Seja bem-vindo (a) a sua Neverland virtual!

Aqui você encontrará tudo sobre o anjo e homem Michael Jackson e também poderá conhecer pessoas com os mesmos gostos que você. Irá conviver e aprender muito mais sobre este artista e ser humano maravilhoso que é Michael Jackson!

Faça parte da nossa família você também! Michael Jackson não é só um cantor e sim uma filosofia de vida!

------- Equipe Neverland -------

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Entrevista inédita de Michael Jackson com Brett Ratner

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 2]

Eliete J Jackson

avatar
Fã Convicto
Fã Convicto
Entrevista INÉDITA de Michael Jackson com Brett Ratner


Brett : Você tem um mentor ou alguém que o inspirou?

Michael :- Sim, eu tenho. Berry Gordy, Diana Ross, Thomas Edison, Walt Disney, James Brown, Jackie Wilson.

Brett: E o que você aprendeu com eles?

Michael : Eu aprendi muito com eles. De como ser um visionário, como ser criativo, como ser persistente, como ser determinado e jamais desistir.

Brett : Isso é ótimo. Qual foi seu primeiro emprego na indústria da música e como você o conseguiu?

Michael : Primeiro emprego? Eu não lembro, eu tinha mais ou menos seis anos de idade.

Brett : A primeira vez...

Michael :No ? Lucky's (não entendi o primeiro nome do clube), eu acho que era um clube. Nós tocamos lá.

Brett : Mas como você conseguiu o emprego?

Michael : Não sei, meu pai conseguiu. Eu era muito pequeno.

Brett : Quando as coisas começaram a dar certo e qual a primeira coisa que aconteceu com você?

Michael Acho que foi quando assinamos um contrato com a Motown. Tivemos uma audição em Detroit. E Berry Gordy convidou todas as nossas estrelas favoritas para assistir estas crianças que vieram de uma cidadezinha em Indiana, Diana Ross, Lucky Robinson & The Miracles, The Temptations, Stevie Wonder, todos estavam lá. E foi perto de sua piscina interna, nesta mansão gigante com mármore por tudo quanto era lugar. Nós tocamos e eles enlouqueceram, eles amaram. E eles falaram: "Garotos, vamos assinar o contrato".

Brett Sério?

Michael : Sim.

Brett : E você se lembra daquele dia?

Michael Ah, eu lembro...

Brett Certo, e que elementos do seu trabalho te fazem querer ir trabalhar todo dia?

Michael Eu quero trabalhar todo dia. Só a idéia de criar... Pegar uma tela em branco e pintar, colorir, criar mundos. Eu amo esta idéia em qualquer coisa. E como as pessoas enxergam e como elas são inspiradas depois de ver.

Brett Que qualidades te fizeram chegar a onde você está hoje?

Michael Fé e determinação... Prática.

Brett Prática faz a perfeição. Certo, o que você faria de diferente em sua carreira se soubesse naquela época o que você sabe agora?

Michael O que eu faria diferente? Hm, deixe-me ver...

Brett Se você soubesse o que sabe agora.

Michael Sim, eu sei... Pratique mais.

Brett Praticar mais?

Michael Eu pratico muito.

Brett Você pratica muito mesmo. Mas você acha que devia ter praticado mais? Certo. Qual foi a maior lição que você aprendeu?

Michael Não confiar em todo mundo. Não confiar em todo mundo na indústria da música. Há muitos tubarões e gravadoras que roubam, traem. E está na hora dos artistas irem contra isso, porque eles totalmente se aproveitam. Eles esquecem que é o artista que faz a gravadora e não o contrário. Sem o talento a gravadora não seria nada além de equipamentos. Sabe? E é preciso de muito talento, é isso que o público quer ver.

Brett Quais são alguns de seus álbuns favoritos?

Michael Meus álbuns favoritos seriam: Tchaikovsky (não entendi o nome do álbum, sorry gente), Claude Debussy ‘Greatest Hits’ que são ‘Arabesque’, e ‘Afternoon of a Fawn’. Eu amo 'What's Going On' do Marvin Gaye, James Brown ‘Live at The Apollo’, ‘Sound of Music’, eu amo Rogers & Hammerstein. Eu amo muito estes compositores. Há muitos músicos maravilhosos. Muitos compositores bons.

Brett Outros álbuns bons? Contemporâneos?

Michael Álbuns bons... É difícil porque hoje em dia um álbum tem uma ou duas músicas boas. É ruim.

Brett Coisas mais antigas, pode ser Marvin Gaye...

Michael Eu amo tudo que eles fazem. Stevie Wonder é um gênio. Todos, ‘Talking Book’, eu amo ‘Living for the city’, eu esqueci o nome agora. Fantástico. E ‘Songs in the Key of Life’ (Stevie Wonder). Fantástico. E ouvindo a música dele me fez dizer para mim mesmo: eu posso fazer isso e eu posso fazer isso a nível internacional. Sério. E quando os Bee Gees apareceram nos anos 70, foi muito importante pra mim. Eu choro ouvindo as músicas deles. Eu sabia todas as notas, todos os instrumentos.

(Começam a cantar uma música do Bee Gees)

Michael Eu amo essa. Eu amo as músicas deles. Quando eles lançaram “Night Fever’, cara, eu disse: "Eu tenho que fazer isso, tenho que fazer. Eu sei que consigo fazer." E com o Thriller eu comecei a escrever músicas, eu escrevi Billie Jean, escrevi Beat It, WBSS. Comecei a escrever e escrever e era divertido.

Brett Você tinha pôsteres no seu quarto quando crianças?

Michael Sim, da Brooke Shields por todo lugar. Minha irmã ficava com ciúmes e os tirava da parede.

Brett Brooke Shields? Certo. Quais foram os melhores shows que você já viu?

Michael James Brown. Os verdadeiros artistas pra mim.

Brett Foi James Brown onde? Onde você o viu?

Michael Nós íamos até o palco, porque ele se apresentava e nós nos apresentávamos. E eu ficava nas coxias olhando cada passo e movimento que ele fazia.

Brett Em shows de TV?

Michael Não, no Apollo.

Brett No Apollo? E você o via se apresentar?

Michael Sim. Jackie Wilson. Todos...

Brett Jackie Wilson?

Michael Sim. The Temptations e...

Brett Você lembra algum show onde... Oh! Você viu os Temptations também?

Michael Sim.

Brett Teve algum show que você viu que você ficou: "Oh meu Deus"?

Michael James Brown e Jackie Wilson.

Brett Apenas nos shows do James Brown e Jackie Wilson?

Michael Me fizeram chorar.

Brett No Apollo?

Michael É. Fizeram-me chorar. Nunca tinha visto algo assim. Aquela emoção, aquele calor, era como se estivessem em outro nível espiritual. Eles pareciam estar em transe. E eles tinham a platéia na palma da mão e eu amava como eles conseguiam os controlar daquele jeito. Aquele poder. E você os via e eles tinham lágrimas rolando no rosto. Eles entram totalmente no clima.

Brett Quais são algumas de suas músicas favoritas?

Michael Melhores músicas de todas?

Brett Sim...

Michael Eu amo Burt Bacharach, qualquer uma da Motown, Beatles, que seria ‘Yesterday’, qualquer uma das Supremes, todas as músicas delas são ótimas. Os anos 60 trouxeram as melhores melodias de todos os tempos. Peter Paul and Mary, sabe... Toda essa gente. The Mamas and the Papas, eles são ótimos. Os mais simples são os melhores, eu acho. Eu amo ‘Alfie’, é tão lindo. Também têm filmes, tantos filmes ótimos.

Brett Diga alguma coisa que possa ajudar alguém que queira entrar na indústria musical.

Michael Acredite em você mesmo. Estude os grandes e se torne ainda maior.

Brett Que nem você disse antes. Você disse mais uma coisa. O que você disse?

Michael Não importa o que aconteça, eu não me importo se o mundo está contra você, te provoque você tem que acreditar em você mesmo. Não importa o que aconteça. Alguns dos maiores homens que deixaram seu marco neste mundo foram tratados desta forma. “Você não vai conseguir. Não vai chegar a lugar algum”. Eles riram dos irmãos Wright, eles riram de Thomas Edison, eles riram de Walt Disney, fizeram brincadeiras dizendo que ele era ignorante, não tinha o diploma do colégio porque ele saiu da escola. Disney largou a escola. Ele teve que ir a justiça para provar sua inteligência.

Brett Sério?

Michael Sim. Estes são homens que moldaram e mudaram nossa cultura. Mudaram a forma que vivemos, a forma com que fazemos as coisas. Eu acho que Deus plantou suas sementes através das pessoas. Eu sou uma, você é uma, para trazer alguma benção ao mundo. Alguma alegria, alguma mágica. Se não fosse assim, como seria o mundo? Como nós seriamos? Seria um mundo totalmente diferente pra mim. Eu amo entretenimento, e a minha favorita são filmes. Eu amo o poder e a magia dos filmes. É a forma de arte mais expressiva. Eu acho que toca a alma: música e filmes. É quase como religião. Nós entramos no cinema uma pessoa e saímos outra. O efeito que tem sobre você, é poderoso. É poderoso, cara. Eu amo. Eu amo isso. Voce consegue os cativar...

Brett Faz com que eles se sintam de certa forma...

Michael É.

Brett E se relaciona com eles.

Michael É, é. E eles vivem isso. Eles fazem parte disso.

Brett A experiência de assistir um filme afeta a vida deles.

Michael Sim, muda.

Brett Eu lembro que assisti Star Wars quando eu tinha 11 anos, é uma experiência diferente para Paris ou Prince verem. Sabe? É incrível. É o mesmo filme, mas o momento, e a idade que você assiste, e o que está acontecendo no mundo, e é a primeira vez que você vê algo assim. Te afeta. É como cantar ou ouvir uma música. Ou ver um artista se apresentar. Ver James Brown e aquele momento de lágrimas saindo de seus olhos. É diferente.

Michael Não consigo te dizer o quão incrível foi. E eu amo os grandes artistas, os grandes “showmans”, os grandes contadores de historia. Apenas assisti-los, você fica encantado. Você está lá e está amando.

Brett Frank Sinatra.

Michael É, é. Estes caras são ótimos. Eu amo eles todos. É mágica. É mágica de verdade.

Brett E que tal James Brown na Hot Tub?

Michael : (Risos) __________________

traduçao feita por julita da beats



fonte :beats

Eliete J Jackson

avatar
Fã Convicto
Fã Convicto
BRETT RATNER: Do you have a mentor or someone who inspired you?

MICHAEL JACKSON: Yeah, I do: Berry Gordy, Diana Ross, Thomas Edison, Walt Disney, James Brown, Jackie Wilson.

BR: And what did you learn from them?

MJ: I learned a lot from them--about how to be a visionary, how to be creative, how to be persistent, how to be determined, how to have a will of iron and to never give up no matter what. You know?

BR: What was your first job in the music industry, and how did you get it?

MJ: First job, probably ... Gee, I don't remember back that far. I was around 6 years old. Maybe it was Mr. Lucky's. I think it was a club--yeah, Mr. Lucky's. We performed there.

BR: And how'd you get the job?

MJ: I don't know; my father would know. I was too little.

BR: What was your first break and the first great thing that ever happened to you?

MJ: The real big break was when Motown signed us. We auditioned in Detroit, and Berry Gordy invited all our favorite stars that we saw as kids to this little town in Indiana: Diana Ross, Smokey Robinson & the Miracles, the Temptations, and Stevie Wonder--everybody was there. And it was next to this indoor pool at this huge mansion, marble everywhere. We performed, and they just went crazy. They loved it. And [Gordy] says, "Boys, you're signed."

BR: Really?

MJ: Yeah.

BR: And you remember that day?

MJ: Oh, I remember it.

BR: What elements of your job make you want to go to work every day?

MJ: I want to work every day--just the idea of creating worlds. It's like taking a canvas, an empty canvas, you know, a clean slate. They give you paint, and we just color and paint and create worlds. I just love that idea. And having people see it and be awe-inspired whenever they see it.

BR: What qualities of yours helped you get where you are today?

MJ: Faith and determination. And practice.

BR: Right. Practice makes perfect. What would you have done differently in your career if you knew then what you know now?

MJ: What would I have done differently? Let me see ... Practice more.

BR: Practice more?

MJ: I practiced a lot.

BR: You practiced a hell of a lot! [Jackson laughs] But you would have practiced more? [Jackson nods] What's your greatest lesson learned?

MJ: Not to trust everybody. Not to trust everybody in the industry. There're a lot of sharks. And record companies steal. They cheat. You have to audit them. And it's time for artists to take a stand against them, because they totally take advantage of [artists]. Totally. They forget that it's the artists who make the company, not the company who makes the artists. Without the talent, the company would be nothing but just hardware. And it takes a real good talent that the public wants to see.

BR: What are some of your favorite albums?

MJ: My favorite albums would be Tchaikovsky's Nutcracker Suite, Claude Debussy's greatest hits, which is, you know, "Claire de Lune" and "Arabesque" and The Afternoon of a Faun. I love Marvin Gaye's What's Going On, James Brown's Live at the Apollo, The Sound of Music [soundtrack]. I love Rodgers and Hammerstein. I love the great show-tune writers very much, and I love Holland-Dozier-Holland from Motown--they were geniuses. So many great writers. So many great ones.

BR: Any other great albums, like contemporary albums?

MJ: Great albums ... It's hard because albums today have one or two great songs and the rest stink.

BR: Or older style---it could be like Marvin Gaye or Sly.

MJ: Sly & the Family Stone--I like everything they do. Stevie Wonder is a genius.

BR: Which album?

MJ: Every one. Talking Book. I love when he did "Living for the City." I forget the name of it [the album]. Fantastic. I think that was Innervisions--fantastic. Hearing this music made me say to myself, "I can do this, and I think I can do this on an international level."

BR: Really?

MJ: Really, and then when the Bee Gees came out in the '70s, that did it for me. I cried. I cried listening to their music. I knew every note, every instrument.

BR: [sings] "This broken heart ..."

MJ: [sings] "How can you mend ..."

BR: [sings] "This broken heart ..."

MJ: And [sings] "How can you stop the rain from falling down?" I love that. [sings with Ratner] "How can you stop the sun from shining? What makes the world go 'round." I love that stuff. And when they did Saturday Night Fever, that did it for me. I said, "I gotta do this. I know I can do this." And we hit with Thriller. And I just started writing songs. I wrote "Billie Jean." I wrote "Beat It," "Startin' Somethin'." Just writing, writing. It was fun.

BR: Any posters up in your room when you were a kid?

MJ: Yeah. Brooke Shields, everywhere. My sisters would get jealous and tear them off the wall.

BR: What are the great shows that you've seen, concerts?

MJ: James Brown. Jackie Wilson. The real entertainers, the real ones, make you get goose bumps.

BR: It was James Brown? Where'd you see him?

MJ: We used to have to go onstage after him because he would come on and then we would come on amateur hour. So I'd be in the wings studying every step, every move--

BR: --On TV?

MJ: No, at the Apollo [Theater].

BR: Amateur Hour at the Apollo. And you saw him perform?

MJ: Yeah, and Jackie Wilson. All of them--the Delphonics, the Temptations.

BR: But do you remember one show? You saw the Temptations, too?

MJ: Yeah.

BR: But was there a show when you said like, "Oh, my God"?

MJ: James Brown, Jackie Wilson.

BR: At the Apollo?

MJ: Yeah, they made me cry. I've never seen nothing like that. That kind of emotion, that kind of fever, feeling--it was like another higher, spiritual plane they were on. They were, like, in a trance, and they had the audience in the palms of their hands. I just loved how they could control them like that, that kind of power. When they'd sing they'd have tears running down their faces. They'd get so into it.

BR: What are some of your favorite songs?

MJ: Favorite songs of all time? I love Burt Bacharach very much. Any Motown. The Beatles, like "Eleanor Rigby," "Yesterday." Any of the Supremes'. All that stuff is great. I think the '60s had some of the best melodies of all time between Peter, Paul, and Mary, and you know, all those people. The Mamas and the Papas were wonderful. And the Drifters go a little further back, but I love that song "On Broadway"--it's genius. The simple ones are the best, I think. I love "Alfie"--so beautiful. There are so many. Like movies, there are so many great movies.

BR: So list a few things that could be helpful to someone breaking into the music business.

MJ: Believe in yourself. Study the greats and become greater. And be a scientist. Dissect. Dissect.

BR: You said something else before: Don't give up.

MJ: No matter what. I don't care if the whole world is against you or teasing you or saying you're not gonna make it. Believe in yourself. No matter what. Some of the greatest men who have made their mark on this world were treated like that--you know, "You're not gonna do it, you're not gonna get anywhere." They laughed at the Wright brothers. They laughed at Thomas Edison. They laughed at Walt Disney. They made jokes about Henry Ford. They said he was ignorant. Disney dropped out of school. That's how far they went. These men shaped and changed our culture, our customs, the way we live, the way we do things.

And I think God plants those seeds through people on the earth. And I think you're one, I'm one to bring some bliss and escapism, some joy, some magic. Because without entertainment, what would the world be like? You know? What would it really be like? It would be a totally different world for me. I love entertainment. And my favorite of all is film. The power and magic of movies. It's the greatest, it's the most expressive of all the art forms. I think it touches the soul. Music and movies are the most expressive. It's almost like religion: You get so involved, so caught up. You go in the theater a different person than you come out. It affects you that way. That's powerful. I think that's strong. I love that.

BR: When you can make an audience feel.

MJ: Yeah, yeah.

BR: They relate to it.

MJ: Yeah, they live it. They're a part of it. They forget they're sitting in a seat.

BR: The experience of watching a movie affects their life.

MJ: Their whole life. It could change your life.

BR: Yes, I remember seeing Star Wars in the theater when I was 7 years old. It's a different experience for Paris or Prince [Jackson's children] seeing it today on DVD, 27 years later. I saw it when it first came out, with all the shock and awe of the time. No one had ever seen anything like it. There were lines for blocks, and I didn't even get in the first time. I had to go back the next day to try again. The memory of being so desperate, at 7 years old, to see that movie makes it an even more unforgettable experience. The first time you see something like that, it permanently affects your life. It's like listening to a song or seeing an artist perform for the first time. Getting to see James Brown, and that moment of tears coming out of your eyes, is different than listening to it on the radio 20 years later.

MJ: I can't tell you how incredible it was. I just love the great entertainers, the great performers, the great showmen, the great storytellers. Just watching them, you're just mesmerized. You're caught up in it. I love it. One spotlight, baby.

BR: Frank Sinatra.

MJ: Yeah. Those guys are cool. And Sammy Davis. I just love it, the whole thing. It's magic, it's real magic.

Convidad

avatar
Convidado
Esse será a próxima legendada \o/

Kind Dangerous

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
Daniel eu jápostei os videos akee tá em
Off The Wall

e até pedhi pra alguem legendar nossa fikaremos nós fãns muitho felizes comn isso sempre vejo seus trabalhos com legendha nos videos de mike e sempre kiz te agradecer e agora posso já que encontrey neverland então

Meu muitho obrigadho por trazer um poko de michael para nós.... ^^

(e posso the pedir uma coiza?? não tô conseguyindho assitir os vvídeos da "
Oprah Winfrey entrevista Michael Jackson"


Só vai a té a parte 3 depois não tem mais oq acontecceu? voc pode rezolver ecs problemas??)

Mais uma vez obrigadha




gabii.moonwalk

avatar
Fã Convicto
Fã Convicto
aai que linda
adoorei a entrevistas
Obrigada por postar Eliete Wink

http://twitter.com/gabiimoon

Lêe

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
Adoro as entrevistas desse tópico, Michael é tão singelo wub

Aluada Jackson

avatar
Fã Dedicado
Fã Dedicado
Eu amo essa entrevista. Ela mostra tanto sobre a forma magnífica dele pensar. Admiro tanto.

"Acredite em você mesmo. Estude os grandes e se torne ainda maior."

DrykaLoveMichael

avatar
Super Fã
Super Fã
Nossa amei..Mike tão inteligente...Vlw Eliete!

karlinha mj

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
adorei a entrevista

larissafca

avatar
Super Fã
Super Fã
Valew!!
a tradução ficou otima!!!

Renata Perleto

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
Amei Demais !!! Muito Lindo !!! Maravilhoso !!!
Michael Eterno no Meu Coração !!!

gabii.moonwalk

avatar
Fã Convicto
Fã Convicto
Vaamos imploorar pro Danii legendaar o viideo *----*

http://twitter.com/gabiimoon

zumpsp

avatar
Fã Dedicado
Fã Dedicado
Adorei!
Aliás, vcs tds q postam entrevistas do Michael estão de parabéns.

Valéria Botelho

avatar
Fã Veterano
Fã Veterano
Obrigada Eliete!!!

As palavras de Michael são sempre mágicas!!!!

maricembra

avatar
Fã Veterano
Fã Veterano
Nosso gatinho como sempre da entrevistas maravilhosasss!!

Mah Jackson

avatar
Moonwalker
Moonwalker
Obrigada por postar Eliete!
É sempre bom ler ver as entrevistas do Michael...sempre tão honesto consigo mesmo...

Isadora mharry

avatar
Fã Convicto
Fã Convicto
Valeu,Eliete, por postar essa entrevista super legal!
Olha a imagem que melhor representa o nosso anjo:
king
Meus parabéns!
Abraços!

http://www.twitter.com/Isadoramharry

André Amaro

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Muito boa entrevista. Gostei do conhecimento geral do Michael, sabe mais do q eu. rsssss

Mas falando do Michael, de fato é viciado em música e danca. Entao tah aí a técnica do artísta saber dancar divinamente, tb, reparar o jeito de mover os pés de James Brown e Jackie Wilson, n é pra qualquer um. O Mike conseguiu digamos, absorver tudo q sabia e fazer do jeito dele, grande artísta q se torno, sem deixar de lado a humildade.


Olha, tava pensando esses dias, como seria o Mike adulto sendo artísta na década de 60, como dissse, década das meloidas incríveis ? Só sei q teria álbuns fantásticos. Acredito q seria rei em qualquer época.

zairaolirios

avatar
Moderação
Moderação
Michael ÚNICO......!!!

Michael sempre...muito sensível, inteligente, percetivo....e maravilhoso.....
Ameeeeeeeeeeeeeeei!!

Obrigada eliete!


_________________________
"Michael é Toda Forma de Arte em Si""Os animais são anjos disfarçados para ensinar ao homem o verdadeiro significado das palavras fidelidade e amor!"

cristinadangerous

avatar
Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
maravilhosa entrevista,..senti michael bem a vontade!!!
ele é um sabio,....grandes palavras de um homem que viveu uma vida em sua intensidade,....
Acredite em você mesmo. Estude os grandes e se torne ainda maior.

http://cristinanv1@hotmail.com

Carolll Jackson

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
Michael o profeta thumbup wink , suas palavras sempre inteligentes e doces, esse homem é muito encantador, eu o admiro tanto wub !


lovemj lovemj lovemj lovemj

mila joseph jackson

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Adorei essa entrevista!
Michael falou algo muito interessante, realmente
os filmes possuem uma magia inexplicável, quando assisto
algum filme entro uma pessoa, quando termina saiu completamente
outra pessoa. É como se nosso coração estivesse cheio de esperança,
de magia..algo sem palavras mesmo!




_____________________


"Quando você quiser estar perto de mim,
ouça a minha música. O meu amor está
armazenado nela, e ele viverá para sempre."
Michael Jackson



http://sokeepyourheaduptothesky.tumblr.com

Susie maria

avatar
Moonwalker
Moonwalker
Adorei toda a entrevista,ele se emocionava com os ídolos dele e eu e milhões de pessoas nos emocionamos com ele.

Tay'

avatar
Fã Máximo
Fã Máximo
Parece que esta "entrevista" foi feita durante uma das viagens deles juntos... mais ou menos por 2002.
Mas foi mais como uma brincadeira pra passar o tempo...

Sabem o vídeo em que MJ dança no banco detrás do carro... o homem que
está na frente é Brett Ratner! É diretor de cinema e era muito amigo de MJ.
Este de camisa rosa


Não sei se o vídeo já foi postado aqui no fórum... mas ai vai:

http://tayscream.blogspot.com/

Rafa_Jackson

avatar
Membro Invincible
Membro Invincible
AAA , que lindo

Michael is best

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 2]

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum