Seja bem-vindo (a) a sua Neverland virtual!

Aqui você encontrará tudo sobre o anjo e homem Michael Jackson e também poderá conhecer pessoas com os mesmos gostos que você. Irá conviver e aprender muito mais sobre este artista e ser humano maravilhoso que é Michael Jackson!

Faça parte da nossa família você também! Michael Jackson não é só um cantor e sim uma filosofia de vida!

------- Equipe Neverland -------

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[FINALIZADA]Earth Song / Parte 01: O renascimento.

Ir à página : 1, 2, 3 ... 10 ... 19  Seguinte

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 19]

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable


Se acha que eu sou selvagem
Você viajou bastante, tal vez tenha razão
Mas não consigo ver mas selvagem que vai ser
Precisa escutar com o coração, coração

Se pensa que esta terra lhe pertence
Você tem muito ainda o que aprender
Pois cada planta, pedra ou criatura
Está viva e tem alma, é um ser

Se crê que só gente é seu semelhante
E que os outros não têm o seu valor
Mas se seguir pegadas de um estranho
Mil surpresas vai achar ao seu redor

Já ouviu o lobo uivando para a lua azul?
Será que já viu um lince sorrir?
É capaz de ouvir as vozes da montanha?
E com as cores do vento colorir...
E com as cores do vento colorir...

Correndo pelas trilhas da floresta
Provando das frutinhas o sabor
Rolando em meio a tanta riqueza
Nunca vai calcular o seu valor

A Lua, o Sol e o Rio são meus parentes
A garça e a lontra são iguais a mim
Nós somos tão ligados uns aos outros
Neste arco, neste círculo sem fim

A árvore aonde irá?
Se você a cortar, nunca saberá
Não vai mais o Lobo uivar para a Lua azul
Já não importa mais a nossa cor
Vamos cantar com as belas vozes da montanha
E com as cores do vento colorir
Você só vai conseguir desta terra usufruir
Se com as cores do vento colorir...




A terra pede por socorro...

Fãs de Michael Jackson e membros de Neverland, vamos parar de falar e vamos agir mais!!!



Última edição por Fada Miah em Sab Fev 19 2011, 05:50, editado 2 vez(es)

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capitulo 01

O mundo mudou.
Aquilo que era temido aconteceu.
Pode-se ouvir o choro da terra, pode-se sentir o lamento das águas.
Ouvimos falar de efeito estufa, de aquecimento global, buracos na camada de ozônio. Mas ninguém se importou. Era muito fácil, muito lindo e exaltador falar sobre preservação do meio ambiente, proteção aos animais e controle da poluição. Falar apenas não bastava, era preciso atitudes, não apenas por parte das autoridades ou organizações, mas também de cada ser humano. Mas a ganância e o desejo de sempre ter mais, cegava o homem, e todos continuaram a explorar, a sujar, a desperdiçar, a desmatar, a queimar e a matar.
Por todos os lados do planeta as catástrofes se tornaram mais impiedosas. Terremotos, maremotos, furacões, enchentes e até mesmo fenômenos nunca vistos, como chuvas com blocos de gelo do tamanho de um tijolo, chuvas tão acidas que foram capazes de corroer telhados de casas e calores exageradamente intensos. Era a mãe natureza gritando, tentando chamar a atenção, tentando alertar as pessoas, mas as pessoas apenas falavam, e eram muito poucos os que agiam.
Ao decorrer do tempo, diversas espécies de animais se extinguiram e isso acabou causando um enorme desequilbrio, assim algumas espécies começaram a invadir o território humano atrás de alimento e os homens pra não perecer tinham que se defender, e isso acabou por riscar do planeta qualquer vida animal, restando apenas os insetos.
Guerras foram declaradas por todo o planeta, bombas nucleares a muitos anos escondidas explodiram em diversas partes. Uma grande onda de fome, dor e doenças tomaram conta do planeta, e nada se podia fazer, cada vez havia menos recursos necessários pra sobrevivência. Vastas regiões do planeta se tornaram inabitáveis. A população do mundo diminuiu drasticamente, o que antes era uma população calculada em mais de seis bilhões de pessoas, agora eram de apenas de milhares.



Já no século XXVI, quando o planeta havia chegado a um estado lamentável, um grupo de cientistas liderados por Marcos Santhine desenvolveram varias pesquisas, como produção de alimentos em largas escalas em laboratórios, agentes despoluidores da água e de ar, eles tentavam desenvolver maneiras de melhorar a vida no planeta, e recuperar muito do que havia se perdido, eles tinham acesso a livros antigos, e através deles, puderam conhecer como a terra era linda, e tudo o que queriam era resgatar o que a própria humanidade tinha destruído.
Havia uma pesquisa que apenas Marcos conhecia, era uma forma de trazer de volta a vida, apenas com o código genético de um ser já morto, através disso, poderia novamente habitar o mundo com animais e espécies de plantas que não existiam mais.
Mas Marcos não desconfiava que no meio deles houvesse um traidor ganancioso. Lucian Gouvier era um homem com sede de poder, e com muita astúcia se adentrou no grupo de cientistas, mas seu único intuito era absolver informações sobre as pesquisas. E após roubar muitas delas, tratou de mandar assassinar cada cientista do grupo, inclusive Marcos Santhine.
Lucian conseguiu juntar pra si um grande exercito, e com ele, percorreram todo o globo em um período de doze anos procurando por cidades e vilas atacando-as e dominando seus habitantes. Ele tinha em suas mãos maneiras de ter água e comida, era perfeito pra dominar o planeta, mas Lucian não contava que no caminho dele iria encontrar um grupo de rebeldes justiceiros que o desafiaria e lutariam com todas as forças contra ele.

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

Nanda-

avatar
Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
Jah estou adorando... Muito bom...
E se o homem nao fazer nada o mundo vai acabar assim mesmo, ou ate pior! Sad
Enfim... Parabens... esta muito show! (e olha que mal comecou).

Blankie Jackson

avatar
Super Fã
Super Fã
opa qrendo mais Very Happy

Convidad

avatar
Convidado
Aeeeeeeee very loko!!!!!! o/

Que venham as próximas! xD

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capitulo 02

Alex Santhine ocupava uma cela fria e suja somente esperando o dia seguinte no qual já estava marcado pra ser o dia de sua morte. Da cama que ele estava deitado, conseguia ver o céu noturno. Ele não conseguia acreditar que iria morrer sem concluir sua missão, ele havia perdido e agora até podia imaginar a satisfação do seu inimigo.
Ele pensava em seus amigos, e sabia que eles eram fortes e capazes de seguir em frente na missão de acabar com a ditadura e tirania de Lucian Gouvier, ele só lamentava por não poder estar com eles. Alex também pensou na mulher que amava, eles eram tão felizes, não eram apenas amantes, eram também amigos e companheiros, ela havia sido capturada por Lucian pois este queria usufruir dos dons dela (ela tinha poderes mágicos, tais como os de feiticeira), desde então já havia se passado dois anos e ele nunca mais a viu. Juliana era parte dele, e ele se sentia incompleto sem ela, e agora, mas do que nunca temia pelo futuro da amada.
Deitado naquela cama dura, Alex se lembrava do que havia ocorrido momentos antes de ser capturado. Ele e seus amigos haviam invadido um campo de concentração de Lucian, pois haviam recebido a noticia de que o tirano estava juntando todas as crianças que faziam parte daquele local para serem fuziladas por seus soldados enquanto Lucian sentado em um trono iria observar a cena (esse era o tipo de coisa que divertia ele). Então Alex e seu grupo invadiram o local durante a madrugada e rendendo alguns guardas, procuraram onde estavam presas as crianças para libertá-las. Todos eles eram bem eficientes, e corriam pelo campo abaixados em total silêncio. Glauco foi quem encontrou o local que estavam às crianças, e contatando os demais com um walktop, informou o local que estava. Logo todos estavam ali, e arrombando a grade, libertaram as crianças e começaram a conduzi-las para a saída. Porém soldados apareceram e começaram atirar contra eles e eles revidando começaram a trocar tiros, Alex percebeu que aquilo poderia causar a morte de alguma criança então gritou para o seu grupo:
- Parem de trocar tiros e tirem essas crianças daqui o mais rápido possível!
Eles começaram a obedecer, porém Alex não foi com eles e ficou no local derrubando alguns guardas com a sua metralhadora, porém um tiro acabou acertando a sua perna e ele gritando de dor foi ao chão.
- Alex! – gritou sua irmã que já estava do lado de fora.
- Cessar fogo! – gritou o comandante – O senhor Gouvier quer Santhine vivo!
- Espera Alex, nós estamos indo te pegar. – gritou novamente sua irmã
- Saiam daqui agora, se vocês voltarem eles vão pegar vocês e as crianças, vocês tem que tira-las daqui o mais rápido possível. – dava pra perceber pela voz de Alex que a dor que ele sentia era grande.
- Nós vamos te buscar Alex, eu prometo. – gritou Noah.
Jill ficou chorando vendo os soldados de aproximarem de seu irmão. Noah agarrou-a pela cintura e a tirou de lá a força enquanto ela gritava chamando o nome de Alex.
Alex foi arrastado até o local que Lucian estava, e por onde passava, produzia um rastro de sangue, ao chegarem a Lucian, os soldados atiraram Alex aos pés dele, e Lucian rindo disse:
- Finalmente Santhine, você esta em minhas mãos. Eu adoraria ter você como escravo Santhine, seria um grande prazer pra mim vendo você trabalhando até cair de exaustão. Mas você é um rebelde e muito esperto também e eu sei que mais cedo ou mais tarde você iria conseguir se libertar. E sinceramente Santhine, ninguém nesse mundo me irrita tanto quanto você, digamos que você se tornou uma pedra no meu sapato e eu quero me livrar de uma vez por todas dessa pedra. – Lucian soltou uma gargalhada maquiavélica – Amanhã mesmo eu vou ver a sua morte, e te garanto Santhine que ela será lenta e muito dolorosa.
Apontando pra frente, Lucian deu ordem aos seus soldados:
– Levem-no para a cela e cuidem desse ferimento, não quero correr o risco que ele morra essa noite.
Os soldados obedeceram à ordem.
De repente, vozes atrapalharam as lembranças de Alex. Ele olhou pro céu e percebeu que o dia já havia amanhecido:
- O senhor Gouvier nos deu ordens pra pegar Santhine e leva-lo até o local onde ele vai ser executado. Onde ele está? – disse uma voz.
- Ele esta na ultima cela. – respondeu o carcereiro.
Dois soldados se aproximaram da cela, eles usavam um uniforme negro com um emblema de Lucian no braço direito e capacetes cobrindo o rosto (ninguém nunca via os rostos dos soldados de Lucian) eles abriram à cela e um deles pegando no braço de
Alex disse:
- Vamos Santhine, chegou à hora da sua morte.
O outro soldado pegou no outro braço e começaram a tirá-lo de lá. Alex não tentou reagir, apenas acompanhou os soldados.
Uma grande angustia tomou o coração de Alex, não era nada fácil saber que a hora da morte estava chegando.
Alex estranhou o fato de que os soldados estavam conduzindo-o para um carro e perguntou:
- Onde vocês estão me levando?
- O senhor Gouvier escolheu um lugarzinho especial para a sua execução, e estamos te levando pra lá. – disse um dos soldados
- Enquanto isso fica com a boquinha bem calada Santhine. – disse o outro.
Empurraram Alex para dentro do carro, havia no volante do carro uma pessoa usando um boné vermelho, e Alex tentava ver o rosto pelo retrovisor, mas não conseguiu. Não demorou muito, o misterioso motorista retirou o boné, e virando-se pra trás perguntou:
- Está pronto pra morrer hoje Santhine?
Alex não acreditou, era sua irmã Jill que estava no volante do carro. E os soldados tirando o capacete que cobriam o seu rosto, revelaram suas verdadeiras identidades, nada mais eram que seus amigos Noah e Glauco.
- Se estou pronto pra morrer hoje? Não mesmo!
Todos começaram a rir dentro do carro.
Glauco sentou-se ao lado de Alex , Jill passou pro lado do passageiro e Noah assumiu o lugar do motorista então afundou o pé no acelerador.
Ao chegarem ao esconderijo secreto do grupo, encontraram-se com Isly, que logo tratou de avisar que já havia conduzido todas aquelas crianças pra um lugar seguro.
Alex, Jill, Noah, Isly e Glauco eram um grupo de rebeldes que viviam lutando contra ditadura imposta por Lucian Gouvier. Eles libertavam prisioneiros, roubavam água e comida que eram racionadas pelos soldados de Lucian pra distribuí-los pras pessoas e principalmente, tratavam da dependência química daqueles que já haviam sido escravos de Lucian, pois para manter as pessoas totalmente dependentes dele, Lucian os drogava com Heroína, e dessa forma as pessoas cumpriam todas as suas ordens não importando quantas horas trabalhavam por dia, assim recebiam suas doses diária da droga da qual eram dependentes. Porém já faziam mais de quatro anos que lutavam contra Lucian, mas ainda não tinham conseguiam tirar ele do poder. Eles não sabiam, mas faltava algo muito especial pra eles conseguirem concluir o objetivo principal.

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

Felícia Yana

avatar
Keep Michaeling!
Keep Michaeling!
Vamos amorrrrrrrrrrrrrrr
as suas histórias sempre abalam as estruturas de Neverland! \o/


_________________________
Michael Jackson - Love Never Dies!

                                      
http://www.forumneverland.com

Convidad

avatar
Convidado
ta no inicio a HIStorya e pelo visto vai ser ótima!!!!

estou adorando

continuaaaa!!

Convidad

avatar
Convidado
Ae q massa pow!!

Camilla Joseph Jackson

avatar
Fã Veterano
Fã Veterano
só pra saber viu Sininhu...
tô acompanhandu i adoorandu!
Obs:diminui um pouco os capitulos benhê :)
assim a história dura mais Razz

Nanda-

avatar
Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
O que sera que vai acontecer no proximo capitulo? Shocked
To doidinha pra saber Razz


Esta muito bom! Muito bom mesmo!

Blankie Jackson

avatar
Super Fã
Super Fã
Tá bom comentei Razz

To adorando tbm, vou ler sempre q der porque tô com 3 conto em adamento e um forum do roxette p monta então vou demora a comenta mais to comentando lendo continua assim linda. Very Happy

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Camila Joseph Jackson escreveu:só pra saber viu Sininhu...
tô acompanhandu i adoorandu!
Obs:diminui um pouco os capitulos benhê :)
assim a história dura mais Razz

Quanto a isso você pode ficar sussegada, pois esta FIC vai ser enormeeeeeeeeee, tanto que eu vou até dividi-la em três partes...

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capitulo 03

Lucian ferveu de ódio ao descobrir a fuga de Alex Santhine:
- Como é que os amigos de Santhine entram aqui dentro e enganam todos os meus soldados?
- Eles são muito espertos senhor. – disse um dos soldados – Usaram uniformes do nosso exercito, por isso não conseguimos identifica-los.
- E vocês são um bando de idiotas! Como eles conseguiram ter acesso aos uniformes do exercito?
Ninguém respondeu fazendo com que Lucian perdesse a cabeça, e agarrando um dos soldados pelo colarinho berrou:
- Eu quero que você vá até a prisão, e dê um tiro na cabeça daquele carcereiro inútil, nem fale com ele, apenas chegue e atire. – Lucian soltou o soldado – Agora mesmo!
O soldado bateu a mão na testa e foi cumprir a ordem recebida.
Lucian respirava forte, algumas veias saltavam em seu pescoço e seus olhos pegavam fogo:
- Quero que vasculhem cada canto dessa cidade, cada brecha e cada buraco, e não parem até acharem Alex Santhine e seu grupinho, e mate a todos. Mas quero que me tragam a cabeça de Alex, pra que eu possa usá-la com troféu!
Naquele momento mãos suaves envolveram os ombros tensos de Lucian e ele pode ouvir a voz da sua amante Dominique nos seus ouvidos:
- Calma Lucian, será que você não sabe que não se deve tomar decisões precipitadas?
- Dominique, eu não estou tomando decisões precipitadas!!!
- Claro que está Lucian! – ela conduziu-o até seu trono e começou a massagear seus ombros. – Simplesmente mandar matar Alex Santhine é muito fácil, não vai ter a menor graça, você tem que faze-lo pagar por toda a dor de cabeça que ele já te causou.
Sentado em seu trono, Lucian começou a lembrar-se do primeiro dia em que esteve frente a frente com Alex.

Lucian tinha reunido toda a população do mundo e começou a discursar:
- Habitantes deste planeta, hoje eu declaro que tomo o mundo pra mim, e a partir de hoje eu sou dono de tudo, principalmente de vocês. E eu digo que quem não obedecer as minhas ordens e se colocar contra mim, vai receber os danos por isso. Pois eu deixo bem claro pra vocês, que somente aqueles que estiverem comigo terão direito a água e comida, e aqueles que se rebelarem, irão morrer de fome e sede!
Então de um lugar alto, uma voz se fez mais forte que a de Lucian:
- Eu é que te digo Lucian Gouvier. Não vou me curvar a você nem serei seu escravo. E não é por isso que vou morrer a mingua. Eu não vou descansar enquanto não te derrubar e ver você lambendo o pó do chão!
- Posso saber o seu nome antes de mandar te matar rapaz?
- Meu nome é Alex Santhine, filho de Marcos Santhine assassinado há doze anos atrás pra que você pudesse usufruir das descobertas feitas por ele. E é em nome do meu pai que declaro guerra a você, a partir de hoje serei o seu principal inimigo!
E Alex virando as costas pulou para o desconhecido, desaparecendo. Lucian deu ordens pros seus soldados o perseguirem, mas não o encontraram.

Lucian voltou a si após se lembrar desse fato, e assim concordou com Dominique:
- Você tem toda razão Dominique. Vou fazer Alex sofrer tanto, que ele mesmo vai implorar pela morte.
- Eu sempre tenho razão querido. Diga-me o que seria de você se eu não estivesse do seu lado?
Lucian se levantou e gritou pros seus soldados:
- Mudança de planos. Se encontrarem Alex me traga ele vivo, mas os outros vocês podem matar! Vão agora!
Os soldados saíram do local e Dominique sentando Lucian novamente deu ordens pra tocarem uma música e chegando perto de Lucian beijou-lhe os lábios e disse:
- Relaxe querido. Estou aqui pra satisfazer todos os seus desejos!
Dominique começou a executar uma dança bem sensual. Os olhos de Lucian se deliciavam com as curvas do corpo dela, os movimentos que ela fazia o hipnotizava.
Dominique era uma mulher muito sexy e provocante e essas eram as armas que ela usava pra controlar Lucian.

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

Convidad

avatar
Convidado
ashuasuhas qr dizer q a safada controla
o kra!!! o bocó nem percebe

vai nessa Alex! o/ Razz

Camilla Joseph Jackson

avatar
Fã Veterano
Fã Veterano
Fada Sininho S2 escreveu:
Camila Joseph Jackson escreveu:só pra saber viu Sininhu...
tô acompanhandu i adoorandu!
Obs:diminui um pouco os capitulos benhê :)
assim a história dura mais Razz

Quanto a isso você pode ficar sussegada, pois esta FIC vai ser enormeeeeeeeeee, tanto que eu vou até dividi-la em três partes...

Shocked
uhuu! lol!

Camilla Joseph Jackson

avatar
Fã Veterano
Fã Veterano
o conto deve ser enorme msm!
o MJ nem entrou en cena ainda!
8-25-03jerry

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Camila Joseph Jackson escreveu: o conto deve ser enorme msm!
o MJ nem entrou en cena ainda!
8-25-03jerry


E jah teve gente que veio reclamar sobre isso... kkkkkkkkkkkkkkk

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capitulo 04.

Jill dormia profundamente e um sonho invadiu sua mente, neste sonho havia um homem de pele branca e cabelos negros, a roupa que ele usava estava suja e rasgada, o seu rosto aparentava sofrimento. Ele cantava uma canção muito bonita, sua voz era celestial, ela nunca tinha ouvido voz mais linda que aquela, atrás dele tudo pegava fogo. Mas de repente um forte vento soprou arrastando-o para trás, ele agarrou-se em dois troncos e o vento que soprava ia curando a terra, tornando-a linda como Jill jamais tinha visto, pois sempre conheceu o planeta em sua forma mais horrível, sem arvores, nem animais, nem rios, nem ao menos ela conhecia o céu azul. Ela olhava como tudo estava ao redor e não podia acreditar.
Ela acordou sentando-se em sua cama, olhou para o lado e viu um garoto de uma idade aproximada dos nove anos de idade, ela jamais tinha visto aquele garoto e não podia imaginar como ele tinha ido parar ali:
- Quem é você, e o que faz aqui?
O garoto permanecia parado olhando pra Jill, a única coisa que ele disse foi:
- A Profecia!
Jill levantou-se da cama:
- Profecia? Do que você esta falando?
- Já viu alguém caminhar na lua?
- Eu não estou entendendo. O que isso quer dizer?
Mas o garoto não respondeu, e virando as costas saiu correndo. Jill tentou correr atrás dele, mas como num passe de mágica, o garoto simplesmente desapareceu. No meio do caminho, ela encontrou-se com Isly:
- Isly, você não viu um garoto passar por aqui?
- Não vi garoto nenhum!
- Era um garoto de pele morena, tem certeza que não viu ele?
- Jill, não tem nenhum garoto aqui!
- Isly, eu não estou ficando doida. Ele apareceu pra mim e falou alguma coisa sobre profecia.
- Que tipo de profecia?
- Eu não sei, ele só perguntou se eu conhecia alguém que caminhava na lua!
- Que coisa estranha! Tem certeza de que não foi um sonho Jill?
- Talvez tenha sido...



Glauco estava tentando invadir o esquema de segurança da fortaleza de Lucian para descobrir uma forma de desativá-la, era uma tarefa bem difícil e ele estava completamente concentrado na frente do computador. Mas ele viu algo estanho na tela, era como se estivesse refletindo a imagem de um menino, Glauco olhou pra trás e não viu ninguém, então esfregou o olhou e disse em voz alta:
- Acho que estou trabalhando demais!
Virou pra frente novamente e viu que uma seqüência de números se repetia na tela em um pequeno espaço de tempo entre cada seqüência. Então Glauco pegou uma caneta e esperou a seqüência se repetir, pois ele achava que havia descoberto algum código secreto pertencente ao programa que controlava o esquema de segurança da fortaleza de Lucian. Os números voltaram a repetir-se e Glauco anotou-os, e esses números eram:

2-9-0-8-1-9-5-8.




Isly estava na sala de armas treinando tiro ao alvo, quando de repente teve algo como uma vertigem e procurou um ligar para sentar-se, e olhando pro chão viu uma fotografia, abaixou-se e pegou a para ver mais de perto, era um garoto de pele morena e olhos grandes e bem penetrantes, ela virou a fotografia e viu que atrás estava escrito. “O mundo só vai ser salvo se as pessoas aprenderem cantar a CANÇÃO DA TERRA”
Isly correu o mais rápido que pode até o local onde Jill estava, e entregando-lhe a fotografia perguntou:
- Você conhece este garoto Jill?
Jill ficou muito surpresa com o que estava vendo:
- É ele Isly. É o garoto que apareceu pra mim hoje!
- Eu desconfiei mesmo. Leia atrás.
Jill virou a fotografia e leu, e olhando pra Isly, tentou questionar:
- Cantar a Canção da terra? Que raios é isso?
- Não sei Jill. Eu não conheço nenhuma música assim.
Jill olhou mais uma vez pro garoto da foto e falou como se começasse a entender alguma coisa:
- Com certeza tem alguma coisa haver com a tal profecia!




Noah estava concertando o motor de um dos carros do grupo e enquanto executava o seu serviço o radio do carro ligou sozinho e começou a tocar uma música. Noah achou muito estranho, pois há muito tempo os rádios não tocavam musica alguma, na verdade já se fazia muitos anos que qualquer tipo de musica tinha deixado de fazer parte da vida dos seres-humanos, ninguém lembrava se de nenhuma canção, por mais simples que podia ser. Fazia tanto tempo que ele não ouvia musica, que a única coisa que teve vontade de fazer foi de entrar no carro e ouvir a música que tocava, era muito linda, Noah ficou prestando atenção na mensagem que a música passava, e a mensagem era exatamente essa:


O que virou do nascer do sol?
E a chuva?
O que virou de tudo
Que você disse que iríamso ganhar?
E os campos de extermínio?
Vamos ter uma descanso?
E o que vai virar de tudo
Que você disse que era meu e teu?
Você já parou pra pensar
Sobre todo o sangue derramado?
Já parou pra pensar
Que a Terra, os mares estão chorando?

O que fizemos com o mundo?
Olhe o que fizemos
E a paz . Que você prometeu a seu único filho?
O que virou dos campos floridos?
Vamos ter um descanso?
O que virou de todos os sonhos
Que você disse serem teus e meus?
Você já parou pra pensar
Sobre todas as crianças mortas com a guerra?

Eu costumava sonhar
Costumava viajar além das estrelas
Agora já não sei onde estamos
Embora saiba que fomos muitos longe

O que vai virar do passado?
E os mares?
O céu está caindo
Não consigo nem respirar
E a terra sangrando?
Não conseguimos sentir as feridas?
E o valor da natureza?

É o ventro do nosso planeta
E os animais?
Fizemos de reinados, poeira
E os elefantes?
Perdemos a confiança deles?
E as baleias chorando?
Estamos destruindo os mares
E as florestas?

Queimadas, apesar dos apelos
E a terra prometida?
Rasgada ao meio pelos dogmas
E o homem comum?
Não podemos libertá-lo?
E as crianças chorando?
Não consegue ouvi-las chorar?
O que fizemos de errado?

Alguém me fale o porquê
E os bebês?
E os dias?
E toda a alegria?
E o homem?
O homem chorando?
E Abraão?
E a morte de novo?

A gente se importa?


“Quem será que canta?” pensou Noah. Ele achou muito estranho o fato de alguém estar alertando sobre o fato do planeta estar sendo destruido. “E dai? A terra não tem mais salvação, ela já esta totalmente destruída”.
Ele olhou pra frente e viu um garoto parado bem na frente do carro, mas bastou o tempo de Noah piscar os olhos que o garoto desapareceu.




Um tempo depois, os cinco se reuniram e cada um começou a contar os estranhos acontecimentos do dia, e cada um se espantou com o fato de um misterioso garoto estar envolvido. Todos se perguntavam o que tudo aquilo queria dizer:
- Eu tive a impressão de ver um garoto pela tela do computador, mas achei que era minha imaginação. Logo após começou a surgir no computador uma seqüência de números que eu achei que era senha do programa que eu estava tentando invadir, mas não era. – Glauco mostrou a seqüência de números aos outros. – Essa seqüência de números quer dizer alguma coisa, mas só não imagino o que seja.
- Quando eu acordei, havia um garoto perto da minha cama, e ele apenas me falou “A profecia”, e depois saiu correndo sem ao menos me explicar que profecia é essa. – disse Jill. – Apenas me falou sobre caminhar na lua!
- Hoje começou a tocar uma musica misteriosa que eu nunca tinha ouvido antes no radio de um carro que eu estava arrumando e então eu vi um garoto na frente do carro, mas ele sumiu em um piscar de olhos. – disse Noah
- E olha só o que eu encontrei. – Isly mostrou a foto pra Noah.
- Era esse o garoto! – Noah gritou.
- Eu só vi o reflexo, mas se parece muito mesmo! – disse Glauco aproximando-se da foto.
- Pois é eu também vi o mesmo garoto. - Jill levantou-se e olhando pra o irmão perguntou a ele – Você não acha isso tudo estranho Alex?
- É muito estranho mesmo. – Alex coçou a cabeça. – Mas pra mim esse tal garoto não apareceu!
- E o que você pensa em fazer a respeito? – perguntou Isly.
- Eu não sei. Vamos esperar esse garoto aparecer de novo, talvez ele dê explicações.
- Devemos descobrir o que isso tudo quer dizer. – falou Jill – Esse garoto apenas nos dá enigmas...
- A Jill tem toda a razão Alex, se tudo isso aconteceu aqui, quer dizer alguma coisa. - disse Glauco.
- Seria algo sobre a salvação do planeta? – indagou Noah – Era sobre isso que a música que eu ouvi hoje falava!
Alex colocou a mão no queixo e ficou pensativo “Salvação do planeta”. Antes mesmo de Juliana ser capturada, ela havia falado pra ele que o mundo poderia ter uma salvação. Alex olhou para os amigos que continuavam a debater a respeito dos fatos ocorridos naquele dia, e pensou dentro de si “Por que somente pra mim que esse garoto misterioso não apareceu?”.

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

Convidad

avatar
Convidado
auhsuhasuhsa gostei da seqüência de números à la Lost! Razz
me são familiares! asasuha

ta mt loka a historia!!

Nanda-

avatar
Super Fã Veterano
Super Fã Veterano
Miriam amore! O conto esta maravilho! Perfeito!
Cara... Eu jah estou louca para saber o resto!
Ai me pobre coracao... Esta a ponto de pular daqui de dentro
Nossa... Muito show

Earth Song - Essa musica toca no meu coracao profundamente! A primeira vez que vi o clipe quase chorei... (((Michael eh maravilhoso, soh ele mesmo para fazer essa musica... Eh por isso, e por muito mais, que eu o amo tanto)))

Enfim... Como eu disse no inicio, esta perfeito! Esse conto jah mexeu comigo quando li a introducao. E acabou de comecar e jah estou assim... Voce eh demais, querida!
Amo voce!
E amo todos de Neverland (((Mesmo nao conhecendo pessoalmente))).
Voces estao no meu coracao (((Digo isso de verdade, nao eh brincadeira)))

Fada Miah

avatar
Membro Unbreakable
Membro Unbreakable
Capitulo 05.

Alex estava sentado no chão em um dos corredores do esconderijo, em suas mãos ele segurava uma carta que Juliana havia escrito pra ele poucos dias antes de ser capturada por Lucian. Juliana tinha o costume de escrever cartas recheadas de palavras de amor a Alex quando ele saia em alguma missão, naqueles dias Alex tinham ido libertar prisioneiros de Lucian que estavam sendo usados como cobaias humanas em diversas experiências cientificas.
Havia algo na carta que deixava Alex apreensivo e cheio de duvidas, lá Juliana dizia que algo muito especial estava pra acontecer que mudaria a vida deles para sempre, e que esperava ansiosamente pelo retorno dele pra ela contar o que era, só podia adiantar que isso o faria o homem mais feliz do mundo. Porem, quando Alex retornou, ela não estava mais esperando por ele, já havia sido capturada pelos soldados de Lucian. E Alex já convivia por dois anos remoendo isso por dentro, a dor de não ter a mulher que amava ao seu lado, e o fato de não saber o que Juliana estava por te contar, mas não teve a oportunidade. Ele nunca revelou o conteúdo da carta pra ninguém, esse era um segredo só dele.
Alex juntou os joelhos e colocando a cabeça sobre eles começou a chorar, e enquanto chorava ele dizia:
- Volta pra mim Juliana, eu não consigo viver sem você.
Uma voz a poucos metros de Alex disse a ele:
- Ela vai voltar pra você Alex. Mas antes você precisa encontrar o escolhido.
Alex levantou a cabeça e viu um menino moreno de olhos grandes e penetrantes, ele parecia ter aproximadamente nove anos:
- Eu sei quem é você. Apareceu ontem pros meus amigos.
- Sim, eu apareci.
- E o que tudo isso quer dizer? Quem é esse escolhido?
- Eu dei uma pista pra cada um deles, vocês vão ter que juntar tudo e descobrir quem ele é.
- E quando o encontrarmos, ele vai nos ajudar a tirar Lucian Gouvier do poder?
- Não apenas isso, ele vai curar o mundo.
- E por que ele é o escolhido?
- Ele lutou pela salvação do planeta, ele tentou dizer às pessoas que se não tomassem consciência o planeta seria destruído. Ele ajudava as pessoas e os animais, e fazia canções pra conscientizar as pessoas de todo o mal que acontecia e pregava a paz, ele tinha um grande amor pelo planeta.
- Espere ai. Salvação do planeta? Animais? Canções? Paz? – Alex encarou bem o menino. – Isso tudo não existe mais desde antes de eu nascer. De que época esse homem é?
- Ele viveu há a mais de quinhentos anos atrás.
Alex levantou-se em um salto:
- Quinhentos anos!? Como eu vou achar um homem que viveu há tanto tempo?
- Você vai trazê-lo de volta.
- Como eu vou fazer isso?
- O que o seu pai fazia?
- Ele era ciêntista!
- Sim, e qual era a principal especialidade dele?
- Genética.
- Você ainda se lembra do ultimo projeto dele?
- Sim, eu o ajudava no laboratório. Ele pesquisava sobre regenerar células mortas trazendo-as a vida novamente. Ele pretendia reviver os animais que há muito tempo se extinguiram. Mas ele não pode concluir, pois foi assassinado antes.
- Você vai seguir a frente com isso Alex, e através de tudo o que o seu pai descobriu você vai trazer esse homem de volta a vida.
- Mas eu não sou cientista, eu não entendo nada a respeito.
- Você tem essa missão Alex e vai concluir com sucesso. O don e inteligência de seu pai existe em você, só precisa desenvolve-la.
Alex passou a mão na cabeça e perguntou ao menino:
- Se você sabe quem esse homem é, por que não me diz logo? Facilitaria muito as coisas.
- Cabe a você e a seus amigos procurarem por ele.
- Entendo. Então vamos procura-lo, e não vamos sossegar enquanto ele não for o sexto elemento do nosso grupo na luta contra Lucian Gouvier!
- Vá até o laboratório de seu pai e comece as pesquisas, enquanto isso diga aos outros para procurarem por este homem.
Alex olhou bem pro garoto e perguntou:
- Quem é você? E de onde veio?
O garoto encarou bem Alex e respondeu:
- Eu vim de um lugar chamado de “Vila Proibida”, lá vivem apenas sábios e pessoas com dons sobrenaturais.
- Assim como você?
- Isso mesmo!
- Mas você não me disse o seu nome.
- Meu nome é Mohinder!
Como num passe de mágica, o misterioso garoto desapareceu.

Alex começou a andar em passos apressados até a garagem do esconderijo, e pegando um carro seguiu até a casa que havia morado na sua infância.
Ao chegar lá, sentiu uma enorme angustia ao lembrar-se de seus pais, tão carinhosos e dedicados, sua irmã Jill ainda com seis anos de idade brincando no chão. Ele andava pela casa que estava coberta de pó e teias de aranha com os móveis estragados pelo tempo, e as lembranças apareciam cada vez mais nítidas em sua mente.
Alex desceu as escadas do porão que davam acesso ao antigo laboratório do seu pai. Lá encontrou todos os livros e anotações sobre a ultima pesquisa dele, e pegando todos tratou logo de abandonar aquele lugar, pois queria deixar todo o seu passado pra trás o mais rápido possível.

http://www.fadamiah.spaceblog.com.br

Convidad

avatar
Convidado
E vamu q vamu!!! o/

Camilla Joseph Jackson

avatar
Fã Veterano
Fã Veterano
uhuu!
ta mto bom!
continua! :pular*:

JISELE JACKSON

avatar
Administrador
Administrador
noooooossa!!!!
q da horaaaaaaaaaaa

Mi! q imaginação!

Kraca!
Amei .... putz! futurista!
muito legal!

continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=140253151068001347

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 19]

Ir à página : 1, 2, 3 ... 10 ... 19  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum