momento dela.
-Que-que homem? Falou tentando fingir desinteresse, mas o rubor de seu rosto denunciava.
-Não se faça de boba Louise! Estou falando do Michael...sei que ele tem te ligado todas as noites! O que está acontecendo?
-Na-nada Lilly! Não está acontecendo nada!
-Louise, ele é um homem com mais de 30 anos e você é uma menina...
-Eu já tenho quase 17 Lilly! Muitas de minhas amigas até trabalham fora e dormem na casa de seus namorados! Michael me liga apenas para conversar!!
-Lou! –suspirou – eu te vejo ansiosa, suspirando pelos cantos, olhando o relógio o tempo todo e ultimamente você só parece contente na hora de ir pra cama...e eu já acordei com o telefone tocando e sei que é ele...vamos...se abra comigo, sabe que pode confiar em mim, não sabe?
A garota ficou parada, fitando séria os olhos da madrasta.
-Sei...sei que qualquer coisa que eu te contasse, o papai não ficaria sabendo.
-Então?
Louise terminou de dobrar o suéter que trazia nas mãos, suspirou profundamente buscando dentro de si as palavras certas pra descrever o que estava sentindo.
-Eu não sei dizer, Lilly...eu tenho vontade...eu gosto de estar perto dele, de conversar com ele...
-E ele?-perguntou prestando toda atenção, observando as reações da enteada.
Louise mais uma vez respirou profundamente, não para procurar as palavras certas, mas para conter a vontade de chorar que sentia quando constatava que o sentimento dela não seria correspondido.
-Ele gosta da minha companhia e de conversar comigo também, porque ele disse isto...mas eu sei, pela maneira que ele me trata, que nunca passaria disto.
-Você gosta dele...
-Meus Deus, Lilly...eu AMO! Eu amo...mas sei que ele não sente nada...então falar com ele tem sido a minha alegria...por favor ...não fale nada pro papai! Ele vai cortar meu telefone...
-Mas Louise...ele é um homem feito e você é uma menina...
-Eu sei que sou muito nova pra ele... Mas Lilly, eu não estou fazendo nada de errado...se ser amiga dele é a única maneira de ficar perto, então que assim seja! Mas por favor...não fale nada pro papai...
-Você sabe que ele quer te mandar estudar em Londres...
-Eu não posso ir Lilly! Não quero ficar longe do Michael.
-Você está me deixando preocupada com esta obsessão...
-Eu só quero estar perto dele mãe...-falou dengosa.
-Você me chamou de mãe...-falou a madrasta sorrindo.
-É como se você fosse, não é...
-Esta bem, eu não vou falar nada com seu pai...puxa vida menina você consegue tudo de mim me chamando de mãe...

As duas se abraçaram ternamente. Podia parecer que Louise estava induzindo a madrasta a fazer o que ela queria, mas era carinho verdadeiro.

CONTINUA
>>>

Thiciane Bad


Fã Veterano
Fã Veterano
♥ Lelê ♥ escreveu:
Thiciane Bad escreveu:Finalmente juntos! Depois de terem ficado tanto tempo separados! Que fofos!!
 Sim...eles são fofos juntos (por enquanto)cof!
Hum! Fazendo o velho Suspense Jackson,né Dona Lelê?! Já vi que vamos ter pano pra manga!

♥ Lelê ♥

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
Thiciane Bad escreveu:
♥ Lelê ♥ escreveu:
Thiciane Bad escreveu:Finalmente juntos! Depois de terem ficado tanto tempo separados! Que fofos!!
 Sim...eles são fofos juntos (por enquanto)cof!
Hum! Fazendo o velho Suspense Jackson,né Dona Lelê?! Já vi que vamos ter pano pra manga!
heheheheheh "faz parte do meu show"bounce

Badzinha Jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
  Lelê e os seus suspenses... Sempre deixando um suspense no ar.
  Essa amizade do TJ com a Lou é tão demais !   
 A Lou é #todatrabalhadanojeitinho kkkk , ela sempre dá um jeitinho de receber ajuda da Lilly e ainda a chama de mãe , acaba mexendo com o emocional dela .  Mas o importante é essa amizade entre elas duas . 
 Nossa a Louise , já está com quase 17 anos . E ela dizendo que ama o Michael para Lilly , devo dizer que eu já desconfiava que uma hora ela dizer isso .  E agora essa viagem para Londres . O Robert não pode mandar a Louise para lá , embora seja uma cidade muito bonita , mas justo agora que a Louise disse que ama o Michael para Lilly . Vejo que teremos fortes emoções pela frente. 

lilianrocha

avatar
Fics
Fics
Hummmmmm estamos chegando quase "lá", hein Lelê???? kkkkkkkkkkkkk


_________________________
You remember a one day....One day in your life!!!


Cumprimentos.net - faça uma montagem de foto

Thiciane Bad

avatar
Fã Veterano
Fã Veterano
Huuum! Acho que sinto uma mudança nos ventos! Ela só quer ficar perto do Michael voçê diz! Tem romance a vista eu digo!

GabyPattz

avatar

Fã
Tadinha.... O que será dela agora??? Ir estudar fora nunca é fácil... Deixar o Michael pra trás então... Mesmo sendo só uma paixonite de criança, é importante pra ela. Continua amiga...

♥ Lelê ♥

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
Aiiiii gurias perdoem, não vou responder uma a uma hoje...fui no dentista ajustar o aparelho e meus dentes estão doendo MUITO! Não consegui nem jantar...aff...
Amanha se eu estiver me sentindo melhor eu volto pra responder, vcs são todas umas fofas e eu adoro responder uma a uma, mas quando estou com dor, eu quero mais é ficar quieta, mas não ia deixar vcs sem capitulo né?
Vamos a ele?



CONTINUAÇÃO
>>>>>

Ficaram naquele abraço longos segundos , até que foram despertas pelo toque insistente do telefone do quarto de Louise.
A menina sentiu seu coração quase pular pela boca.
-Será que é ele?-Lilly perguntou
-Não sei!- Louise exclamou antes de sair correndo pelo corredor.
Era muito cedo, já que Michael sempre ligava á noite...mas faziam três noites que ele não ligava... Louise estava começando a ficar preocupada. No caminho tropeçou no pequeno Milk, o cãozinho que Michael dera a ela de presente no aniversário do ano anterior.
Ainda escutando os ganidos do cãozinho, Louise se jogou na sua cama e atendeu o telefone ainda arfando.
-Alô?-falou tentando controlar a respiração.
-Oi Louise...é Michael... você pode falar? Estou atrapalhando?
-Não! Não...eu estava longe do meu quarto, só isso!
-Está tudo bem? Estou com saudades suas
“Saudades minhas?” a menina pensou com um sorriso nos lábios.
-Está tudo bem sim...
Louise até pensou em comentar a ausência telefônica dos últimos dias, mas silenciou, tomando Milk nos braços.
-Bem...-fez uma pausa-eu queria muito que viesse me visitar...quero muito conversar com você...pessoalmente!
-Oh...ir te visitar?
-Sim! Pode vir hoje?
-Hoje? Eu não sei...tenho que pedir o carro pra Lilly...
-Posso mandar te buscar...
-Não...eu falo com ela...gosto de ir dirigindo pra sua casa...
-Fale com ela...eu espero!
-Mas que pressa!
-Quero te ver hoje ainda menina...ande!
Louise sentiu o coração batendo acelerado, o que Michael teria de tão urgente pra falar com ela, q teria que ser pessoalmente?
Largou o telefone sobre a cama e andou o mais rápido que suas pernas cambaleantes permitiram até o quarto da madrasta escolhendo as palavras a usar pra ganhar a permissão.
-Lilly?
-Fale minha querida.
-Pode me emprestar o teu carro? Michael me pediu...pra ir falar com ele...
-Mas não estava falando com ele no telefone?
-Estava...ele disse que é importante...quer falar pessoalmente!
-Louise...
-Ah, Lilly por favor -implorou- o papai ta viajando ele nem precisa saber.
-Não é este o caso, Louise! Ele liga e exige a tua presença e você sai correndo?
-Se eu pedisse que ele viesse até aqui eu tenho certeza que ele viria...mas você sabe que ele não pode...ah, Lilly...por favor! Eu já fui até lá dirigindo tantas vezes...
Lilly pensou alguns instantes que pareceram horas para Louise. Estava preocupada com as revelações da enteada, de como ela se sentia e em como aquilo tudo iria acabar. Com o coração de Louise partido, com toda certeza, já que ela própria disse que Michael jamais a veria como algo além de uma criança.
Respirou longamente vendo a agonia nos olhos de Louise. Sabia que mesmo que ela dissesse “não”, a enteada faria de tudo pra reverter em um “sim”...e caso contrário pegaria as chaves escondido, como já  fizera uma vez.
-Está bem , Louise...mas tenha muito cuidado...e volte cedo! Se seu pai ligar querendo falar com você direi que está na casa da Jessy, que não tem telefone, mas você tem que estar de volta cedo, entendeu?
A menina quase gritou de contentamento, e saiu apressada para dar para Michael a resposta que ele aguardava ao telefone.
Entrou no quarto e viu Milk deitado sobre a colcha, adormecido e a voz melodiosa de Michael cantarolando ao telefone. Sorriu imaginando que ele estava cantando pra fazer o dengoso cãozinho adormecer enquanto pegava o fone sobre a cama.
Levou o fone ao ouvido e ficou escutando. Michael apenas balbuciava trechos de alguma musica alegre. De fato Michael estava muito feliz hoje.
-Mike?
-Lou!-ele riu baixinho- você estava escutando?
-Não...escutando o que?
-Nada não... Mas e então, falou com a Lilly?
-Sim! Ela emprestou o carro dela! Meu pai está viajando então ela pode usar o dele.
-Eu poderia mandar o motorista...
-Não...eu vou dirigindo...além do mais, tenho que voltar cedo...o motorista demoraria até chegar aqui... Só vou me arrumar e já saio.
-Vou ficar te esperando Lou!
Desligaram e Louise ficou rindo-se intimamente, pois adorava escutar Michael chamando-a de “Lou”... sua voz era tão linda que parecia que ele a chamava cantando... Ela sabia que era bobeira, mas de qualquer forma que ele a chamasse, ela acharia lindo!
Tomou um banho rápido, se perfumou e vestiu seu jeans preferido, com aquela blusa que ela sabia que fazia com que parecesse mais magra, pegou as chaves e partiu pra Neverland com a sensação de estar com o coração pulsando na garganta.
Nem sabe direito como chegou até lá, mas o fato é que quando se deu conta, estava em frente aos portões.
O pequeno trecho entre os portões e a casa principal pareceu maior que toda a viagem já percorrida, suas mãos suavam frio e ela sentia dificuldade mesmo em engolir a própria saliva.
De longe viu Michael com uma de suas inúmeras camisas vermelhas, e sentiu aquela conhecia revoada de borboletas em seu estômago. “Meu Deus como pode ficar tão lindo de vermelho?” ela pensava enquanto estacionava o carro.
Ficou sentada , agarrada ao volante tentando controlar a respiração enquanto escutava os passos de Michael se aproximando.
-Vai ficar aí o dia todo Louise?
Michael falou sorrindo enquanto abria a porta do carro.
Louise desembarcou e Michael deu-lhe um abraço tão apertado e carinhoso que ela teve que se controlar pra não tremer.
-Estava com saudade!-ele falou ainda abraçando-a.
-Eu também senti saudade Mike...
Dentro dela, uma voz gritava com toda a força “Fala pra ele! Diz o que sente!” , mas ela sabia que isto o afastaria...e mesmo que fosse somente amizade, queria poder chegar ainda muitas vezes áquela casa e ser recebida com um abraço assim tão afetuoso.
-Venha! Eu estava ansioso pra que chegasse, tenho algo a lhe falar!
Michael estava visivelmente feliz, mas não falava o motivo da urgência e ver Louise, mas ela via o quanto ele estava alegre.
Aos poucos começou a acreditar que Michael apenas estava carente de ter com quem brincar, e ficou feliz consigo mesma por estar proporcionando isto a ele.
Sentaram no gramado, cansados de andar pelo rancho , e olhavam as pequenas flores rosadas que caíam de uma árvore com o balançar do vento.
-Aqui é tão lindo...
-Eu amo este lugar e fico feliz em poder compartilhar da minha casa com os amigos.
-Você parece muito feliz hoje...
-Ah, eu estou sim! Estou muito feliz! Lou... te chamei aqui por isto! Queria poder compartilhar com você este momento. Você é só uma menina , mas tem sido uma amiga tão presente na minha vida...queria que soubesse por mim.
Louise engoliu em seco ser chamada de “apenas uma menina”. Definitivamente era como ele a via e aparentemente isto não iria mudar.
-E o que é? Está me deixando curiosa!




CONTINUA
>>>>>

lilianrocha

avatar
Fics
Fics
"Vou me casar com a Lisa Marie..Não é fantástico??" No mínimo, é isso que ele vai dizer a ela...Mata logo a menina do coração, Michael!!


_________________________
You remember a one day....One day in your life!!!


Cumprimentos.net - faça uma montagem de foto

Badzinha Jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable

Ainda bem que a Lilly , deixou a Louise pegar o carro para ir ver o Michael .  
Lou , está apaixonada mesmo pelo Michael , coração batendo mais forte.wub E o Michael vendo-a ainda como uma menininha . 
E a agora essa tal coisa que deixou o Michael super feliz . Só acho que , quando ele contar essa tal coisa para Lou , ela não vai gostar . Rolling Eyes 

♥ Lelê ♥

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
lilianrocha escreveu:"Vou me casar com a Lisa Marie..Não é fantástico??" No mínimo, é isso que ele vai dizer a ela...Mata logo a menina do coração, Michael!!
 Pensa! a menina vai morrer do coração se ele falar assim.rsrsrsrsrs

♥ Lelê ♥

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
Badzinha Jackson escreveu:
Ainda bem que a Lilly , deixou a Louise pegar o carro para ir ver o Michael .  
Lou , está apaixonada mesmo pelo Michael , coração batendo mais forte.wub E o Michael vendo-a ainda como uma menininha . 
E a agora essa tal coisa que deixou o Michael super feliz . Só acho que , quando ele contar essa tal coisa para Lou , ela não vai gostar . Rolling Eyes 
 Não...ela vai gostar tanto quanto nó sgostamos quando ficamos sabendo Wink

mjmjs2

avatar
Novato (a)
Novato (a)
♥ Lelê ♥ escreveu:
lilianrocha escreveu:"Vou me casar com a Lisa Marie..Não é fantástico??" No mínimo, é isso que ele vai dizer a ela...Mata logo a menina do coração, Michael!!
 Pensa! a menina vai morrer do coração se ele falar assim.rsrsrsrsrs
KKKKKKKKKKKK tive que rir, lilianrocha! Coitada, gente rs

"No caminho tropeçou no pequeno Milk, o cãozinho que Michael dera a ela de presente no aniversário do ano anterior.

Ainda escutando os ganidos do cãozinho, Louise se jogou na sua cama e atendeu o telefone ainda arfando."

af, preciso dizer que fiquei com pena do tadinho do Milk, cara! Que menina desastrada! Só perdoo pq ela tava desesperada pra falar com o Michael rsrs, compreendo.
O que será que ele vai dizer a ela hein? bounce 

♥ Lelê ♥

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
geeeeente, cade o post? rsrsrsrsrs deu pau e sumiu! já posto denovo

♥ Lelê ♥

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
geeeeente, cade o post? rsrsrsrsrs deu pau e sumiu! já posto denovo

♥ Lelê ♥

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
Oi amorezinhos!
Tô beeeem melhor dos meus dentes, nossa, quem já usou aparelho deve saber do que estou falando, mas é por uma boa causa, né?
O que estão achando da fic? Adoooooro receber os recadinhos de vcs, espero que não desanimem!
Bora ver mais um pouquinho?


CONTINUAÇÃO
>>>>>>


-Vou me casar!
-Ca-sar?-gaguejou já sentindo o rosto enrubescendo.
“Ele vai casar? Como ele vai casar? Ele não tem namorada! Como assim?E agora como eu fico?E tudo que eu sinto?”
A cabeça de Louise parecia estar rodando, e ela se sentia tonta com todas estas frases irrompendo em sua mente sem parar.
-Sim! Estou muito feliz! Encontrei a garota mais linda de todas e estou apaixonado!
Michael sabia que Louise gostava muito dele, e era recíproco, mas ele desconhecia a profundidade deste “amor” acalentado pela menina.
Louise sentiu a cabeça dando voltas, como se tudo que estava no estômago quisesse sair. Fechou os olhos com força e respirou fundo mais uma vez.
-Puxa...que bom!-pronunciou silabicamente.
Felizmente Michael estava tão distraído com a própria alegria e não percebeu o quanto a notícia abalou a jovem.
Ela seguia se esforçando pra conter as lágrimas que enchiam seus olhos, até que não pôde mais segurar. Seu rosto se contraía involuntariamente enquanto ela tentava controlar o choro, pra que ele não percebesse seu desespero.
Quando voltou a olhar o rosto da amiga, ela estava secando nervosamente o rosto com as mãos.
-Está chorando? O que aconteceu?
-Estou feliz por você -falou quase soluçando- mas também estou triste...meu pai quer que eu vá morar em Londres, pra estudar...eu tentei convencer ele a não me mandar pra lá, mas sabe como é...meu pai.
-Não fale assim, ele sempre quer o melhor pra você.
Enquanto conversavam, Michael segurava e acariciava as mãos de Louise, fazendo-a ficar ainda mais triste.
-Agora tanto faz...você vai casar e eu vou perder o único amigo que me restou por aqui.
-Ah, Não seja tão dura...eu continuarei sendo seu amigo!
-TJ também disse que seria depois que começou a namorar a Diana...no entanto ela não deixa ele nem me dar bom dia...e ele obedece!
-Ele é um menino e eu sou um homem!Se eu digo que a Lisa não vai me impedir de ser teu amigo, é porque isto não vai acontecer!
-Lisa?
Então ele se deu conta de que não tinha contado ainda quem era sua amada, e prosseguiu:
-Sim, a Lisa Marie! Ela estava aqui algumas vezes em que você veio...deve se lembrar dela.
Louise baixou a cabeça pensativa enquanto as lágrimas teimavam em brotar em seus olhos. Sim, ela lembra da Lisa em Neverland.
Naquela tarde em que estava no cinema com Michael, se esbaldando de comer balas de goma, quando foram comentar algo do filme ao mesmo tempo, e acidentalmente seus lábios se tocaram. Foi uma coisa rápida, sem maldade alguma, mas Louise não conseguiu esquecer a maciez e o sabor de tuti fruti dos lábios de Michael.
Sim, Lisa estava lá, porque depois que ele pediu desculpa pela acontecido, cobriu o rosto com a mão, envergonhado e virou-se para o lado. Ela estava lá, mas até agora Louise não havia prestado atenção a ela nesta lembrança...apenas o doce sabor de tuti fruti.
-Mike...eu preciso mesmo ir...está ficando tarde...
-Está bem...tem certeza que está bem pra dirigir? Você parece nervosa...
-Estou bem...não se preocupe.
Louise embarcou no carro e pegou a estrada sem ficar se despedindo.
Estava sim, muito nervosa, estava sentindo seu coração despedaçado dentro do peito e não estava mais conseguindo prender o choro.
Na estrada , mal conseguia enxergar, pois as lágrimas saíam como rios de seus olhos.
Chorou, gritou...colocou pra fora toda sua dor adolescente. Era seu primeiro amor platônico sendo desfeito. Mesmo sabendo que não seria correspondida, não esperava que fosse uma sensação tão ruim.
Chegou em casa abatida. Entrou pela porta dos fundos e subiu pro quarto sem ser vista.
Escutou da cama o som do carro do pai chegando, e Lilly espiando a porta do seu quarto, mas fingiu estar dormindo.
Na manha seguinte era sábado portando não tinha que ir pra escola, mesmo assim, acordou cedo, pra falar com o pai antes que este saísse.
Disse que queria ir pra escola que o pai havia escolhido, que decidiu parar de resistir pois sabia que era o melhor pra ela.
O pai comemorou, mas a madrasta sabia que havia algo de errado.
Louise embarcou na segunda feira. O Sgto Robert tinha seus contatos e agilizou tudo o máximo que pôde.
A menina foi morar na escola, que afinal era um internato. Ela não poderia dizer que estava feliz, mas pelo menos não viu na TV quando anunciaram a união de Michael e Lisa.
Viveu tranqüila ali por dois anos.
Quando ingressou na faculdade as coisas mudaram muito.
Ela conheceu Axl e foi morar com ele, sem avisar os pais. Afinal, Axl era seu professor e havia nascido no mesmo ano que o Sgto Robert, e certamente este não aprovaria aquele romance. Mas Louise não se importava. Axl era bonito e inteligente e a tratava como uma princesa.
Viveram felizes no pequeno apartamento de Axl por alguns meses, e Louise achava que não poderia ser mais feliz, até a manha em que ele a deixou no centro da cidade e foi trabalhar...
Quando chegou em casa trazendo o envelope com o presente mais especial que poderia dar a ele, recebeu a ligação avisando que ele havia passado mal na faculdade e estava no hospital, que era sério.
Não conseguia se lembrar de como fez pra chegar até lá...a única coisa que lembrava era da sensação de sufocamento até chegar lá.
No hospital passou mal quando recebeu a notícia de que seu amado sofrera um infarto e não resistira e então tudo se acabou...seu corpo rejeitou o bebê recém descoberto e ela foi obrigada a ligar para os pais para pedir ajuda, pois Axl não tinha família e ela precisaria organizar um funeral e não sabia por onde começar.
O Sgto Robert e Lilly embarcaram ás pressas quando a filha ligou chorando por ajuda. Estavam há semanas sem receber notícias dela.
Apesar de todos afirmarem que voar de avião é seguro, mais precisamente o vôo deles sofreu um acidente, com grande número de mortos, vitimando fatalmente Robert e Lilly.
Louise de repente se viu completamente sozinha no mundo.A vó Joanne não resistiu ao saber que seu precioso filho, seu maior orgulho havia morrido.

“-Tah...agora chega...já deixei de ser criança e reivindico meu direito de contar minha própria história!
Ok Louise...conte!”


*mas não agora


CONTINUA
>>>>>>>

♥ Lelê ♥

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
Lembrando que Quarta feira tem personagem novo chegando na fic. Razz

mjmjs2

avatar
Novato (a)
Novato (a)
Que isso gente O.O
A Lilian acertou em cheio!
E o skip que a Lelê deu na vida da Lou agora? Muita informação, todo mundo morrendo... gente!
To até meio titubeada aqui.
Nas palavras da própria, baixou a Glória Perez na Lê! kkkkkkkkkkk

E deixa a menina contar a história, tadinha! haha

mjmjs2

avatar
Novato (a)
Novato (a)
Personagem novo? Opaaa whistle

lilianrocha

avatar
Fics
Fics
Rpz....Virei "Mãe Dinah"!!! Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy (Pra quem não sabe, essa "piadinha" é sobre uma antiga cartomante que ficou famosa por fazer uma previsão sobre o acidente que matou os garotos do Mamonas Assassinas: Rolling Eyes Rolling Eyes Sad Sad )


Mas Lelê...Se eu sou a Mãe Dinah, vc é uma serial killer de primeira, hein, fia????? Matou marido, pai, mãe, avó, papagaio, periquito...casou o amado com outra....Vixe!!!! Semgraça pouca é bobagem na vida da Lou, hein????


Vai, garota, é isso aí, "me conta a tua estória............"


_________________________
You remember a one day....One day in your life!!!


Cumprimentos.net - faça uma montagem de foto

Jeane

avatar
Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
Lê tô Shocked affraid 

qta morte kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

vix, sempre me surpreendendo!


FIA :
e a LISABURRA de novoooooooooooooooooooo????? Evil or Very Mad NÃOO* FUBE* martelo* treta* perrin ranting eviltongue batee* bund*  

pq essa "criatura" me aperssegue???  óia

pelo menos os dois anos de matrimônio não precisei ler detalhes kkkkkkkkkkkkkkkkkk

aff, só de pensar nela pertinho dele me deixa loka de ciumes kkkk e invejinha...

Badzinha Jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
  O fato é que esse capítulo foi assim :affraid Shocked  affraid Shocked affraid  .         Nossa , Lelê, você deu um giro de 360 graus com a vida da Louise. 
 A Lou vai contar a própria história dela e quarta tem personagem novo , eu até imagino quem seja . Mas pode não ser quem             eu estou pensando .              
Como eu já disse essa fic promete fortíssimas emoções ! 

Isabella de Jesus

avatar
Super Fã
Super Fã
Chegou leitora nova xau* , to amaaando, mas quanta morte, quanto suspense #ansiosa verrr*  Quem será o novo personagem?? Será q o michael, nessa altura do campeonato, não tá com saudade da Lou não? iih, vamo esperar ¬¬* Posta mais flor!

♥ Lelê ♥

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
mjmjs2 escreveu:Que isso gente O.O
A Lilian acertou em cheio!
E o skip que a Lelê deu na vida da Lou agora? Muita informação, todo mundo morrendo... gente!
To até meio titubeada aqui.
Nas palavras da própria, baixou a Glória Perez na Lê! kkkkkkkkkkk

E deixa a menina contar a história, tadinha! haha
Apenas deixo minha risada maléfica
MUAHAHAHAHAHAHAHA!
Baixou a Glória Perez e eu matei todo mundo...muahahahahaha:P

♥ Lelê ♥

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
mjmjs2 escreveu:Personagem novo? Opaaa whistle
me passei com a  quarta feira, mas hoje tem Cool

♥ Lelê ♥

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
lilianrocha escreveu:Rpz....Virei "Mãe Dinah"!!! Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy (Pra quem não sabe, essa "piadinha" é sobre uma antiga cartomante que ficou famosa por fazer uma previsão sobre o acidente que matou os garotos do Mamonas Assassinas: Rolling Eyes Rolling Eyes Sad Sad )


Mas Lelê...Se eu sou a Mãe Dinah, vc é uma serial killer de primeira, hein, fia????? Matou marido, pai, mãe, avó, papagaio, periquito...casou o amado com outra....Vixe!!!! Semgraça pouca é bobagem na vida da Lou, hein????


Vai, garota, é isso aí, "me conta a tua estória............"
HAHAHAHAHAH deu a louca né? Só não matei a propria Louise pq senão acabava a história...kkkkk
Vamos ver como ela se sai agora contando a propria historia né...heheheheheh...
muitas emoçoes á frente8)

♥ Lelê ♥

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
Jeane escreveu:Lê tô Shocked affraid 

qta morte kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

vix, sempre me surpreendendo!


FIA :
e a LISABURRA de novoooooooooooooooooooo????? Evil or Very Mad NÃOO* FUBE* martelo* treta* perrin ranting eviltongue batee* bund*  

pq essa "criatura" me aperssegue???  óia

pelo menos os dois anos de matrimônio não precisei ler detalhes kkkkkkkkkkkkkkkkkk

aff, só de pensar nela pertinho dele me deixa loka de ciumes kkkk e invejinha...
ÔMODEUSO! Ela que foi uma mulher feliz hein? aquele hômi no auge da lindeza, gostosura perfeição e tudo mais...
se bem que vc sabe, eu gosto dele um cadinzinzinho antes...BADelícia delirante da minha vida aiai...
Ah, matei todo mundo mesmo...sou malvada e assumo...kkkkk
senti mesmo pela Lilly q era uma fofa...mas né...isto justificará os acontecimentos a seguir
opa:lol!:

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 4 de 30]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 17 ... 30  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum